Rio Jacuípe

Rua Marechal em mão única

Feira (A)notada: Marechal em mão única e novidade na Câmara

Lulinha entrega o cargo de Líder do Governo Após alguns colegas vereadores manifestarem a insatisfação com o líder do governo na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Luís Augusto (Lulinha), do DEM, entregou o cargo durante discurso na Sessão desta terça-feira (11). 10 anos do Museu Parque do Saber No próximo dia 15 de dezembro, o Museu Parque do Saber Dival da Silva Pitombo estará completando uma década de existência. E, para comemorar, foi realizada na terça-feira (11) uma homenagem especial a todos os envolvidos com o projeto inicial. O evento contou com as presenças do prefeito Colbert

Tourinho Candidato

Tourinho candidato, cubanização de assessores e toma lá da cá

Tourinho Candidato Surgiu mais um nome interessado no Paço Municipal em 2020. O vereador Roberto Tourinho, atualmente filiado ao PV, confirmou ao site Acorda Cidade que tem discutido o assunto.  Com sete mandatos, Tourinho é um dos políticos mais respeitados de Feira de Santana e filho de um ex-prefeito, o advogado José Falcão da Silva, que morreu durante o exercício do mandato. Ele se junta a nomes como Fernando Torres, Zé Neto, Zé Chico, Colbert Filho, Angelo Almeida, Carlos Geilson e Targino Machado que também se movimentam para disputar a prefeitura feirense. Toma lá dá cá Ao colocar o cargo

O Rural Feirense

O rural feirense, segundo o último Censo Agropecuário (parte 1)

Foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) os números referentes ao Censo Agropecuário realizado em 2017. Os dados são essenciais para que os governos das três esferas – Federal, Estadual e Municipal – elaborem suas políticas, mas são também muito importantes para acadêmicos, estudiosos do tema, para a imprensa especializada e até mesmo para o cidadão que deseja se manter informado sobre o seu município. Uma leva de informações sobre a Feira de Santana já está disponível e pode ser consultada. Os pesquisadores, em suas andanças pelo rural feirense apuraram, por exemplo, que existem exatos 9.191 estabelecimentos

O sonho de Lucas

Escritor feirense publica romance “O sonho de Lucas”

O escritor feirense Marcelo Vinicius acaba de publicar o romance “O sonho de Lucas”, pela editora carioca Multifoco. Marcelo é pesquisador, cursa Psicologia e estuda Filosofia da Arte e Filosofia Contemporânea na UEFS. Além de escritor, é fotógrafo. A história do romance divide-se em duas partes. A primeira é uma narrativa em terceira pessoa; e a segunda é em primeira pessoa, na qual esta se passa por meio do olhar de um jovem chamado Lucas, estudante que sonha em cursar a faculdade de Medicina e cuja vida familiar está em decadência. Lucas fica arrasado quando sua mãe, Kátia Fernandes, separa-se de

Antiga Intendência de Feira de Santana

Antiga Intendência é impregnada de História

Poucas edificações em Feira de Santana são tão impregnadas de História quanto o prédio da Antiga Intendência. Ele se localiza na esquina da Avenida Senhor dos Passos com a Praça Joaquim Pedreira, a antiga Praça da Bandeira. O imóvel também fica nas cercanias de três construções emblemáticas do município: a Igreja Senhor dos Passos, que se localiza defronte e os tombados prédios da Prefeitura Municipal – que fica na esquina transversal – e do Mercado de Arte Popular, situado no quarteirão contíguo, na própria antiga Praça da Bandeira. Originalmente, o imóvel funcionou como fórum, abrigando a sede do Poder Judiciário

Time feirense de futebol para cegos é destaque nacional

O futebol de Feira de Santana não é representado apenas pelo Fluminense de Feira e pelo Bahia de Feira, clubes locais que mobilizam os apaixonados pelo esporte na cidade. Por aqui há uma equipe que disputará o Campeonato Brasileiro da série A na sua categoria – além de ser finalista do Campeonato do Nordeste.

O desempenho invejável é da equipe de Futebol de 5 da União Baiana de Cegos, a UBC, de Feira de Santana, que desde 2011 participa de competições oficiais na Bahia e fora do estado. A equipe é composta por pessoas cegas, que se orientam no campo através do tato e da audição, já que a bola possui guizos para orientar os competidores.

O futebol de 5 em Feira começou a ser praticado de maneira informal, no ano de 2009 por alguns atletas cegos que conheciam a modalidade. A primeira competição foi o Campeonato Regional Nordeste de Futebol de 5, realizado em São Luiz do Maranhão.

De lá pra cá a equipe conquistou títulos e está classificada para atuar, em novembro próximo, no Centro Paraolímpico de São Paulo-SP, contra a equipe de Campina Grande-PB.

Time da UBC - Feira de Santana

Equipe de futebol de 5 feirense. Foto: UBC

Segundo Sérgio Benevides, professor de Educação Física formado pela UEFS e treinador voluntário da equipe, além dos atletas que atuam na equipe da UBC de Feira de Santana, existem outros feirenses que jogam em outras equipes, fora da cidade.

“O problema é que é uma modalidade cada vez mais profissional, e falta o apoio devido. Algo como uma bolsa atleta, para que a gente possa viajar com um pouco mais de tranquilidade, um pouco mais de conforto, uma estrutura melhor para treinamento. Esse investimento ainda é feito de uma forma muito pequena”, diz Sérgio, que conta com outros três voluntários na comissão técnica da equipe.

Como funciona o Futebol de 5

Futebol para cegos em Feira de Santana

Equipe de futebol de 5 feirense. Foto: UBC

O futebol de 5 é exclusivo para cegos ou deficientes visuais. As partidas normalmente são em uma quadra de futsal adaptada, mas desde os Jogos Paralímpicos de Atenas (2004) também têm sido praticadas em campos de grama sintética. O goleiro tem visão total e não pode ter participado de competições oficiais da Fifa nos últimos cinco anos.

Junto às linhas laterais, são colocadas bandas que impedem que a bola saia do campo. Cada time é formado por cinco jogadores – um goleiro e quatro na linha. Diferentemente de um estádio convencional de futebol, as partidas de futebol de 5 são silenciosas, em locais sem eco.

A bola tem guizos internos para que os atletas consigam localizá-la. A torcida só pode se manifestar na hora do gol. Os jogadores usam uma venda nos olhos e, se tocá-la, cometerá uma falta.

 

Com cinco infrações, o atleta é expulso de campo e pode ser substituído por outro jogador. Há ainda um guia, o chamador, que fica atrás do gol, para orientar os jogadores, e que diz onde devem se posicionar em campo e para onde devem chutar. O técnico e o goleiro também auxiliam os jogadores em quadra.

O jogo tem dois tempos de 25 minutos e intervalo de 10 minutos. No Brasil, a modalidade é administrada pela Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais (CBDV).

Como praticar o Futebol de 5 em Feira de Santana

Futebol de 5 - Feira de Santana

Equipe de futebol de 5 feirense. Foto: UBC

O cego que deseje praticar a modalidade em Feira de Santana pode procurar a UBC (Rua Alcides Fadiga, Queimadinha nº 82). A entidade recepciona os interessados e os direciona para o esporte. Alguns atletas que chegaram como novatos hoje compõem a equipe principal e já disputam competições.

“Os benefícios vão desde os físicos e fisiológicos até a melhora da autoestima, a autonomia, o desenvolvimento de outros sentidos como o tato e a audição. Não é porque a pessoa está cega que ela tem que ser totalmente dependente de um vidente de alguém que auxilie sempre. O cego precisa ter a autoestima elevada para que ele siga a vida independente da deficiência”, diz Benevides sobre a importância do Futebol de 5 para seus praticantes.

A equipe e a comissão técnica do time de Futebol de 5 de Feira de Santana é a seguinte:

Goleiros:

  • Tonislan Pereira
  • Everton Oliveira

Atletas cegos:

  • Anderson Barbosa
  • Gilvanecio de Oliveira
  • Raidan Souza
  • Paulo Roberto
  • Marivaldo Moreira
  • Juan Pablo Parra
  • Marcelo do Carmo
  • Brian Nahuel

Comissão Técnica:

  • Sérgio Benevides (Técnico)
  • Leonardo Martins (Chamador)
  • Luciano Souza (Staff)
  • Lucas Andrade (Chefe de Delegação)

 


Sobre o (a) autor (a):