Rio Jacuípe

Improbidade Administrativa

Ex-Prefeito, Secretária e Procurador são acionados por Improbidade Administrativa

Ex-prefeito José Ronaldo é acionado pelo MP por improbidade administrativa O ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo de Carvalho; a secretária de Saúde, Denise Lima Mascarenhas; o ex-subprocurador do Município, Cleudson Santos Almeida; e o então presidente da comissão de licitação no Município, Antônio Rosa de Assis, foram acionados pelo Ministério Público estadual por dispensa indevida de licitação realizada no ano de 2013, quando José Ronaldo era prefeito. Suspensão dos direitos políticos De acordo com o MP, o ato de improbidade causou ao erário um dano de R$ 6.379.495,62. Na ação, o promotor de Justiça Tiago de Almeida Quadros

Roberto Tourinho

Roberto Tourinho na Oposição

Tourinho na Oposição Em entrevista ao programa Acorda Cidade, nesta terça-feira (05), o prefeito Colbert Martins, comentou que Roberto Tourinho se tornou um vereador de oposição, após cobrança para afastar envolvidos no caso da Coofsaúde e propor uma CPI. A quem responder? Em pronunciamento, na sessão ordinária da última quarta-feira (06), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador comentou sobre a entrevista do prefeito e disparou que estava em dúvida a quem deveria responder, se “ao prefeito que governa ou o do Pilão, que despacha na Pousada Acalanto e no Hotel Atmosfera”. “Se ao prefeito ou ao chefe”.

Fila no CADH de Feira

Fila longa para marcar consulta no CADH, em Feira – Feira (A)notada

Fila longa, demora no atendimento e lotação no CADH Uma longa fila foi observada na manhã da última terça-feira, 05, na Rua Boticário Moncorvo, Centro da cidade. Tratava-se de pacientes do Centro de Atendimento ao Diabético e Hipertenso (CADH), esperando a vez para marcar uma consulta com médicos especialistas. O interior da unidade estava completamente lotado e o sistema de marcação toda hora saía do ar, enquanto as pessoas com diabetes e hipertensão permaneciam na fila. Somente quatro vereadores assinaram pedido de CPI O pedido para a formação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que pretende averiguar denúncias de irregularidades na

PSOL pede CPI na Câmara

PSOL protocola pedido de CPI na Câmara – Feira (A)notada

PSOL protocola pedido de CPI na Câmara Na manhã da última sexta-feira, 1º de fevereiro, no retorno das atividades na Câmara Municipal, o PSOL de Feira de Santana protocolou na Casa o pedido de CPI das fraudes na saúde do município, envolvendo contratos com as falsas cooperativas. O pedido foi entregue por Jhonatas Monteiro, ex-candidato a prefeito pelo partido, em mãos ao presidente da Câmara, vereador José Carneiro, que se comprometeu em apreciar o pedido no Plenário já na próxima segunda-feira, dia 4. Aprovados em concurso também querem CPI das cooperativas Trabalhadores da área de saúde, aprovados no concurso de

Novidades na Câmara Municipal

Novidades na Câmara Municipal de Feira de Santana – Feira (A)notada

Câmara reabre trabalhos legislativos A Câmara Municipal de Feira de Santana retomou as atividades na manhã desta sexta-feira (01). Em rito ordinário, foi realizada a leitura da ata da sessão anterior devidamente aprovada pelos edis presentes. O prefeito de Feira de Santana Colbert Martins da Silva Filho fez o pronunciamento e desejou bom retorno aos trabalhos. Estiveram presentes ainda o Procurador Geral do Município, Cleudson Almeida, secretários municipais, autoridades, representantes da sociedade civil e imprensa. Neinha deixa de ser suplente e assume a vaga deixada por Tom A vereadora Neinha (PTB), que estava no mandato como suplente, assume a vaga deixada

O que a FGV diz sobre o bem-estar dos idosos em Feira de Santana

Aferir bem-estar e qualidade de vida sempre é correr o risco de ser parcial, dados os diversos fatores envolvidos na equação que torna uma cidade mais ou menos agradável. Mas existem estudos sérios e amplos que se propõem a pesquisar as condições de vida em um município, a exemplo do recém-publicado Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade, feito em parceria entre o Instituto de Longevidade Mongeral Aegon e a Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV/EAESP).

O Índice revela as atuais condições de 498 cidades brasileiras, tendo em vista sua capacidade de atender às necessidades básicas de vida, destacadamente dos adultos mais idosos. A seguir, as variáveis analisadas pela pesquisa, e o peso de cada uma delas, de acordo com o que representam para cada faixa etária em termos de qualidade de vida:

Índice de Desenvolvimento Urbano para a Longevidade

De acordo com a pesquisa, Feira de Santana não vai bem em termos de bem-estar para as pessoas idosas: das 150 grandes cidades pesquisadas, o município fica na posição 132 para o índice de 60 a 75 anos e na posição 138 para o índice de 75 anos ou mais. No agregado, Feira de Santana é a 137ª cidade entre as 150 analisadas pelo estudo.

O interessante da pesquisa é que considera fatores bem diversos: número de cinemas, acesso à internet fixa, casos de hipertensão, números de suicídio, PIB, número de agências bancárias, carga tributária, índice de homicídios, e por aí vai.

Comparação com outros municípios baianos

Os maiores municípios baianos não bem no ranking do Índice de Desenvolvimento Urbano para a Longevidade. No agregado, as classificações são as seguintes, em relação aos 150 municípios brasileiros analisados:

  1. Salvador (93ª posição)
  2. Itabuna (127ª posição)
  3. Vitória da Conquista (135ª posição)
  4. Feira de Santana (137ª posição)
  5. Juazeiro (144ª posição)
  6. Camaçari (145ª posição)

De acordo com o estudo, a cidade grande com o melhor Índice do Brasil é Santos-SP, e a pior Marabá, em São Paulo.

O que leva Feira às últimas posições

De acordo com o estudo da FGV, Feira está entre as últimas posições principalmente por conta das notas nas variáveis Educação e Trabalho (141ª posição), Cultura e Engajamento (131ª posição) e Bem-Estar (122ª posição):

Índice de Desenvolvimento Urbano para a Longevidade

A seguir, gráficos que comparam os índices alcançados por Feira em cada área, em comparação com a média dos 150 maiores municípios brasileiros e com a nota do primeiro colocado em cada área:

Desenvolvimento Urbano para Longevidade de Feira de Santana

 

Para saber mais, acesse o site do Instituto Mongeral Aegon. Veja aqui o detalhamento das notas de Feira de Santana nas diversas variáveis.

Tags:

Sobre o (a) autor (a):