Rio Jacuípe

Roberto Mendes

Roberto Mendes faz show na Cidade da Cultura

Um dos maiores artistas que a Bahia produziu estará em Feira de Santana na próxima quinta-feira: o cantor, compositor e ativista santamarense Roberto Mendes faz show na Cidade da Cultura, um dos principais espaços culturais de Feira de Santana. Mendes apresentará um show com tema caro a Feira de Santana: “A chula do Recôncavo com o Canto do Sertão”. Situada entre o Recôncavo e o Sertão, Feira tem a oportunidade de se reconhecer na apresentação de um notável defensor do Samba da Bahia, e do Samba antes do Samba, como ele diz, se referindo à Chula. Ele caracteriza a Chula

Os protestos em Feira de Santana

Os protestos em Feira de Santana

Os protestos em Feira de Santana Milhares de manifestantes foram às ruas do centro de Feira de Santana, protestar contra os cortes de verbas da educação, anunciados pelo MEC. Bolsonaro, Rui Costa e Colbert também foram alvos das críticas. Os três chefes do executivo estavam em viagem oficial Bolsonaro nos Estados Unidos, Rui, na China e Colbert, novamente, em Brasília, para tratar de diversos assuntos, dentre os quais o Hospital da Mulher, onde em menos de uma semana 03 bebês morreram devido à grande demanda e a falta de leitos nas maternidades do município. Professores da UEFS contra os cortes

Desemprego em Feira

Emprego formal se reduz no primeiro trimestre em Feira

No primeiro trimestre de 2019 o desemprego voltou a mostrar as suas garras aqui na Feira de Santana. Foram, no saldo, 480 empregos a menos, no saldo entre admissões (8,7 mil) e demissões (9,1 mil). Os mais penalizados foram os comerciários: no saldo, enxugaram-se 162 oportunidades para esses profissionais. Alguém mais otimista pode enxergar, aí, aquele movimento natural de dispensa do excedente que foi contratado para as festas de final de ano. O preocupante, porém, é que a redução de empregos alcançou atividades que não se relacionam diretamente ao vaivém natural do comércio. É o caso da construção civil, que

Crise na Saúde de Feira de Santana

Crise na Saúde em Feira

Mães encontram dificuldades para dar à luz nos hospitais públicos de Feira de Santana No último domingo, foi comemorado o dia das mães. Porém, nem todas tiveram a razão de comemorar esse dia tão especial em Feira de Santana. Em menos de uma semana 03 bebês morreram no Hospital da Mulher, devido à grande demanda e a falta de leitos nas maternidades do município. Hospital da Mulher atende 20% acima da sua capacidade A presidente da Fundação Hospitalar de Feira de Santana, Gilberte Lucas, informou que “é inadmissível uma Maternidade Municipal que está atendendo com mais de 20% de sua

O imperdível Festival Beba a Cidade

Feira de Santana vai receber uma importante iniciativa para os apreciadores de cervejas artesanais: o Festival Beba a Cidade, organizado pela feirense Cervejaria Sertões em parceria com o Hotel Ibis/Feira. O evento contará com a presença de 7 cervejarias artesanais, a maioria delas, locais (Brassaria de Vidro, Zartchmann Bier, Dragórnia, Cervejaria Aguste, Bressy Beer, Cervejaria Sméra e Cervejaria Sertões). Além disso, haverá uma palestra sobre mercado cervejeiro (promovida por um colaborador do SEBRAE-BA), atrações musicais, lançamento de cerveja, cardápio gourmet exclusivo do Hotel Ibis, brassagem coletiva (produção de cerveja) e um #TapWall com 8 estilos de cervejas a serem comercializadas

Mais UEFS por uma universidade inclusiva e autônoma

A comunidade acadêmica vai escolher o novo reitor da Uefs nas eleições programas para os dias 1 a 3 de abril. O movimento Mais Uefs participa do processo eleitoral apresentando um projeto que busca consolidar os avanços conquistados pela instituição ao longo dos últimos 12 anos e, ao mesmo tempo, avançar para atender às demandas e às necessidades mais recentes.

Princípios que nortearam as ações da gestão desde 2007 permanecem como elementos-chave: a democracia, a autonomia, a qualidade na produção acadêmica, a transparência e a referência social. A defesa desses princípios é ainda mais essencial no cenário atual, quando as instituições públicas de ensino superior estão sofrendo ataques sistemáticos.

Ao longo de 12 anos a Uefs obteve conquistas importantes, como a ampliação das atividades de ensino, pesquisa e extensão, a promoção da inclusão com o sistema de cotas e a assistência estudantil, além de conquistas importantes para os servidores – docentes e técnico-administrativos – como promoções, progressões, ações de capacitação e ampliação na concessão de bolsas.

O País vive um momento político turbulento e o brasileiro está conhecendo os riscos de apostar em aventuras. Esse momento delicado exige de quem se dispõe a conduzir a Uefs disposição para o diálogo, respeito às instituições e à democracia, experiência gerencial comprovada e compromisso com a educação pública, gratuita e de qualidade. Essas virtudes se somam à defesa incansável da instituição.

É o que o movimento Mais Uefs apresenta, com a candidatura do professor Evandro do Nascimento Silva para mais um mandato como reitor e da professora Amali Mussi como vice-reitora para o período 2019-2023.

Para os próximos quatro anos o Mais Uefs se propõe a adotar ações inovadoras, sintonizadas com as demandas recentes da instituição e, ao mesmo tempo, preservar as conquistas alcançadas com muita luta por aqueles constroem a instituição.

Nos próximos textos vamos detalhar nossos planos para o período 2019-2023 e também relembrar conquistas e realizações dos últimos 12 anos. Maiores detalhes podem ser conferidos em www.maisuefs.wordpress.com.

***

[As colunas publicadas no Feirenses são de autoria dos respectivos colaboradores do portal, e não representam as ideias ou opiniões do Feirenses].

 

Tags:

Sobre o (a) autor (a):