Rio Jacuípe

Avenida Presidente Dutra - Feira de Santana

Avenida Presidente Dutra em Feira: origens e modificações históricas

Existe um argumento de autoridade nas cidades brasileiras que sempre é evocado por pessoas que foram as primeiras a povoar determinada localidade. É comum encontrarmos pessoas que normalmente soltam um bom: “quando eu cheguei aqui era tudo mato!”. A frase mais do que nos mostrar que estamos diante de uma pessoa que acompanhou o desenvolvimento daquela rua, avenida, bairro, cidade desde os primórdios. Serve também para nos lembrar que o espaço urbano está em constante modificação: seja pela construção de novas edificações ou pela derrubada de prédios antigos, instalação de iluminação pública, construção de túneis, passarelas, viadutos etc. Sob qualquer

Casarão Froes da Mota

Casarão da Fróes da Motta tem inspiração alemã

Daquilo que ainda resta do rico patrimônio arquitetônico da Feira de Santana se destaca o casarão do intendente Eduardo Fróes da Motta. O imóvel fica na rua General Câmara, aquela que liga as praças Fróes da Motta e Nordestino, no centro da cidade. A construção é antiga e imponente: quem transita ali, pela rua estreita, não deixa de se impressionar com o porte, com os detalhes caprichados, com o padrão difícil de se ver no município, mesmo na primeira metade do século passado. Não é para menos: quem teve a iniciativa da construção foi Agostinho Fróes da Motta, em 1902.

Larissa Rodrigues

Entrevista com Larissa Rodrigues [Feirenses TV]

O debate sobre a representatividade das mulheres vem crescendo em diversos setores da sociedade, principalmente naqueles onde o homem manteve-se hegemônico ao longo da história (notadamente lugares de poder). Na política, por exemplo, o Brasil ostenta a marca de ter apenas 10,5% de mulheres no Congresso Nacional, mesmo tendo uma população 51% feminina. Nas artes o cenário não é diferente: segundo a professora de literatura e feminista feirense Larissa Rodrigues, de um total de publicações no mercado editorial brasileiro, apenas 30% obras são de autoras mulheres. É nesse contexto que surge o projeto “Leia Mulheres”, um projeto que tem como

Três anúncios para um crime

Cine Debate em Feira sobre “Três anúncios para um crime”

No próximo dia 15 de setembro os cinéfilos feirenses terão a oportunidade de participar de um Cine Debate sobre um dos filmes mais prestigiados do ano: “Três anúncios para um crime”, que conta a história de Mildred Hayes (Frances McDormand), que inconformada com a ineficácia da polícia em encontrar o culpado pelo brutal assassinato de sua filha decide chamar atenção para o caso não solucionado alugando três outdoors em uma estrada raramente usada. Veja o trailer do filme:   No Cine Debate, a discussão gira em torno de uma sociedade na qual as relações mostram-se cada vez mais fragilizadas pela vida acelerada, e explana sobre

Fervura Feira Noise

Fervura Feira Noise antecipa o maior Festival de Artes Integradas da Bahia

O Feira Noise – Festival de Artes Integradas, anunciou oficialmente as datas da sua oitava edição, que acontece entre os dias 23 a 25 de novembro, no Centro de Cultura Amélio Amorim, aqui em Feira. Apesar da programação do festival ainda não ter sido divulgada, o Feira Coletivo Cultural, produtora que assina o evento, realiza no próximo dia 7 de setembro a primeira edição do Fervura Feira Noise 2018, com a apresentação de grandes atrações a partir das 21h, no Jhonnie Club (Rua São Domingos). A banda feirense Sofie Jell se junta ao cantor e compositor Balaio, de Vitória da

Feira recebe um dos maiores festivais de teatro infantil do Brasil

A Cooperativa de Teatro para a Infância e Juventude da Bahia – Cia. Cuca de Teatro promove a 9ª edição do Festival Nacional de Teatro Infantil de Feira de Santana (Fenatifs), no período de 1º a 12 de outubro de 2016. Na semana da criança, grupos de todo o país realizarão mais de cinquenta apresentações de espetáculos teatrais, mostras e diversas expressões de linguagens voltadas para a infância e juventude, nos principais teatros da cidade de Feira de Santana, incluindo distritos, bairros e região metropolitana.

Os ingressos são vendidos no valor de R$ 30,00 (inteira) e R$15,00 (meia promocional para todos). Gratuito, mediante agendamento, para a rede pública de ensino e instituições. Os contatos para agendamentos de grupos podem ser feitos pelo: fenatifs.agendamento@gmail.com e as inscrições para as atividades paralelas (palestra, oficinas, workshops) podem ser realizadas através do e-mail fenatifs.atividadesparalelas@gmail.com. Outras informações pelo site: www.ciacucadeteatro.com.br ou pelo telefone (75) 3491-8992.

O evento se diferencia por oferecer uma programação direcionada ao público infantil, além de viabilizar espaço e oportunidades para grupos de artistas que trabalham com espetáculos voltados ao público infanto-juvenil. “O Fenatifs é um espaço de oportunidades, que tem como objetivo movimentar, valorizar, debater e desenvolver o teatro para a infância e juventude.  No Brasil, são raros os festivais direcionados ao público infanto-juvenil. A iniciativa consolida a Bahia como polo de difusão e referência do teatro infantil brasileiro”, comenta Henrique Motté, diretor de produção do festival.

O 9º Fenatifs tem apoio financeiro do Governo do Estado da Bahia, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia, através do Edital Eventos Calendarizados 2013 – 2015 (prorrogado para 2016 através da Portaria 220 de 24 de novembro de 2015 da Secult – BA) e apoio institucional da Universidade Estadual de Feira de Santana, através do Centro Universitário de Cultura e Arte – Cuca.

Início da programação – Palestra com Lydia Hortélio

Fenatifs 2016

Um convite ao resgate da criança interior, o Fenatifs inicia sua programação na semana da criança, no dia 1º de outubro, às 8 horas no Teatro do Cuca em Feira de Santana, com uma palestra da etnomusicóloga e educadora Lydia Hortélio – A Criança Nova… Criança Eterna… O evento vai apresentar imagens da cultura infantil através dos tempos, traçando paralelos com o Brasil contemporâneo.

Durante a palestra, Lydia Hortélio aborda a representação da criança na arte dos povos: pinturas, desenhos, gravuras, esculturas, poemas, aforismas, cantigas, brinquedos e fotos de crianças brincando. “Percorremos os tempos através de um grande acervo, levantados em museus, de várias partes do mundo. Temos imagens de dois mil anos antes de Cristo, brinquedos de crianças na Pérsia. Não se sabe o que é criança. Hoje estamos acostumados a ver imagens de crianças na escola, como se elas fossem seres que precisam ser preenchidos, como uma tábua rasa. Estamos esquecidos da criança, a beleza, o encanto, a graça. O momento é uma reflexão sobre o que é infância, através da exposição de imagens da criança ainda nova”, comenta Lydia Hortélio.

Abertura Oficial

Um Cortejo de Artistas, com muito teatro, circo e samba de roda, marca a abertura oficial da 9ª edição do Fenatifs, no dia 03 de outubro, às 14 horas, com saída do Centro de Cultura Amélio Amorim. Artistas representando grupos de vários estados percorrerão, em trenzinhos, Mini Trio e veículos, a avenida Presidente Dutra com destino a Avenida Getúlio Vargas. Além da anfitriã do Fenatifs, a Cia. Cuca de Teatro (FSA), a Turma do Biribinha (AL), Cia Arte e Riso (Umarizal-RN), Cia Boto Vermelho (RJ), Grupo Estação de Teatro (RN), Palhaço Tziu (BA) e Grupo Quixabeira da Matinha (BA) são alguns dos grupos que participarão do evento.

A primeira parada no centro da cidade será na Praça J. Pedreira. No local, acontecerão apresentações da Cia Arte e Riso (RN) e do palhaço Tziu (BA). Na sequência, o cortejo seguirá para o Mercado de Arte Popular, onde será finalizado com as apresentações da Turma do Biribinha (AL), do Grupo Estação de Teatro (RN) e do samba de roda do Grupo Quixabeira da Matinha (BA), um momento de festa com a participação de toda a comunidade. Para fechar as atividades do dia 03, será realizado o 1º COFFEENATIFS. O encontro irá reunir grupos para uma troca de experiências e saberes sobre a produção cultural para crianças e adolescentes.

Recorde de Inscrições e Formato do Fenatifs

Esta edição do evento teve recorde de inscrições. Ao todo, 169 espetáculos, de 15 estados brasileiros mais o Distrito Federal, manifestaram interesse em participar do festival, que tem a programação dividida em quatro mostras: Nacional, Interior do Nordeste, Jovens Talentos e Talentos Mirins. O número representa o dobro das inscrições realizadas em 2015.

Em suas últimas edições, o Fenatifs atingiu um público de mais de 15 mil pessoas, sendo assistido de 2008 a 2015 por mais de 100 mil pessoas. “A procura pelo Festival tem sido cada vez maior. As escolas das redes pública e particular de Feira de Santana e Região já incluíram no seu calendário escolar a participação dos seus alunos no Fenatifs. Além disso, cresce cada vez mais o número de solicitações e pré-reservas das escolas de cidades vizinhas que almejam levar os seus alunos ao Festival”, ressalta Elizete Destéffani, Coordenadora Geral do Fenatifs.

Programação completa

FENATIFS 2016

 

FENATIFS 2016

 

FENATIFS 2016

 

FENATIFS 2016

 

FENATIFS 2016

 

FENATIFS 2016

 

FENATIFS 2016

 

FENATIFS 2016

 

FENATIFS 2016

 

FENATIFS 2016

 

FENATIFS 2016

 

Veja mais sobre a programação do 9º Fenatifs aqui!

 

 


Sobre o (a) autor (a):