As Feiras de Feira de Santana

Fartura & Ossos

“Fartura & Ossos” – O novo livro do poeta Silvério Duque

O músico, professor, crítico literário e poeta feirense Silvério Duque acaba de lançar seu novo livro: “Fartura & Ossos”, obra que o autor descreve como sua “lira dos quarent’anos”. O livro, que traz 25 sonetos compostos entre 31 de março de 2018 e 31 de março de 2019, é uma auto-homenagem aos 40 anos de vida do autor. Com desenho de capa do artista plástico Gabriel Ferreira, posfácio de Elpídio Dantas Fonseca e prefácio do próprio autor, com efeito, “Fartura e Ossos”, segundo Elpídio Fonseca, “remete a várias situações descritas em seus sonetos: a superabundância da vida vivida, da qual só

BRT de Feira cada vez mais longe

BRT cada vez mais longe

Com queda no número de passageiros, BRT fica mais longe de ser implantado em Feira Cerca de 10% da frota do transporte público de Feira de Santana deixou de circular, devido à queda no número de passageiros. Trabalhadores do setor também foram demitidos. Associação alertou a pouca demanda de passageiros para a implantação do BRT Em agosto de 2015, a Associação Feirense de Engenheiros (AFENG), apresentou parecer técnico sobre o resultado da análise do “Sistema BRT Feira de Santana” e alertou sobre o volume de passageiros no momento mais crítico do dia, cerca de 5 mil passageiros por hora/sentido. Mas

Banda Calafrio

“Hiato”, o novo single da banda feirense Calafrio

“Um estado de ceticismo quase que total, ausência de sentidos e porquês, um momento de niilismo. O pensamento vagueia pela morte mas em busca de vida”, descreve o guitarrista Pedro Patrocínio, se referindo à letra de “Hiato”, o segundo single de seu novo EP. “A existência dessa canção se dá num momento de reclusão, numa jornada solitária com um pouco de autodestruição e muito de autoconhecimento”, explica o músico. “Hiato” é uma das cinco faixas do EP homônimo que a banda irá lançar até o final deste ano. Em setembro, eles apresentaram ao público o single “Primitivos”, que também ganhou um videoclipe, disponível no

Ícaro Irvin

O novo Procurador do Município

Colbert indica o novo Procurador do Município Ícaro Ivvin, atual superintendente do Procon, foi indicado pelo prefeito Colbert Martins, para ocupar a Procuradoria Geral do Município, no lugar de Cleudson Almeida. O nome de Ícaro foi aprovado na última quarta-feira (23), em votação unânime, pela Câmara Municipal de Feira de Santana. E quem vai assumir o Procon? O prefeito informou que vai convidar Cleudson Almeida para assumir o Procon, quando retornar de Brasília. Vereadores criticam o presidente Jair Bolsonaro Em pronunciamento, na sessão ordinária da última quarta-feira (23), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o edil Carlito do Peixe

A “meia década” perdida da Saúde em Feira

A “meia década” perdida da Saúde em Feira

Os repasses para a Saúde em Feira de Santana tiveram leve elevação em relação aos anos anteriores, nos primeiros nove meses de 2019. O problema é que a base anterior é modesta, decorrente da prolongada crise econômica que abalroou o País – e as contas públicas – a partir de meados de 2014. Desde janeiro, foram aportados R$ 144,5 milhões em transferências obrigatórias e voluntárias. Os dados são do Portal da Transparência e referem-se, em toda a análise, aos nove primeiros meses de cada ano. A correção ocorreu com base no Índice de Preço ao Consumidor Amplo, o IPCA. Ano

O novo single da banda feirense Iorigun

Uma das principais bandas do cenário rock de Feira de Santana, a Iorigun, acaba de lançar seu novo single, “Wasting My Time”, em tradução livre, “Perdendo meu tempo”.

A música, produzida por Iuri Moldes e Moyses Martins, fala sobre a pós modernidade, trazendo à tona relatos sobre as formas como nos relacionamos nos dias atuais.

“A pós modernidade nos transforma em peixes num cardume. Nascer, crescer, trabalhar, procriar, morrer. Existe sempre um senso de urgência, o tempo está sempre contra nós”, descreve o vocalista Iuri Moldes. ‘Wasting My Time’ é uma parábola moderna: nem tudo precisa ser palpável pra ser real”.

Um verso da canção resume bem a aflição cantada na música: “I’m wasting my fucking time because I’m living in a bubble”, que pode ser traduzido como “Estou perdendo meu tempo porque estou vivendo em uma bolha”.

 

A novidade sucede o segundo EP da banda, lançado em novembro de 2018. “Skin” obteve boas críticas do público e trouxe músicas mais tensas, remetendo a uma escavação profunda do ser.

Idealizada em 2015, a IORIGUN mixa influências reverberadas do Indie Rock, Lo-Fi e Post-Punk, percorrendo caminhos musicais pouco explorados na região do Portal do Sertão. O grupo é formado por Iuri Moldes (Guitarra/Voz), Moysés Martins (Contrabaixo), Fredson Henrique (Guitarra) e Leonel Oliveira (Bateria).

Ficha Técnica

Música por IORIGUN

Produzido por Iuri Moldes e Moyses Martins

Mixado e Masterizado por Moyses Martins

Gravado no Iori Lab

Ouça “Wasting my time” no Spotify, Deezer, Youtube, Facebook e Instagram.


Sobre o (a) autor (a):