Rio Jacuípe

Jogo de Nonô

O jogo de Nonô

“Tira a mão do ovo, Nonô!”, protesta Toinho Cabeção quando o coroa de 86 anos chega para almoçar. É assim todo início de mês: Nonô chega na lanchonete do Centro Mandacaru apoiando uma mão na bengala e a outra oscilando entre o bolso e algumas coçadinhas no meio da calça. Ele não terceiriza o saque da aposentadoria, tanto por vigilância orçamentária quanto por deleite ritualístico: após ir ao banco, compra os remédios do mês, apara o cabelo que lhe resta e arrisca tornar-se milionário nos seis números da mega. “Jogar na mega pra onde, Nonô? Vai gastar esse milhão com

Colbert e Targino

Targino e Colbert trocam farpas

Sem informação Após a população do Conjunto Viveiros realizar uma manifestação por conta da falta de médico no Posto de Saúde da localidade, o prefeito Colbert Martins disse o seguinte: “não tinha informação que o posto médico do Viveiros estava tanto tempo (cerca de sete meses) sem médico”. Targino cobra afastamento da Secretária de Saúde e do Procurador do município O Deputado Estadual Targino Machado (DEM), durante pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa da Bahia, nesta terça-feira, 21, cobrou do prefeito de Feira de Santana, o afastamento da Secretária Municipal de Saúde, Denise Mascarenhas, e do Procurador do município, Cleudson

Roberto Mendes

Roberto Mendes faz show na Cidade da Cultura

Um dos maiores artistas que a Bahia produziu estará em Feira de Santana na próxima quinta-feira: o cantor, compositor e ativista santamarense Roberto Mendes faz show na Cidade da Cultura, um dos principais espaços culturais de Feira de Santana. Mendes apresentará um show com tema caro a Feira de Santana: “A chula do Recôncavo com o Canto do Sertão”. Situada entre o Recôncavo e o Sertão, Feira tem a oportunidade de se reconhecer na apresentação de um notável defensor do Samba da Bahia, e do Samba antes do Samba, como ele diz, se referindo à Chula. Ele caracteriza a Chula

Os protestos em Feira de Santana

Os protestos em Feira de Santana

Os protestos em Feira de Santana Milhares de manifestantes foram às ruas do centro de Feira de Santana, protestar contra os cortes de verbas da educação, anunciados pelo MEC. Bolsonaro, Rui Costa e Colbert também foram alvos das críticas. Os três chefes do executivo estavam em viagem oficial Bolsonaro nos Estados Unidos, Rui, na China e Colbert, novamente, em Brasília, para tratar de diversos assuntos, dentre os quais o Hospital da Mulher, onde em menos de uma semana 03 bebês morreram devido à grande demanda e a falta de leitos nas maternidades do município. Professores da UEFS contra os cortes

Desemprego em Feira

Emprego formal se reduz no primeiro trimestre em Feira

No primeiro trimestre de 2019 o desemprego voltou a mostrar as suas garras aqui na Feira de Santana. Foram, no saldo, 480 empregos a menos, no saldo entre admissões (8,7 mil) e demissões (9,1 mil). Os mais penalizados foram os comerciários: no saldo, enxugaram-se 162 oportunidades para esses profissionais. Alguém mais otimista pode enxergar, aí, aquele movimento natural de dispensa do excedente que foi contratado para as festas de final de ano. O preocupante, porém, é que a redução de empregos alcançou atividades que não se relacionam diretamente ao vaivém natural do comércio. É o caso da construção civil, que

As propostas dos candidatos a Governador para Feira de Santana

Em tese, uma das principais razões para que um candidato mereça o voto do eleitor é o conjunto de propostas e ideias que ele defende e representa. Por isso a análise do programa de governo dos candidatos aos cargos do Poder Executivo é uma prática importante para influenciar a decisão dos eleitores.

Por isso resolvemos analisar o programa de governo dos candidatos ao cargo de Governador do Estado da Bahia em 2018, e verificar quais propostas eles têm para Feira de Santana nos próximos quatro anos.

A ideia é verificar citações diretas ao município, apontando propostas específicas para Feira – e não aquelas com projeção para beneficiar toda a Bahia, sendo Feira beneficiária por consequência.

Foram analisados os programas de governo dos seguintes candidatos:

  • Célia Sacramento (REDE)
  • João Henrique (PRTB)
  • João Santana (MDB)
  • José Ronaldo (DEM)
  • Marcos Mendes (PSOL)
  • Rui Costa (PT)

O candidato Orlando Andrade (PCO) não teve seu programa de governo analisado porque o documento não foi divulgado pelo TSE nem pelas ferramentas de divulgação do próprio candidato.

Confira a seguir a atenção que Feira mereceu em cada um dos programas.

Célia Sacramento (REDE)

Célia Sacramento

A candidata Célia Sacramento só faz uma citação a Feira de Santana em seu programa: referindo-se à rebelião ocorrida em 2017 no Complexo Penitenciário local, quando destaca a gravidade do problema da segurança pública no estado.

Nenhuma proposta específica é direcionada à cidade.

Leia aqui o programa de Governo de Célia Sacramento.

João Henrique (PRTB)

João Henrique

O ex-prefeito de Salvador, João Henrique (PRTB) também faz duas citações a Feira de Santana. Ambas no campo dos transportes.

Ele promete fazer um “diagnóstico preciso da situação do transporte baiano e apresentar soluções para o sistema viário, rodoviário, aeroviário, aquaviário, hidroviário intermunicipal, ferroviário e urbano”.

Aqui ele faz referência 1. ao transporte rodoviário de Feira de Santana como eixo polarizador; e 2. ao Aeroporto João Durval Carneiro.

Leia aqui o programa de Governo de João Henrique.

João Santana (MDB)

João Santana

O candidato do MDB ao Governo do Estado não cita Feira de Santana em seu programa de governo.

Leia aqui o programa de Governo de João Santana.

José Ronaldo (DEM)

José Ronaldo

O ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo (DEM) é quem mais cita a cidade em seu programa: ao todo são 19 citações, mas 8 delas referem-se a algum elemento biográfico do candidato, referências a obras realizadas e/ou diagnóstico da atual situação do município.

Sobram 11 propostas específicas para a cidade. São elas:

  1. Dar continuidade ao centro de convenções de Feira de Santana.
  2. Integração social e fortalecimento da função de pesquisa da Universidade Estadual de Feira de Santana.
  3. Expansão e consolidação da Rede Estadual de Atenção ao Câncer no município.
  4. Reformar e equipar o Centro Cultural, criando efetivas condições para o seu funcionamento e a dinamização da cena cultural regional.
  5. Criar 11 regiões de desenvolvimento (substituindo os atuais territórios de identidade), um deles se chamará “Feira de Santana”.
  6. Adequada caracterização de novas Regiões Metropolitanas, com foco especial em Feira de Santana e Itabuna/Ilhéus, em face ao novo Estatuto da Metrópole (Lei Federal n. 13.089, de 12 de janeiro de 2015).
  7. Realizar um plano metropolitano de desenvolvimento, fundada numa estratégia de desenvolvimento que seja capaz de promover a qualificação do espaço urbano, a melhoria das condições de vida da população e a retomada do crescimento econômico da região metropolitana de Feira de Santana.
  8. Estudar a viabilidade da implantação do Projeto Linha Azul, integrado ao Sistema Viário Oeste, que inclui a construção da rodovia litorânea do entorno da Baía de Todos-os-Santos, interligando a Ilha de Itaparica e todo o Recôncavo Baiano a Salvador. Serão mais de cinco milhões de pessoas beneficiadas, já que sua área de influência alcança até Feira de Santana e Santo Antônio de Jesus.
  9. Duplicação do trecho sul baiano da BR-101 e conclusão do trecho norte, ainda em execução.
  10. Construção de terceira pista nos dois sentidos da BR-324, entre Salvador e Feira de Santana.
  11. Duplicação de outros trechos da BR-116, além daquele entre Feira de Santana e o entroncamento com a BR-242, especialmente o trecho Feira de Santana – Serrinha.

Leia aqui o programa de Governo de José Ronaldo.

Marcos Mendes (PSOL)

Marcos Mendes

O candidato Marcos Mendes também não faz citação a Feira de Santana em seu Programa de Governo.

Leia aqui o programa de Governo de Marcos Mendes.

Rui Costa (PT)

Rui Costa

Já o atual Governador Rui Costa (PT) refere-se a Feira em 12 ocasiões em seu programa. Em uma delas faz referência à metodologia de criação do seu plano de governo, em outras 4 fala de ações já realizadas em Feira de Santana. Restam 8 propostas objetivas voltadas para a cidade:

  1. Criação do Novo Clériston Andrade;
  2. Implantação de Serviços de Verificação de Óbitos (SVO) para atestar a causa de óbitos em pessoas que faleceram no domicílio ou em unidades hospitalares, sem causa conhecida.
  3. Promover o estudo de implantação do Trem Rápido Misto Salvador – Feira de Santana.
  4. Elaborar o Plano de Mobilidade da Macrorregião de Salvador, envolvendo as Regiões Metropolitanas de Salvador e Feira de Santana, e a área de influência do Sistema do Vetor Oeste – SVO.
  5. Requalificação do Aeroporto de Feira de Santana.
  6. O Sistema Integrado de Abastecimento de Água (SIAA) de Feira de Santana terá a obra do Setor Leste concluída e iniciada a obra do Setor Tomba, promovendo a ampliação da capacidade de reservação e distribuição do Sistema. Será duplicada a capacidade de produção e adução de água tratada do SIAA.
  7. Implantar e ampliar Sistemas de Esgotamento Sanitário em Feira de Santana (Bacia do Subaé).
  8. Elaborar projetos de Sistemas de Esgotamento Sanitário para Feira de Santana (Bacia do Pojuca).

Leia aqui o programa de Governo de Rui Costa.

(Todos os programas de governo foram acessados no dia 21 de agosto de 2018)


Sobre o (a) autor (a):