As Feiras de Feira de Santana

Cooperativas em Feira de Santana

Cooperativas com os dias contados em Feira de Santana

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e o Ministério Público da Bahia (MP-BA) exigiram que a Prefeitura Municipal de Feira de Santana não faça mais contratações de servidores através de cooperativas. Novas Contratações Colbert Martins disse ao Acorda Cidade que as contratações só poderão ocorrer via Organização Social (OS), seleção pública (Reda) ou concurso público. Ao atender essa recomendação, é provável que aumente o número de processos seletivos para contrações temporárias. Fim das indicações políticas Infelizmente, com o fim das contratações via cooperativas, não é certo de que acabem também as indicações políticas. A contratação de Organização Social permite

Vai ter Feira Noise Festival em 2020

O Feira Coletivo Cultural e a Banana Atômica realizaram no último final de semana, em Feira de Santana (BA), uma edição histórica em comemoração aos 10 anos de existência do Feira Noise Festival. O evento aconteceu entre os dias 22 a 24, no Ária Hall, reforçando sua importância para a consolidação da cena local, além de manter Feira de Santana na rota de circulação de bandas e artistas independentes. Ao todo, 33 atrações se revezaram entre os palcos Banana Atômica e Budweiser, sendo 13 delas de Feira de Santana. Importantes nomes da música brasileira contemporânea como Supercombo, Francisco El Hombre, Black Pantera, Potyguara Bardo,

O fenômeno flamenguista em Feira de Santana

Na manhã dessa segunda-feira, a Praça da Bandeira foi a arena onde se discutiu sobre o mais importante e popular time de futebol brasileiro. — É óbvio que o Bahia é de mais importância. O Brasil nasceu onde? Se é aqui o início do Brasil, o Bahia é o time do nosso povo, defendia Papinho, torcedor patológico do Bahia. — O Flamengo, companheiro, é o time das massas, o time rubro, castanho, caboclo, representando os índios, e negro, quilombola, africano, representando o povo escravizado, proclamava Seu Teófilo, tomando caldo de cana para curar a ressaca da comemoração dos dois títulos

Roça Sound

“Tabaréu Moderno”, o novo álbum do Roça Sound

“Tabaréu Moderno” é o terceiro disco do grupo Roça Sound. Lançado no último dia 15 de novembro, o novo álbum estava sendo esperado pelo público que acompanha o trabalho dos feirenses desde “Você Aguenta Quantos Rounds?”, de 2014. Formado por NickAmaro (DJ/ MC), Paulo Bala (MC), Dom Maths (MC) e o dançarino Edy Murphy, o Roça Sound explora sonoridades que vão desde a Cultura Nordestina, Rap, Dembow, Reggae, e o DanceHall, tendo o suingue como sua marca principal. Em “Tabaréu Moderno”, trazem nove faixas autorais e inéditas, com as participações da Orquestra Reggae de Cachoeira, Quixabeira da Matinha, Bel da

Precisamos louvar o Feira Noise

É preciso louvar com entusiasmo a edição de 10 anos do Feira Noise Festival, que ocorre nesse final de semana em Feira de Santana. Nem precisa gostar de rock ou de qualquer gênero musical, banda ou artista que se apresenta nos palcos do evento para reconhecer a capacidade inacreditável de um grupo de entusiastas de determinada cena cultural em manter de pé, em Feira de Santana, um festival que chama a atenção para além das fronteiras baianas. São mais de 30 atrações, de várias partes do Brasil, distribuídas em três dias no Ária Hall, o mais elegante e bem estruturado

Porque eu te amei – um filme longa metragem genuinamente feirense

A produção cinematográfica em Feira de Santana está ganhando um novo capítulo importante: a produção do filme “Porque eu te amei”, um longa metragem com atores feirenses que está gerando expectativa entre os entusiastas da 7ª em Feira.

Há dez meses a produção trabalha a todo vapor para produzir um filme de drama que promete se destacar pela sensibilidade artística, tocando em temas importantes para a sociedade contemporânea, como a violência contra a mulher.

A iniciativa do projeto nasceu por meio do cineasta feirense Tiago Rocha, que há três anos vem desenvolvido projetos de ficção na cidade.

Tiago conta como tem sido a repercussão até aqui: “muita gente ouviu falar do filme e fala: ‘tá bom, mais um filme meia boca que vai desvalorizar nossa cidade’. Eu já estava acostumado com perguntas como: ‘É a continuação da vingança do motoboy?'”.

Aos curiosos, o diretor explica: “Não é a continuação da vingança do motoboy e muito menos queremos desmerecer o trabalho que foi realizada por eles, contudo, o público pode aguardar uma experiência cinematográfica profissional e com enredo e narrativa muito bem elaborada”.

A qualidade do trabalho já pode ser conferida através do primeiro trailer promocional, lançando no dia 22 de setembro, e que já gerando um reboliço nas redes sociais. Assista:

“Todos os dias recebemos dezenas de mensagens de pessoas da cidade e até de fora da Bahia parabenizando o projeto e demonstrando interesse em ver o filme na íntegra”, afirma assessoria de marketing do projeto.

O elenco, em sua maioria, é composto por atores feirenses, alguns deles já tem experiência com cinema e TV, outros receberam preparação de elenco do professor de atuação Fernando Souza durante o período de criação de personagem.

A trama apresenta uma adolescente, “Denize”, que no início da puberdade sofre violência doméstica, virando o seu mundo de cabeça para baixo, Madalena, a mãe da jovem, busca com sede de justiça desvendar o mistério das transformações psicológicas vividas pela jovem, além de ter que lidar com os seus próprios medos.

Uma figura inusitada é inserida na história a fim de ajudar os personagens a reescreverem suas histórias, provocando uma verdadeira reflexão sobre recomeços, perdão e segundas chances.

Para continuar atualizado com as novidades do filme siga o Instagram @filmeporqueeuteamei e fanpage no Facebook “Filme Porque Eu Te Amei“.


Sobre o (a) autor (a):