Rio Jacuípe

Rua Marechal em mão única

Feira (A)notada: Marechal em mão única e novidade na Câmara

Lulinha entrega o cargo de Líder do Governo Após alguns colegas vereadores manifestarem a insatisfação com o líder do governo na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Luís Augusto (Lulinha), do DEM, entregou o cargo durante discurso na Sessão desta terça-feira (11). 10 anos do Museu Parque do Saber No próximo dia 15 de dezembro, o Museu Parque do Saber Dival da Silva Pitombo estará completando uma década de existência. E, para comemorar, foi realizada na terça-feira (11) uma homenagem especial a todos os envolvidos com o projeto inicial. O evento contou com as presenças do prefeito Colbert

Tourinho Candidato

Tourinho candidato, cubanização de assessores e toma lá da cá

Tourinho Candidato Surgiu mais um nome interessado no Paço Municipal em 2020. O vereador Roberto Tourinho, atualmente filiado ao PV, confirmou ao site Acorda Cidade que tem discutido o assunto.  Com sete mandatos, Tourinho é um dos políticos mais respeitados de Feira de Santana e filho de um ex-prefeito, o advogado José Falcão da Silva, que morreu durante o exercício do mandato. Ele se junta a nomes como Fernando Torres, Zé Neto, Zé Chico, Colbert Filho, Angelo Almeida, Carlos Geilson e Targino Machado que também se movimentam para disputar a prefeitura feirense. Toma lá dá cá Ao colocar o cargo

O Rural Feirense

O rural feirense, segundo o último Censo Agropecuário (parte 1)

Foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) os números referentes ao Censo Agropecuário realizado em 2017. Os dados são essenciais para que os governos das três esferas – Federal, Estadual e Municipal – elaborem suas políticas, mas são também muito importantes para acadêmicos, estudiosos do tema, para a imprensa especializada e até mesmo para o cidadão que deseja se manter informado sobre o seu município. Uma leva de informações sobre a Feira de Santana já está disponível e pode ser consultada. Os pesquisadores, em suas andanças pelo rural feirense apuraram, por exemplo, que existem exatos 9.191 estabelecimentos

O sonho de Lucas

Escritor feirense publica romance “O sonho de Lucas”

O escritor feirense Marcelo Vinicius acaba de publicar o romance “O sonho de Lucas”, pela editora carioca Multifoco. Marcelo é pesquisador, cursa Psicologia e estuda Filosofia da Arte e Filosofia Contemporânea na UEFS. Além de escritor, é fotógrafo. A história do romance divide-se em duas partes. A primeira é uma narrativa em terceira pessoa; e a segunda é em primeira pessoa, na qual esta se passa por meio do olhar de um jovem chamado Lucas, estudante que sonha em cursar a faculdade de Medicina e cuja vida familiar está em decadência. Lucas fica arrasado quando sua mãe, Kátia Fernandes, separa-se de

Antiga Intendência de Feira de Santana

Antiga Intendência é impregnada de História

Poucas edificações em Feira de Santana são tão impregnadas de História quanto o prédio da Antiga Intendência. Ele se localiza na esquina da Avenida Senhor dos Passos com a Praça Joaquim Pedreira, a antiga Praça da Bandeira. O imóvel também fica nas cercanias de três construções emblemáticas do município: a Igreja Senhor dos Passos, que se localiza defronte e os tombados prédios da Prefeitura Municipal – que fica na esquina transversal – e do Mercado de Arte Popular, situado no quarteirão contíguo, na própria antiga Praça da Bandeira. Originalmente, o imóvel funcionou como fórum, abrigando a sede do Poder Judiciário

Nossos próprios encontros e desencontros

Em 2003, Sofia Coppola lançava sua obra-prima nos cinemas. Encontros e Desencontros ou Lost in translation, no original. É um filme sobre solidão, acasos, conflitos internos e relações humanas em meio ao exagero urbano de Tóquio.

Quantas vezes já nos sentimos sozinhos por estar longe da nossa, real, casa? Ou não tomamos decisões de melhorias por causa de outras pessoas? E quando tudo pode estar insuportavelmente desgastado, surgem acasos que nos levam a outras direções?

Tóquio não é Feira, a população de lá não é a daqui. Mas as mazelas de uma sociedade individualista e que cresce demais é igual em todo lugar.

“Encontrei a oportunidade de fazer de Feira minha casa, até onde a gente se suportar.”

Eu não sou a Charlotte ou Bob Harris (personagens principais do filme), mas sei como é estar em um lugar novo, sem ninguém próximo e só esperando as coisas acontecerem. Quando vim para Feira, só a conhecia de passagem. Vim recomeçar a vida, buscar novos horizontes e de certa forma me encontrar em um lugar que eu não sabia nem me localizar dentro do buzão. Passei algum tempo solitário e esperando os tais acasos. Curtindo o meu próprio individualismo.

Encontros e Desencontros

Scarlett Johansson em Encontros e Desencontros, 2003.

Achei o acaso e o segui. Feira que era uma cidade comerciante sem graça, sem quebrada, desengonçada se transforma em um lugar maneiro. Encontrei Feira, a cidade que traz oportunidades. Encontrei em Feira uma cidade alternativa onde se acha todo tipo de gente. Encontrei em Feira um lugar cheio de contrastes. Tranquilidade ao amanhecer na beira da Lagoa e o caos da Getúlio às 6 da tarde. Aqui é feio com tanta beleza. Feira é arte disfarçada.

Aceitei o acaso de crescer para o mundo. Querer fazer parte dele. Aceitei que somos conflitos e uma força natural de adaptação. Desencontrei das inseguranças de recomeçar do novo. Encontrei a oportunidade de fazer de Feira minha casa, até onde a gente se suportar.

Desencontrei de mim mesmo. E encontrei a mim mesmo… Só que em Feira.


Sobre o (a) autor (a):