Rio Jacuípe

Os protestos em Feira de Santana

Os protestos em Feira de Santana

Os protestos em Feira de Santana Milhares de manifestantes foram às ruas do centro de Feira de Santana, protestar contra os cortes de verbas da educação, anunciados pelo MEC. Bolsonaro, Rui Costa e Colbert também foram alvos das críticas. Os três chefes do executivo estavam em viagem oficial Bolsonaro nos Estados Unidos, Rui, na China e Colbert, novamente, em Brasília, para tratar de diversos assuntos, dentre os quais o Hospital da Mulher, onde em menos de uma semana 03 bebês morreram devido à grande demanda e a falta de leitos nas maternidades do município. Professores da UEFS contra os cortes

Desemprego em Feira

Emprego formal se reduz no primeiro trimestre em Feira

No primeiro trimestre de 2019 o desemprego voltou a mostrar as suas garras aqui na Feira de Santana. Foram, no saldo, 480 empregos a menos, no saldo entre admissões (8,7 mil) e demissões (9,1 mil). Os mais penalizados foram os comerciários: no saldo, enxugaram-se 162 oportunidades para esses profissionais. Alguém mais otimista pode enxergar, aí, aquele movimento natural de dispensa do excedente que foi contratado para as festas de final de ano. O preocupante, porém, é que a redução de empregos alcançou atividades que não se relacionam diretamente ao vaivém natural do comércio. É o caso da construção civil, que

Crise na Saúde de Feira de Santana

Crise na Saúde em Feira

Mães encontram dificuldades para dar à luz nos hospitais públicos de Feira de Santana No último domingo, foi comemorado o dia das mães. Porém, nem todas tiveram a razão de comemorar esse dia tão especial em Feira de Santana. Em menos de uma semana 03 bebês morreram no Hospital da Mulher, devido à grande demanda e a falta de leitos nas maternidades do município. Hospital da Mulher atende 20% acima da sua capacidade A presidente da Fundação Hospitalar de Feira de Santana, Gilberte Lucas, informou que “é inadmissível uma Maternidade Municipal que está atendendo com mais de 20% de sua

O imperdível Festival Beba a Cidade

Feira de Santana vai receber uma importante iniciativa para os apreciadores de cervejas artesanais: o Festival Beba a Cidade, organizado pela feirense Cervejaria Sertões em parceria com o Hotel Ibis/Feira. O evento contará com a presença de 7 cervejarias artesanais, a maioria delas, locais (Brassaria de Vidro, Zartchmann Bier, Dragórnia, Cervejaria Aguste, Bressy Beer, Cervejaria Sméra e Cervejaria Sertões). Além disso, haverá uma palestra sobre mercado cervejeiro (promovida por um colaborador do SEBRAE-BA), atrações musicais, lançamento de cerveja, cardápio gourmet exclusivo do Hotel Ibis, brassagem coletiva (produção de cerveja) e um #TapWall com 8 estilos de cervejas a serem comercializadas

Artifício - Donguto

O EP “Artifício”, do feirense Donguto

O cenário musical de Feira de Santana foi surpreendido recentemente com o EP “Artifício”, do multiartista Donguto, um trabalho que demonstra uma desenvoltura musical notável para aquele que já é considerado um dos maiores artistas plásticos da nova geração em Feira. Com quatro canções autorais, “Artifício” é uma mistura interessante de várias referências que vem do hip hop, reggae, rock, funk/soul. Em vez da gororoba comum em algumas iniciativas que buscam misturar diferentes gêneros, Donguto conseguiu organizar musicalmente todas essas cores, sem com isso tornar-se chapa branca nem enfadonho (longe disso!). O EP é bom de ouvir, dançante e poeticamente

Redesign Feira. Uma homenagem às grandes marcas feirenses.

Feira de Santana, 10 de janeiro de 2017… O telefone do publicitário Sergio Magno toca e ele atende. Do outro lado da linha, seu amigo designer, Vinícius Lima, avisa: “Fomos convidados para reestilizar a marca da Earte”. O convite foi aceito e o processo começou rapidamente. “Sempre fomos apaixonados pelo conceito e pela história da Earte. A marca original é carregada de significado, por isso, sempre soube que tínhamos uma grande responsabilidade nas mãos”, conta Magno.

Redesign da marca da Earte

Reestilização de marca é um processo que acontece em todo o mundo, nos mais variados segmentos. Gigantes multinacionais como Coca-Cola, Volkswagen, Fiat, Shell, Burger King, entre outras, já utilizaram esse tipo de recurso para modernizar suas logos. Segundo Vinícius Lima, “o objetivo da reestilização nunca é negar a qualidade da marca original, o processo consiste em manter sua essência, trazendo elementos gráficos e recursos técnicos mais atuais e modernos”.

Durante a experiência para a Earte, os amigos sentiram que o trabalho deveria continuar. Aquela vivência despertou uma grande curiosidade de ver outras marcas feirenses passando também por um processo de reestilização. A intenção era, de alguma forma, homenagear empresas que fazem parte da história de Feira de Santana e construíram, durante as últimas décadas, marcas consolidadas no mercado.

Para tirar uma ideia tão ousada do papel, era preciso contar com um reforço extra. Afinal, o estudo de criação ou reestilização de uma marca exige muito tempo e dedicação. Magno lembra que a proposta inicial sempre foi trabalhar com um número de 10 empresas e isso tornaria o projeto inviável se fosse feito apenas a 4 mãos. “Foi pensando nisso que convocamos outros amigos do mercado para participar do desafio, que foi prontamente atendido”.

Redesign Feira

Foto: Diogo Brasileiro

E, assim, o Redesign Feira foi criado. Jerffeson Feitosa, Raoni Setubal e Caio Augusto foram adicionados ao grupo e os trabalhos foram iniciados. Os profissionais escolheram as marcas a partir de sua relação afetiva com a logo ou a empresa. Todo o processo de reconstrução, desde a tipografia até as cores, foi amplamente discutido por todos em um grande estudo que durou 30 dias.

Redesign Feira

Foto por Diogo Brasileiro | Da esquerda para a direita (em pé) Vinícius lima, Caio Augusto, Jerffeson Feitosa. Da esquerda para a direita (Sentados) Sergio Magno e Raoni Setubal.

Finalizado o processo, os amigos se reuniram para dar os retoques finais e celebrar o sucesso da iniciativa. Para Jerffeson Feitosa, todo o projeto aconteceu como um grande experimento social. “Foi muito valioso reunir profissionais tão brilhantes e com estilos tão diferentes para prestar essa homenagem às marcas que fizeram parte da nossa vida. Como não havia nenhum fim comercial ou financeiro, ficamos livres para colocar a nossa identidade em cada marca”.

Estudo de Marca

À esquerda: estudo de ícone. À direita: estudo de cor.

Agora, o grupo se prepara para um empreendimento ainda mais audacioso. Durante 6 meses, eles vão desenvolver um projeto colaborativo com o objetivo de criar uma identidade visual para Feira de Santana, assim como acontece em outras grandes cidades como Nova York e Amsterdam. A intenção é mostrar como o design é capaz de elevar a autoestima da população e criar uma identidade visual que seja reconhecida em qualquer canto do mundo.

O redesign das marcas

Tchin Yen Bao

Redesign por Jerffeson Feitosa

Pink Floyd

Redesign por Jerffeson Feitosa

Ikebana

Redesign por Sergio Magno

Kamys

Redesign por Sergio Magno

Flor do Maracujá

Redesign por Raoni Setubal

Feira Tênis Clube

Redesign por Raoni Setubal

Rádio Sociedade

Redesign por Caio Augusto

CUCA

Redesign por Caio Augusto

Feira Palace

Redesign por Vinícius Lima

Pererê

Redesign por Vinícius Lima

 

Para conhecer outros trabalhos dos profissionais citados nessa reportagem, acesse:

Jerffeson Feitosa – www.behance.net/feitosa

Sergio Magno – www.behance.net/sergiomagnobrandao

Vinícius Lima – www.behance.net/ViniciusLim

Caio Augusto – www.cargocollective.com/caioaugust

Raoni Setubal – www.facebook.com/teumundo


Sobre o (a) autor (a):