As Feiras de Feira de Santana

Centro de Abastecimento de Feira de Santana

O Centro de Abastecimento vai ser privatizado?

De acordo com o líder do governo na Câmara Municipal, vereador Marcos Lima (Patriota), vários empresários querem administrar o Centro de Abastecimento de Feira de Santana. A informação foi repassada durante a sessão desta terça-feira (13), na Casa da Cidadania, ao responder acusações do vereador Roberto Tourinho.   Abandonado Tourinho disse que a situação do Centro de Abastecimento é de abandono, e elencou os seguintes problemas: lixo, mau cheiro, escuridão, tráfico de drogas, prostituição, lama e até homicídios ocorrem no local. Cheiro de Privatização De acordo com Tourinho, o poder público municipal não faz absolutamente nada, diante de tantos problemas:

Cantoras negras feirenses

Cantoras negras são destaque na música de Feira de Santana

Um olhar cuidadoso sobre as expressões musicais em Feira de Santana torna obrigatório reconhecer o fundamental protagonismo das mulheres em nossa música. Para começar, Feira de Santana é uma das poucas cidades do Brasil que tem seu hino composto por uma mulher: Georgina Erismann, no início do século XX, fez o “Hino a Feira”, numa época em que a mulher sequer tinha direito a voto. Uma das mais tradicionais expressões culturais de Feira de Santana, reconhecida internacionalmente, é capitaneada por uma mulher: Dona Chica do Pandeiro é a matriarca da Quixabeira da Matinha, exercendo um papel de liderança que remonta

OzÉbrios

Grupo feirense OzÉbrios estreia no projeto “Samba da Tarde”

Feira de Santana ganha, a partir deste sábado (10) mais um espaço de apreciação do samba: o Container Mall, com o projeto “Samba da Tarde”. Promovido pela Cervejaria Sertões, a iniciativa apresentará o grupo de samba OzÉbrios, comandado pelo cantor e compositor Rafael Damasceno. O projeto visar ocupar as tardes de sábado do Container Mall com o mais puro ritmo do samba raiz. O grupo OzÉbrios receberá convidados celebrando a junção do melhor do samba, dos sabores (dos petiscos) e das cervejas (artesanais), como elementos de entretenimento e opção de lazer na cidade. Além da Cervejaria Sertões, e o Container

Amanda Magalhães - The Voice - Feira

Amanda Magalhães, a feirense que está no The Voice Brasil 2019

Feira de Santana está mais uma vez no The Voice Brasil. Após o sucesso da feirense Paula Sanffer, que participou do programa global em 2015, e hoje é vocalista da Timbalada, é a vez da cantora Amanda Magalhães, que foi selecionada para o time da cantora IZA. Além de cantora, Amanda Magalhães é atriz (atuou no filme feirense “Porque eu te amei“), e desde cedo se dedicou ao serviço na Igreja por meio das artes. Participante do elenco de uma companhia de teatro musical cristã, a jovem de 25 anos se descobriu como cantora através dos personagens que interpretou ao

A Nova Lei feirense sobre apreensão de veículos

A Câmara Municipal de Feira de Santana promulgou nesta terça-feira, 06, a Lei Nº 346/2019, de autoria do vereador  Marcos Antonio dos Santos Lima, que dispõe sobre a apreensão de veículos automotores de duas e quatro rodas nas sextas-feiras, sábados, domingos, feriados e no último dia útil que anteceder a feriados em Feira de Santana. Nestes dias, a diária do pátio terá início no primeiro dia útil subsequente. Retirada de itens pessoais A lei ainda dispõe que ao proprietário(a) do veículo automotor comprovado com documento de identificação oficial com foto será permitido retirar os itens pessoais a qualquer momento após

Comida de boteco n.º 2 – Língua de Boi da Serraria Brasil

Dando continuidade à série “comida de boteco”, que fala sobre alguns pratos peculiares da nossa amada Feira, vamos falar hoje sobre um prato bastante incomum, a língua de boi, que, apesar de não aparecer com muita frequência na mesa do brasileiro, possui uma legião de apreciadores. Essa iguaria é uma carne relativamente barata e costuma ser preparada de diversas formas, seja cozida, ao molho, defumada e assada.

A língua em questão é servida numa casinha modesta, de segunda a sexta, a partir das 17:00 horas, localizada no Bairro Serraria Brasil. No estabelecimento não vende-se bebidas, porém, é prática comum entre os fregueses comprar o petisco e dirigir-se ao bar ao lado, conhecido pelos moradores como “Bar do sinuca”, para bebericar enquanto apreciam o prato.

Comida de Boteco: língua de boi

A responsável pelo preparo, Dona Nilde, afirmou que a língua é servida naquele local há cerca de 40 anos, deixando de queixo caído alguns feirenses que moram na cidade há tanto tempo e não conhecem o lugar. Segundo ela, a receita foi criada por sua mãe, Dona Luzia, que não está mais à frente da churrasqueira, mas passou a receita, e o bastão, para ela.

Apesar da aparência não muito agradável, o petisco possui um sabor e uma maciez indescritíveis. Dona Nilde prepara a língua assada na brasa, numa pequena churrasqueira na calçada de casa, tudo ali, ao vivo e a cores. Quanto à receita, ela revelou que, antes de assar, cozinha a língua na panela de pressão e depois usa um tempero secreto, que é seu trunfo, e não o revelaria de jeito algum.

Após o processo a língua é servida em fatias acompanhadas de uma saladinha caseira de tomates, de forma bem simples. E acreditem: basta. A simplicidade trás a tona o sabor todo especial do prato. Pra acompanhar há um molho caseiro, de pimenta vermelha, que apesar de ser bem picante, realça mais ainda o sabor da carne.

Língua de boi

Se você gosta de comida com personalidade não perca tempo e vá conhecer esse prato tradicional da cidade.

Dica: Chegando mais cedo, escolha os pedaços mais “gordos” que são mais suculentos e quase derretem na boca.

Endereço: Rua Geraldo Leite, nº 74, Bairro Serraria Brasil, Feira de Santana – BA


Sobre o (a) autor (a):