As Feiras de Feira de Santana

Marcas de Feira

Marcas de Feira

Um dia desses, meu colega de faculdade apareceu com uma tatuagem nova lá na sala e a gente começou a viajar no desenho. Os traços eram estranhamente familiares. Mas nada de absurdo uma tattoo ser repetida por aí. A questão é que a tatuagem trazia uma sensação de pertencimento. Como se a visse diariamente em lugares muito próximos. Então percebi de onde vinha a sensação. Do Viaduto da João Durval. Mais especificamente de um grafite feito por um artista da terra: Kbça. O grafiteiro e tatuador reproduziu seus traços expostos nas ruas de Feira na pele do meu colega, e

Santini & Trio

Grupo feirense Santini & Trio se apresentará em Portugal

Os artistas de Feira de Santana continuam viajando pelo mundo para levar nossa música para outros continentes, depois do grupo Quixabeira da Matinha, Africania, Dionorina e da dupla Don Guto e Ícaro Oliveira, agora é a vez do grupo Santini & Trio embarcar para apresentações no exterior. O guitarrista e compositor Rony Santini, o contrabaixista Anderson Silva, o multi-instrumentista Rogério Ferrer e o baterista Flaviano Gallo estarão em Portugal de 30 de junho a 10 de julho mostrando o melhor da nossa música instrumental, juntamente com a produtora cultural Micheline Castro. Vencedores em 2017 do Prêmio Caymmi, um dos mais

Porque eu te amei

O que ‘Porque eu te amei’ tem a falar sobre Feira?

Já passado alguns meses do lançamento do filme feirense de Tiago Rocha, que gerou assunto durante um bom tempo e lotou praticamente todas as sessões enquanto esteve em exibição, o longa, embora já fora dos cinemas, ainda tem muito que falar. E não me refiro exclusivamente aos temas abordados no enredo. Como violência doméstica, abuso, estupro etc. Mas, também, sobre o nosso olhar sobre Feira. Porque eu te amei é uma espécie de grito da classe artística feirense. Uma produção independente, envolvendo profissionais e entusiastas da cidade, lançada por aqui de maneira honrada e reconhecida – principalmente por quem duvidou.

Irving São Paulo

O ator feirense Irving São Paulo

Provavelmente você conhece o rosto do ator Irving São Paulo, filho de um histórico cineasta brasileiro, Olney São Paulo. Irving, nascido em Feira de Santana, estrelou grandes novelas brasileiras, a exemplo de “Bebê a bordo”, “Mulheres de Areia”, “A Viagem” e “Torre de Babel”. Irving nasceu em 26 de outubro de 1964, em Feira, onde iniciou a atuar em peças de teatro. Faleceu precocemente, aos 41 anos de idade, vítima de pancreatite necro-hemorrágica. Recentemente o Vídeo Show dedicou uma edição do quadro “Memória Nacional” ao ator feirense, mostrando sua trajetória e múltiplos talentos (em especial a música):   A seguir,

Jogo de Nonô

O jogo de Nonô

“Tira a mão do ovo, Nonô!”, protesta Toinho Cabeção quando o coroa de 86 anos chega para almoçar. É assim todo início de mês: Nonô chega na lanchonete do Centro Mandacaru apoiando uma mão na bengala e a outra oscilando entre o bolso e algumas coçadinhas no meio da calça. Ele não terceiriza o saque da aposentadoria, tanto por vigilância orçamentária quanto por deleite ritualístico: após ir ao banco, compra os remédios do mês, apara o cabelo que lhe resta e arrisca tornar-se milionário nos seis números da mega. “Jogar na mega pra onde, Nonô? Vai gastar esse milhão com

Feira recebe Festival de comida de boteco (com Dudu Nobre!)

Entre os dias 11 de março e 02 de abril Feira de Santana está recepcionando o Festival “Roda de Boteco”, realizado pelo Ministério da Cultura (Governo Federal) em parceria com diversas organizações. Além de Feira, o projeto foi também instalado em Brasília-DF, Caruaru-PE, Colatina-MG, Recife-PE e Vitória-ES.

A ideia é estimular a criatividade da culinária de boteco e a melhoria da qualidade do atendimento, proporcionando o aumento de clientes, que passam a circular em todos os bares competidores, na intenção de provar todos os pratos participantes. No final do Festival os melhores botecos são premiados, em uma grande festa de encerramento aberta ao público.

Veja os petiscos e bares/restaurantes que estão competindo em Feria de Santana:

 

Como votar

Serão premiados os estabelecimentos que conquistarem a maior pontuação nos quesitos melhor tira-gosto, temperatura da bebida, atendimento e higiene. Quem decide quais são os melhores estabelecimentos da cidade são as pessoas que mais entendem do assunto: os botequeiros de plantão. O público vota por meio de cédulas e deposita suas notas em urnas que ficarão à disposição nos bares.  O mais importante é o tira-gosto, e sua pontuação equivale a 50% da nota total. O atendimento fica em segundo lugar, com a nota valendo 30%, seguido por higiene e temperatura da bebida, com a pontuação valendo 10% cada.

Além de eleger as casas, o Roda de Boteco também premia os melhores garçons, eleitos por voto popular. O garçom mais votado ganha R$ 1.000,00; o segundo R$ 750,00; e o terceiro receberá R$ 500,00.

Dudu Nobre, gratuitamente, em Feira de Santana

Dudu Nobre

Os campeões do Roda de Boteco de Feira de Santana serão revelados no dia 09 de abril, durante a festa Botecão, que marca o encerramento do festival e reúne todos os bares e botecos em um só espaço, além de atrações locais e um show de Dudu Nobre com samba da melhor qualidade.

O evento ocorrerá na Praça Padre Ovídio (Matriz), e será aberto ao público

Para mais informações acesse www.rodadeboteco.com.br ou a página do Facebook do Festival.


Sobre o (a) autor (a):