As Feiras de Feira de Santana

Venezuelanos em Feira de Santana

A história de dois Venezuelanos em Feira de Santana

Quem tem andado pelas ruas de Feira de Santana nos últimos anos nota o aumento da quantidade de pedintes e vendedores informais nas sinaleiras da cidade – consequência óbvia do deserto econômico por que passa o país. Peregrinando entre os carros, na esperança de que um vidro se abra e uma mão se estenda, essas pessoas buscam o sustento básico da família, a ajuda para a compra de um remédio ou a fralda para um filho. Na cidade-entroncamento, não é de espantar que muitos desses habitantes das encruzilhadas sejam de fora do município, do estado e do país. É o

Casarão dos Olhos D'Água

Casarão Olhos D’Água será reformado

A Prefeitura Municipal de Feira de Santana irá reformar o Casarão Olhos D’Água, situado na Rua Dr. Araújo Pinho. O valor da reforma foi orçado em R$ 331.657,38 e a empresa contratada, através de dispensa de licitação, foi a CLAP Construtora Ltda (Diário Oficial de 17 de julho). Recomendação do MP-BA O Ministério Público Estadual, por meio da promotora de Justiça Luciana Machado dos Santos Maia, expediu em dezembro do ano passado, recomendação ao diretor-presidente da Fundação Municipal de Tecnologia, Telecomunicações e Cultura Egberto Tavares Costa (Funtitec), Antonio Carlos Daltro Coelho, para que promovesse as medidas emergenciais necessárias à manutenção,

Feira Hippie dos Olhos D'Água

UEFS receberá a II Feira Hippie dos Olhos D’Água

Criada em 2016, a Feira Hippie dos Olhos D’Água aconteceu pela primeira vez durante a Semana Nacional do Livro e da Biblioteca, realizada anualmente no mês outubro, na Biblioteca Central Julieta Carteado, no Campus da UEFS. Na ocasião, o evento principal tinha como tema Sustentabilidade e Meio Ambiente, e a Feira Hippie, idealizada por Paulo Fabrício Reis e Raquel Kuwer, surgiu como um adendo, estabelecendo uma relação direta com a temática, uma vez que foram priorizados expositores com trabalhos artesanais, ou que trabalhavam com esse enfoque. O nome da Feira Hippie é uma homenagem à cidade de Feira de Santana,

O pintor feirense Cesar Romero

O pintor feirense Cesar Romero

Quem acompanha o cenário das artes plásticas da Bahia certamente já ouviu falar ou já se deparou com alguma obra do pintor Cesar Romero. O que nem todos sabem é que o artista plástico autor das “Faixas Emblemáticas” é feirense, nascido em 1950. “Dois fatos foram determinados em minha formação de artista plástico: a convivência com as feiras livres, sempre às segundas-feiras, em companhia do meu pai, e a criação do Museu Regional de Feira de Santana. Se eu tivesse nascido em outra cidade, muito provavelmente não haveria o artista que sou, nem esta obstinada escolha de brasilidade. Feira de

Quanto custa a Câmara de Vereadores de Feira de Santana?

Quanto custa a Câmara de Vereadores de Feira?

A Câmara de Vereadores é uma instituição importantíssima para qualquer município. Suas cadeiras são ocupadas pelos representantes políticos mais próximos à comunidade: os vereadores, eleitos principalmente pela capacidade de interlocução e liderança em determinados bairros e comunidades. Além de levar demandas da comunidade ao Poder Executivo, mantendo diálogo permanente com secretários, superintendentes e outros gestores, o vereador deve cumprir o papel fiscalizador das ações e decisões emanadas do Prefeito. Sem falar no papel de legislador e promotor de debates sobre temas de interesse da comunidade, fazendo com que os munícipes tenham participação ativa nas políticas públicas. Quanto mais os vereadores

Aprenda uma maquiagem básica em 7 passos para sair em Feira à noite ou durante o dia

Nós, mulheres, já nascemos vaidosas. Basta observar as meninas ainda quando estão começando a dar os primeiros passos: já querem usar os sapatos de salto das mães, seus vestidos e suas maquiagens. Com o avanço tecnológico, as maquiagens também tiveram grandes progressos e estão cada vez menos agressivas à pele, desmistificando a crença de que são prejudiciais.

Nesses últimos anos, pude conhecer mais de perto a necessidade da Mulher Feirense e percebi que existem aquelas que não são fãs de maquiagem ou até a curtem, mas não têm ideia de como começar a fazê-la. E, querendo ou não, em algum momento podemos precisar nos maquiar sozinhas. Nas minhas pesquisas, constatei que existem inúmeros tutoriais de maquiagens simples, mas com uso de muitos produtos que não correspondem à realidade de muitas mulheres. Isso sem contar que tempo é um fator determinante para a mulher contemporânea que assume muitos papéis.

Pensando nisso, listei 7 passos básicos que precisamos para fazer uma maquiagem “coringa” que pode ser usada em qualquer ocasião: ir ao trabalho, ao mercado, ao centro da cidade ou até mesmo numa festa, além de combinar com qualquer cor de batom.

Antes de começar a maquiagem, a pele deve estar limpa e, no caso de ser de dia, com o protetor solar.

Passo 1: Base

Maquiagem dia e noite

Maquiagem Feirenses

Usar a base líquida. Começamos a aplicar do centro do rosto para as laterais com pincel próprio para base líquida ou com os próprios dedos. Passar em todo o rosto, inclusive na área dos olhos, pálpebras móveis, alongando até próximo às sobrancelhas, deixando o rosto uniforme.

Passo 2: Pó Compacto

Pó Compacto

Aplicar o pó compacto em todo o rosto com um pincel próprio ou esponja cosmética, sempre do centro para as laterais.

Passo 3: Sombra

Sombra

Maquiagem - Sombra

Aplicar a sombra marrom por toda a pálpebra móvel com um pincel de sombra formando um “v” no canto externo do olho, esfumando no sentido da sobrancelha (sem pegar mais sombra) para dar um efeito de sombra mais clara.

Passo 4: Lápis de olho

Lápis de Olho

Usar o lápis de olho (na cor preta) na base dos cílios superiores como se fosse um delineador, puxando o canto externo do olho para facilitar a aplicação, começando o traço de fora para dentro. Depois, puxando a pálpebra inferior para baixo, aplicar o lápis na linha d’água do olho no mesmo sentido.

Passo 5: Máscara de cílios

Máscara de cílios

Passar a máscara de cílios preta nos cílios superiores, puxando o olho no canto externo e olhando para baixo para facilitar a aplicação. Aplicar com o próprio pincel da máscara da raiz dos cílios para a ponta, penteando-os.

Passo 6: Blush

Blush

Aplicar o blush abaixo das têmporas (ossos abaixo dos olhos) no sentido da orelha, com movimento de varrer do centro para fora várias vezes no mesmo lugar, para não ficar marcado.

Passo 7: Batom

Batom

Aplicar o batom de sua preferência nos lábios superiores e inferiores. Se quiser um look mais marcante, usar batons mais vibrantes, como vermelho e laranja.

***

Todos os materiais utilizados nessa maquiagem foram da Mary Kay:

  • Base Líquida TimeWise, acabamento Matte Beige 8;
  • Pó Mineral Compacto Beige 2;
  • Blush Mineral Golden Cooper;
  • Sombra Mineral Cinnabar;
  • Lápis Retrátil para os olhos Black;
  • Máscara para Cílios Lash Love à Prova D’água Preta;
  • Batom Cremoso Berry Kiss;
  • Pincel para Sombra;
  • Pincel para Base Líquida;
  • Pincel para Blush;
  • Pincel para Pó Facial.

Vejam abaixo o antes/depois:

Antes e Depois

Até mais…

 

Fotos: Ena Lélis.

Tags:

Sobre o (a) autor (a):