Rio Jacuípe

Feira Noise Festival 2018

A programação completa do Feira Noise Festival 2018

O Feira Noise Festival divulgou as atrações que se apresentarão em sua oitava edição. O evento acontece entre os dias 23 a 25 de novembro, no Centro de Cultura Amélio Amorim, em Feira de Santana (BA). Mais de 30 bandas e artistas estão confirmados, entre eles importantes nomes da música brasileira contemporânea como Attoxxa, Boogarins, Drik Barbosa, Eddie, Letrux e Scalene. Da cena local, se destacam nomes como Iorigun, Roça Sound e Clube de Patifes. “O Feira Noise é um sonho que a gente realiza por etapas, ano a ano vamos trazendo atrações que tem uma história mais longa na

Quixabeira da Matinha em Portugal

Quixabeira da Matinha realizará apresentação em Lisboa

O grupo cultural Quixabeira da Matinha estará entre os dias 25 e 27 de outubro, em Oeiras, divisão administrativa de Lisboa, Portugal, realizando apresentações no evento “Semana Cultural da Bahia”, organizado pela Associação Luso Afro Cultural Brasileira Muxima. Dentre as atividades previstas estão o show temático “Quilombo, luta e resistência”, a ser apresentado com cerca de 2 horas de duração, com repertório próprio e homenageando outros artistas da cultura popular. Além disso, os integrantes também realizarão oficinas de samba de roda e de percussão a fim de popularizar ao público português a identidade musical do samba rural. A Quixabeira da

O golpista da Kalilândia

O golpista da Kalilândia

Era noite de 8 de maio de 1964 em Feira de Santana, sexta-feira. Num dia comum, àquela hora, quase meia-noite, Raimundo já teria vestido o pijama listrado e colocado cuidadosamente os chinelos no centro da lateral direita da cama – parte do rigoroso método que cumpria antes de dormir. Naquela sexta, o entusiasmo permitia-lhe descumprir o costume e sentir o fervor da vitória, um passo veemente de Feira rumo à civilização. A comemoração de Raimundo consistia em limpar cuidadosamente o Smith & Wesson herdado do avô. Um ato fora de hora, extraordinário, já que o fazia diariamente pela manhã, antes do

Coreto da Praça Froes da Motta

Coreto da Froes da Motta vai completar 100 anos

Depois de construir o casarão que hoje abriga a Fundação Cultural Egberto Costa, em 1902, o intendente Agostinho Froes da Motta determinou, em 1919, a construção do coreto na atual praça Froes da Motta. Até hoje a construção subsiste, contracenando com as palmeiras imperiais que vão, aos poucos, morrendo, e com os oitizeiros frondosos que abrigam incontáveis pardais que chilreiam de maneira incessante nos inícios de manhã e fins de tarde. Ano que vem – vale ressaltar – o coreto completa um século. A descrição do equipamento está em publicação do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia, o

Eleições 2018 em Feira de Santana

Eleições 2018: quem ganhou em Feira de Santana [infográfico]

Na noite do último domingo (7) o Brasil deu um passo histórico em sua trajetória política: os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) se credenciaram ao segundo turno das eleições presidenciais, no mesmo pleito em que se elegeram governadores, senadores, deputados estaduais e federais de todo o Brasil. De maneira geral, chama a atenção o surgimento de uma nova força política ligada ao capitão do Exército: o PSL, partido de Bolsonaro, elegeu apenas um deputado federal em 2014, mas saltou para 51 cadeiras nas eleições 2018. Partidos tradicionais, como o MDB e o PSDB, tiveram reduções drásticas. O

Redesign Feira. Uma homenagem às grandes marcas feirenses.

Feira de Santana, 10 de janeiro de 2017… O telefone do publicitário Sergio Magno toca e ele atende. Do outro lado da linha, seu amigo designer, Vinícius Lima, avisa: “Fomos convidados para reestilizar a marca da Earte”. O convite foi aceito e o processo começou rapidamente. “Sempre fomos apaixonados pelo conceito e pela história da Earte. A marca original é carregada de significado, por isso, sempre soube que tínhamos uma grande responsabilidade nas mãos”, conta Magno.

Redesign da marca da Earte

Reestilização de marca é um processo que acontece em todo o mundo, nos mais variados segmentos. Gigantes multinacionais como Coca-Cola, Volkswagen, Fiat, Shell, Burger King, entre outras, já utilizaram esse tipo de recurso para modernizar suas logos. Segundo Vinícius Lima, “o objetivo da reestilização nunca é negar a qualidade da marca original, o processo consiste em manter sua essência, trazendo elementos gráficos e recursos técnicos mais atuais e modernos”.

Durante a experiência para a Earte, os amigos sentiram que o trabalho deveria continuar. Aquela vivência despertou uma grande curiosidade de ver outras marcas feirenses passando também por um processo de reestilização. A intenção era, de alguma forma, homenagear empresas que fazem parte da história de Feira de Santana e construíram, durante as últimas décadas, marcas consolidadas no mercado.

Para tirar uma ideia tão ousada do papel, era preciso contar com um reforço extra. Afinal, o estudo de criação ou reestilização de uma marca exige muito tempo e dedicação. Magno lembra que a proposta inicial sempre foi trabalhar com um número de 10 empresas e isso tornaria o projeto inviável se fosse feito apenas a 4 mãos. “Foi pensando nisso que convocamos outros amigos do mercado para participar do desafio, que foi prontamente atendido”.

Redesign Feira

Foto: Diogo Brasileiro

E, assim, o Redesign Feira foi criado. Jerffeson Feitosa, Raoni Setubal e Caio Augusto foram adicionados ao grupo e os trabalhos foram iniciados. Os profissionais escolheram as marcas a partir de sua relação afetiva com a logo ou a empresa. Todo o processo de reconstrução, desde a tipografia até as cores, foi amplamente discutido por todos em um grande estudo que durou 30 dias.

Redesign Feira

Foto por Diogo Brasileiro | Da esquerda para a direita (em pé) Vinícius lima, Caio Augusto, Jerffeson Feitosa. Da esquerda para a direita (Sentados) Sergio Magno e Raoni Setubal.

Finalizado o processo, os amigos se reuniram para dar os retoques finais e celebrar o sucesso da iniciativa. Para Jerffeson Feitosa, todo o projeto aconteceu como um grande experimento social. “Foi muito valioso reunir profissionais tão brilhantes e com estilos tão diferentes para prestar essa homenagem às marcas que fizeram parte da nossa vida. Como não havia nenhum fim comercial ou financeiro, ficamos livres para colocar a nossa identidade em cada marca”.

Estudo de Marca

À esquerda: estudo de ícone. À direita: estudo de cor.

Agora, o grupo se prepara para um empreendimento ainda mais audacioso. Durante 6 meses, eles vão desenvolver um projeto colaborativo com o objetivo de criar uma identidade visual para Feira de Santana, assim como acontece em outras grandes cidades como Nova York e Amsterdam. A intenção é mostrar como o design é capaz de elevar a autoestima da população e criar uma identidade visual que seja reconhecida em qualquer canto do mundo.

O redesign das marcas

Tchin Yen Bao

Redesign por Jerffeson Feitosa

Pink Floyd

Redesign por Jerffeson Feitosa

Ikebana

Redesign por Sergio Magno

Kamys

Redesign por Sergio Magno

Flor do Maracujá

Redesign por Raoni Setubal

Feira Tênis Clube

Redesign por Raoni Setubal

Rádio Sociedade

Redesign por Caio Augusto

CUCA

Redesign por Caio Augusto

Feira Palace

Redesign por Vinícius Lima

Pererê

Redesign por Vinícius Lima

 

Para conhecer outros trabalhos dos profissionais citados nessa reportagem, acesse:

Jerffeson Feitosa – www.behance.net/feitosa

Sergio Magno – www.behance.net/sergiomagnobrandao

Vinícius Lima – www.behance.net/ViniciusLim

Caio Augusto – www.cargocollective.com/caioaugust

Raoni Setubal – www.facebook.com/teumundo


Sobre o (a) autor (a):