As Feiras de Feira de Santana

Centro de Abastecimento de Feira de Santana

O Centro de Abastecimento vai ser privatizado?

De acordo com o líder do governo na Câmara Municipal, vereador Marcos Lima (Patriota), vários empresários querem administrar o Centro de Abastecimento de Feira de Santana. A informação foi repassada durante a sessão desta terça-feira (13), na Casa da Cidadania, ao responder acusações do vereador Roberto Tourinho.   Abandonado Tourinho disse que a situação do Centro de Abastecimento é de abandono, e elencou os seguintes problemas: lixo, mau cheiro, escuridão, tráfico de drogas, prostituição, lama e até homicídios ocorrem no local. Cheiro de Privatização De acordo com Tourinho, o poder público municipal não faz absolutamente nada, diante de tantos problemas:

Cantoras negras feirenses

Cantoras negras são destaque na música de Feira de Santana

Um olhar cuidadoso sobre as expressões musicais em Feira de Santana torna obrigatório reconhecer o fundamental protagonismo das mulheres em nossa música. Para começar, Feira de Santana é uma das poucas cidades do Brasil que tem seu hino composto por uma mulher: Georgina Erismann, no início do século XX, fez o “Hino a Feira”, numa época em que a mulher sequer tinha direito a voto. Uma das mais tradicionais expressões culturais de Feira de Santana, reconhecida internacionalmente, é capitaneada por uma mulher: Dona Chica do Pandeiro é a matriarca da Quixabeira da Matinha, exercendo um papel de liderança que remonta

OzÉbrios

Grupo feirense OzÉbrios estreia no projeto “Samba da Tarde”

Feira de Santana ganha, a partir deste sábado (10) mais um espaço de apreciação do samba: o Container Mall, com o projeto “Samba da Tarde”. Promovido pela Cervejaria Sertões, a iniciativa apresentará o grupo de samba OzÉbrios, comandado pelo cantor e compositor Rafael Damasceno. O projeto visar ocupar as tardes de sábado do Container Mall com o mais puro ritmo do samba raiz. O grupo OzÉbrios receberá convidados celebrando a junção do melhor do samba, dos sabores (dos petiscos) e das cervejas (artesanais), como elementos de entretenimento e opção de lazer na cidade. Além da Cervejaria Sertões, e o Container

Amanda Magalhães - The Voice - Feira

Amanda Magalhães, a feirense que está no The Voice Brasil 2019

Feira de Santana está mais uma vez no The Voice Brasil. Após o sucesso da feirense Paula Sanffer, que participou do programa global em 2015, e hoje é vocalista da Timbalada, é a vez da cantora Amanda Magalhães, que foi selecionada para o time da cantora IZA. Além de cantora, Amanda Magalhães é atriz (atuou no filme feirense “Porque eu te amei“), e desde cedo se dedicou ao serviço na Igreja por meio das artes. Participante do elenco de uma companhia de teatro musical cristã, a jovem de 25 anos se descobriu como cantora através dos personagens que interpretou ao

A Nova Lei feirense sobre apreensão de veículos

A Câmara Municipal de Feira de Santana promulgou nesta terça-feira, 06, a Lei Nº 346/2019, de autoria do vereador  Marcos Antonio dos Santos Lima, que dispõe sobre a apreensão de veículos automotores de duas e quatro rodas nas sextas-feiras, sábados, domingos, feriados e no último dia útil que anteceder a feriados em Feira de Santana. Nestes dias, a diária do pátio terá início no primeiro dia útil subsequente. Retirada de itens pessoais A lei ainda dispõe que ao proprietário(a) do veículo automotor comprovado com documento de identificação oficial com foto será permitido retirar os itens pessoais a qualquer momento após

O Flu de Feira está na Série “D” do Brasileirão. Como funciona o campeonato?

O Fluminense de Feira de Santana foi bem sucedido na estreia da Série D do Campeonato Brasileiro de Futebol, venceu o Itabaiana, de Sergipe. O Touro venceu por 4 a 1, fora de casa, sendo três gols marcados pelo meia Rafael Granja, de 33 anos. Mas, afinal, como funciona a Série “D” do Campeonato Brasileiro?

A divisão de entrada para se chegar à elite do futebol brasileiro tem a participação de 68 clubes, de todas as cinco regiões do Brasil. A região com mais representantes é o Nordeste: 22 equipes. As regiões Sudeste e Norte vêm em seguida, com 14 clubes cada. As regiões Centro-Oeste e Sul têm 9 agremiações representadas.

Pela primeira vez, os clubes participantes já sabiam de sua participação desde o começo da temporada. As vagas foram definidas a partir das colocações conquistadas em seus respectivos estaduais no ano de 2016.

Como é a disputa no Brasileirão da Série D

Fluminense de Feira

Os 68 clubes são divididos em 17 grupos de quatro equipes na primeira fase, cujo sistema será de turno e returno.

Os 17 primeiros e os 15 melhores segundos colocados de cada chave avançam à segunda fase, que será disputada em jogos mata-mata de ida e volta, bem como todas as fases seguintes (oitavas de final, quartas de final, semifinal, final), até ser apurado o campeão brasileiro.

A melhor campanha em todas as fases anteriores definirá o clube como mandante da partida de volta. São critérios de desempate: 1) mais vitórias; 2) melhor saldo de gols; 3) mais gols pró; 4) confronto direto (quando o empate ocorrer entre dois clubes); 5) menos cartões vermelhos; 6) menos cartões amarelos; 7) sorteio.

Os adversários do Fluminense de Feira

Fluminense de Feira

O Fluminense de Feira terá como adversários na fase de grupos os seguintes times:

  • Atlético-PE (que substitui o Serra Talhada-PE, que desistiu de participar da competição);
  • Itabaiana-SE (vice-campeão do Campeonato Sergipano 2016);
  • Campinense-PB (campeão do Campeonato Paraibano 2016).

Os quatro semifinalistas da Série D conquistarão o direito de disputar a Série C de 2018. É o que torcemos que ocorra com o Flu de Feira, que tem sua próxima partida com o Campinense, dia 31 de maio (quarta), às 20h30, no Joia da Princesa.

 

Fotos: Divulgação/Fluminense de Feira


Sobre o (a) autor (a):