As Feiras de Feira de Santana

Fartura & Ossos

“Fartura & Ossos” – O novo livro do poeta Silvério Duque

O músico, professor, crítico literário e poeta feirense Silvério Duque acaba de lançar seu novo livro: “Fartura & Ossos”, obra que o autor descreve como sua “lira dos quarent’anos”. O livro, que traz 25 sonetos compostos entre 31 de março de 2018 e 31 de março de 2019, é uma auto-homenagem aos 40 anos de vida do autor. Com desenho de capa do artista plástico Gabriel Ferreira, posfácio de Elpídio Dantas Fonseca e prefácio do próprio autor, com efeito, “Fartura e Ossos”, segundo Elpídio Fonseca, “remete a várias situações descritas em seus sonetos: a superabundância da vida vivida, da qual só

BRT de Feira cada vez mais longe

BRT cada vez mais longe

Com queda no número de passageiros, BRT fica mais longe de ser implantado em Feira Cerca de 10% da frota do transporte público de Feira de Santana deixou de circular, devido à queda no número de passageiros. Trabalhadores do setor também foram demitidos. Associação alertou a pouca demanda de passageiros para a implantação do BRT Em agosto de 2015, a Associação Feirense de Engenheiros (AFENG), apresentou parecer técnico sobre o resultado da análise do “Sistema BRT Feira de Santana” e alertou sobre o volume de passageiros no momento mais crítico do dia, cerca de 5 mil passageiros por hora/sentido. Mas

Banda Calafrio

“Hiato”, o novo single da banda feirense Calafrio

“Um estado de ceticismo quase que total, ausência de sentidos e porquês, um momento de niilismo. O pensamento vagueia pela morte mas em busca de vida”, descreve o guitarrista Pedro Patrocínio, se referindo à letra de “Hiato”, o segundo single de seu novo EP. “A existência dessa canção se dá num momento de reclusão, numa jornada solitária com um pouco de autodestruição e muito de autoconhecimento”, explica o músico. “Hiato” é uma das cinco faixas do EP homônimo que a banda irá lançar até o final deste ano. Em setembro, eles apresentaram ao público o single “Primitivos”, que também ganhou um videoclipe, disponível no

Ícaro Irvin

O novo Procurador do Município

Colbert indica o novo Procurador do Município Ícaro Ivvin, atual superintendente do Procon, foi indicado pelo prefeito Colbert Martins, para ocupar a Procuradoria Geral do Município, no lugar de Cleudson Almeida. O nome de Ícaro foi aprovado na última quarta-feira (23), em votação unânime, pela Câmara Municipal de Feira de Santana. E quem vai assumir o Procon? O prefeito informou que vai convidar Cleudson Almeida para assumir o Procon, quando retornar de Brasília. Vereadores criticam o presidente Jair Bolsonaro Em pronunciamento, na sessão ordinária da última quarta-feira (23), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o edil Carlito do Peixe

A “meia década” perdida da Saúde em Feira

A “meia década” perdida da Saúde em Feira

Os repasses para a Saúde em Feira de Santana tiveram leve elevação em relação aos anos anteriores, nos primeiros nove meses de 2019. O problema é que a base anterior é modesta, decorrente da prolongada crise econômica que abalroou o País – e as contas públicas – a partir de meados de 2014. Desde janeiro, foram aportados R$ 144,5 milhões em transferências obrigatórias e voluntárias. Os dados são do Portal da Transparência e referem-se, em toda a análise, aos nove primeiros meses de cada ano. A correção ocorreu com base no Índice de Preço ao Consumidor Amplo, o IPCA. Ano

Mais UEFS por uma universidade inclusiva e autônoma

A comunidade acadêmica vai escolher o novo reitor da Uefs nas eleições programas para os dias 1 a 3 de abril. O movimento Mais Uefs participa do processo eleitoral apresentando um projeto que busca consolidar os avanços conquistados pela instituição ao longo dos últimos 12 anos e, ao mesmo tempo, avançar para atender às demandas e às necessidades mais recentes.

Princípios que nortearam as ações da gestão desde 2007 permanecem como elementos-chave: a democracia, a autonomia, a qualidade na produção acadêmica, a transparência e a referência social. A defesa desses princípios é ainda mais essencial no cenário atual, quando as instituições públicas de ensino superior estão sofrendo ataques sistemáticos.

Ao longo de 12 anos a Uefs obteve conquistas importantes, como a ampliação das atividades de ensino, pesquisa e extensão, a promoção da inclusão com o sistema de cotas e a assistência estudantil, além de conquistas importantes para os servidores – docentes e técnico-administrativos – como promoções, progressões, ações de capacitação e ampliação na concessão de bolsas.

O País vive um momento político turbulento e o brasileiro está conhecendo os riscos de apostar em aventuras. Esse momento delicado exige de quem se dispõe a conduzir a Uefs disposição para o diálogo, respeito às instituições e à democracia, experiência gerencial comprovada e compromisso com a educação pública, gratuita e de qualidade. Essas virtudes se somam à defesa incansável da instituição.

É o que o movimento Mais Uefs apresenta, com a candidatura do professor Evandro do Nascimento Silva para mais um mandato como reitor e da professora Amali Mussi como vice-reitora para o período 2019-2023.

Para os próximos quatro anos o Mais Uefs se propõe a adotar ações inovadoras, sintonizadas com as demandas recentes da instituição e, ao mesmo tempo, preservar as conquistas alcançadas com muita luta por aqueles constroem a instituição.

Nos próximos textos vamos detalhar nossos planos para o período 2019-2023 e também relembrar conquistas e realizações dos últimos 12 anos. Maiores detalhes podem ser conferidos em www.maisuefs.wordpress.com.

***

[As colunas publicadas no Feirenses são de autoria dos respectivos colaboradores do portal, e não representam as ideias ou opiniões do Feirenses].

 

Tags:

Sobre o (a) autor (a):