Rio Jacuípe

Rua Marechal em mão única

Feira (A)notada: Marechal em mão única e novidade na Câmara

Lulinha entrega o cargo de Líder do Governo Após alguns colegas vereadores manifestarem a insatisfação com o líder do governo na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Luís Augusto (Lulinha), do DEM, entregou o cargo durante discurso na Sessão desta terça-feira (11). 10 anos do Museu Parque do Saber No próximo dia 15 de dezembro, o Museu Parque do Saber Dival da Silva Pitombo estará completando uma década de existência. E, para comemorar, foi realizada na terça-feira (11) uma homenagem especial a todos os envolvidos com o projeto inicial. O evento contou com as presenças do prefeito Colbert

Tourinho Candidato

Tourinho candidato, cubanização de assessores e toma lá da cá

Tourinho Candidato Surgiu mais um nome interessado no Paço Municipal em 2020. O vereador Roberto Tourinho, atualmente filiado ao PV, confirmou ao site Acorda Cidade que tem discutido o assunto.  Com sete mandatos, Tourinho é um dos políticos mais respeitados de Feira de Santana e filho de um ex-prefeito, o advogado José Falcão da Silva, que morreu durante o exercício do mandato. Ele se junta a nomes como Fernando Torres, Zé Neto, Zé Chico, Colbert Filho, Angelo Almeida, Carlos Geilson e Targino Machado que também se movimentam para disputar a prefeitura feirense. Toma lá dá cá Ao colocar o cargo

O Rural Feirense

O rural feirense, segundo o último Censo Agropecuário (parte 1)

Foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) os números referentes ao Censo Agropecuário realizado em 2017. Os dados são essenciais para que os governos das três esferas – Federal, Estadual e Municipal – elaborem suas políticas, mas são também muito importantes para acadêmicos, estudiosos do tema, para a imprensa especializada e até mesmo para o cidadão que deseja se manter informado sobre o seu município. Uma leva de informações sobre a Feira de Santana já está disponível e pode ser consultada. Os pesquisadores, em suas andanças pelo rural feirense apuraram, por exemplo, que existem exatos 9.191 estabelecimentos

O sonho de Lucas

Escritor feirense publica romance “O sonho de Lucas”

O escritor feirense Marcelo Vinicius acaba de publicar o romance “O sonho de Lucas”, pela editora carioca Multifoco. Marcelo é pesquisador, cursa Psicologia e estuda Filosofia da Arte e Filosofia Contemporânea na UEFS. Além de escritor, é fotógrafo. A história do romance divide-se em duas partes. A primeira é uma narrativa em terceira pessoa; e a segunda é em primeira pessoa, na qual esta se passa por meio do olhar de um jovem chamado Lucas, estudante que sonha em cursar a faculdade de Medicina e cuja vida familiar está em decadência. Lucas fica arrasado quando sua mãe, Kátia Fernandes, separa-se de

Antiga Intendência de Feira de Santana

Antiga Intendência é impregnada de História

Poucas edificações em Feira de Santana são tão impregnadas de História quanto o prédio da Antiga Intendência. Ele se localiza na esquina da Avenida Senhor dos Passos com a Praça Joaquim Pedreira, a antiga Praça da Bandeira. O imóvel também fica nas cercanias de três construções emblemáticas do município: a Igreja Senhor dos Passos, que se localiza defronte e os tombados prédios da Prefeitura Municipal – que fica na esquina transversal – e do Mercado de Arte Popular, situado no quarteirão contíguo, na própria antiga Praça da Bandeira. Originalmente, o imóvel funcionou como fórum, abrigando a sede do Poder Judiciário

Felipe Rocha: um modelo feirense na São Paulo Fashion Week

Um dos momentos de destaque da São Paulo Fashion Week 2016 foi o desfile da LAB, grife dos rappers Emicida e Evandro Fióti. A ação, que contou com a participação majoritária de modelos negros e negras, teve o objetivo de quebrar os diversos padrões estéticos que são tão habituais no mundo da moda.

Entre o casting de modelos convidados para participar da apresentação está Felipe Rocha, um jovem feirense que vem ganhando espaço em várias campanhas e passarelas pelo país.

Feirense do lote de 1997, o rapaz tem 19 anos e acumula uma gama de jobs na sua breve jornada como modelo. Com 8 meses de carreira e quase mil inscritos no seu canal do YouTube, já participou de incontáveis ensaios, uma porção de desfiles, além de campanhas para lojas de departamento e grifes (já trabalhou para marcas como Cavalera, Ellus e C&A).

Entramos em contato com ele para um bate papo sobre carreira, representatividade, moda e o fator feirense de ser. Confira:

O modelo feirense Felipe Rocha na São Paulo Fashion Week, desfilando para a LAB. Foto: Divulgação

O modelo feirense Felipe Rocha na São Paulo Fashion Week, desfilando para a LAB. Foto: Divulgação

Feirenses: Como e quando a moda surgiu em sua vida?

Felipe Rocha: Sempre que eu via revistas, outdoors e campanhas, crescia um desejo enorme de me tornar um modelo. Desejo esse que foi se esfriando com o passar dos anos por não haver como virar realidade. Mas depois que eu vi que sim, era possível, fiz de tudo para dar certo… E olha só aonde eu estou.

Feirenses: Como surgiu o convite para o SPFW?

Felipe Rocha: Na verdade os modelos não recebem convite para desfilar. Nós participamos de um casting, que é quando os modelos são avaliados pelo cliente, e se formos o perfil que se encaixa na história do desfile, aí sim somos selecionados.

Feirenses: De onde surgiu a ideia do seu canal do YouTube e qual a proposta dele?

Felipe Rocha: No começo eu fazia vlogs com temas do cotidiano, mas quando eu cheguei em São Paulo resolvi dar uma repaginada no meu conteúdo e mostrar para a galera como realmente é a vida de modelo. Estou muito feliz com o retorno que estou tendo no canal.

Feirenses: Fala um pouco sobre a vida e a rotina de modelo

Felipe Rocha: Cada dia é completamente diferente um do outro… Casting, desfiles, campanhas, fitting, editorias… cada dia uma correria. Eu sempre posto tudo no history do Instagram, é a melhor forma de acompanhar tudo de pertinho.

Feirenses: Você é de qual bairro aqui de Feira? Você nasceu aqui?

Felipe Rocha: Eu morava na Vila Olímpia. Sou de Feira, rapaz! Nasci na Bahia e a primeira vez que eu saí dela foi para vir a São Paulo.

Feirenses: Como você foi descoberto?

Felipe Rocha: Eu participei do concurso de uma agência em Feira de Santana que queria descobrir new faces, consegui passar por todas as etapas do concurso e fui o campeão.

Felipe Rocha em campanha da C&A

Felipe Rocha em campanha da C&A. Foto: Divulgação

Feirenses: Como aconteceu sua ida para São Paulo?

Felipe Rocha: Depois de alguns meses trabalhando com a agência, vim para São Paulo com o professor do concurso que selecionou alguns modelos para construir uma carreira.

Feirenses: Como você se sente sendo um modelo negro em meio a uma sociedade racista que impõe padrões estéticos próximos do padrão europeu?

Felipe Rocha: Acredito que eu cheguei no mundo da moda num momento em que essa realidade está mudando. Cada vez mais a moda se transforma e exige perfis interessantes e diferentes. E para falar a verdade, eu estou muito feliz em ter aparecido nesse momento.

Feirenses: Quem te inspira no mundo da moda?

Felipe Rocha: Eu gosto muito do modelo Sean O’pry e do estilista João Pimenta. São profissionais incríveis que eu acompanho faz muito tempo. E adoro o trabalho do Vitorino Campos, para quem já desfilei duas vezes. Sem esquecer que ele é nosso conterrâneo.

Feirenses: Racismo, como você lida com ele?

Felipe Rocha: Eu sempre tive um escudo contra o racismo, pouquíssimas vezes sofri racismo diretamente. Atualmente estou numa vibe tão feliz com tudo que está acontecendo na minha vida que eu resolvi fortalecer meu escudo, e depois que fiz isso ficou muito mais fácil viver sem se preocupar com tanto problema. Tenho uma tese de que quanto menos você se vitimiza esses problemas vão perdendo a força.

Feirenses: Quais dicas você daria para uma pessoa que quer ser modelo?

Felipe Rocha: Persistência e muito desejo são palavras chave para começar a se destacar no mundo da moda. Sem elas eu não teria saído do lugar.

Feirenses: Fala de alguns trabalhos de destaque que você já participou…

Felipe Rocha: Eu já fiz várias campanhas para a C&A. Tenho como um job superimportante. Mas já fiz editorias para revista Elle e Lofficiel com profissionais tão incríveis com Paulo Martinez dando Styling e Nicole Heiniger fotografando que me ganharam para sempre. Sou fã deles!


Acompanhe Felipe Rocha através do Facebook, do YouTube ou do Instagram.


Sobre o (a) autor (a):