Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/feirenses/www/wp-content/themes/magazine/options/php-po/php-po.php on line 187
Como telhados brancos reduzem o calor - Políticas para Feira se Inspirar #5 - Feirenses - Feira de Santana aprofundada
As Feiras de Feira de Santana

Como telhados brancos reduzem o calor – Políticas para Feira se Inspirar #5

Em 2009 a Prefeitura de Nova York criou um programa visando pintar de branco o máximo possível de telhados da cidade. O objetivo da medida é reduzir o consumo de energia dos moradores e, assim, o impacto que causam no meio ambiente. Isso porque, com os telhados pintados de branco, a temperatura no interior de um edifício pode cair até 30%, diminuindo os gastos com ar-condicionado e, consequentemente, a emissão de gases do efeito estufa, o que, em última análise, ajuda a controlar os efeitos nocivos do aquecimento global.

Enquanto os telhados pretos ou escuros absorvem a energia do sol quase completamente, os brancos refletem os raios solares, dispersando o calor. Para realizar o trabalho, a Prefeitura de Nova York se utilizou da disposição de jovens voluntários, que atuaram como pintores temporários.

O interessante é que, além de tudo, as tintas brancas utilizadas impermeabilizam e protegem os telhados, evitando a proliferação de fungos, por exemplo.

A diferença dos raios solares refletidos em telhados escuros e telhados brancos

A diferença dos raios solares refletidos em telhados escuros e telhados brancos

Quando foi implementado em NY, qualquer edifício podia participar do programa. A cidade fechou acordos com lojas de tinta, que forneceram parte do material necessário. Embora qualquer construção pudesse se “voluntariar”, os grandes edifícios foram priorizados, locais onde a economia de energia é maior.

No início, os tetos mais pintados foram de universidades, bibliotecas e edifícios públicos, além de blocos de apartamentos de moradores de baixa renda.

O site “Casa Claudia” fez uma matéria interessante sobre o tema, mostrando o quanto a medida pode ser eficiente:

“A arquiteta Mariana Goulart mediu o impacto da mudança de cor na prática. Em seu mestrado no IAU, experimentou estratégias para melhorar o conforto térmico em uma escola de Maringá (PR). Aconselhada pelo arquiteto João Filgueiras Lima, o Lelé, pintou de branco o teto de concreto de uma das salas de aula e mediu os resultados.

Em um dos horários mais quentes do dia, às 15h30, a temperatura do ar na sala pintada era 2 °C menor do que a das classes vizinhas. E a laje estava 5 °C mais fresca do lado de dentro. ‘A pintura melhora a temperatura superficial externa e interna, diminuindo o calor que entra pela cobertura’, concluiu a pesquisadora. Mas telhados brancos podem afetar área muito maiores do que uma só construção.”

Para uma cidade como Feira de Santana, não é demais pensar em uma equipe do poder público que inicie a realização desse tipo de trabalho, pelo menos em grandes edifícios e construções da cidade.

 

Leia mais sobre telhados brancos aqui, aqui e aqui.


Sobre o (a) autor (a):