Rio Jacuípe

Porque eu te amei

O que ‘Porque eu te amei’ tem a falar sobre Feira?

Já passado alguns meses do lançamento do filme feirense de Tiago Rocha, que gerou assunto durante um bom tempo e lotou praticamente todas as sessões enquanto esteve em exibição, o longa, embora já fora dos cinemas, ainda tem muito que falar. E não me refiro exclusivamente aos temas abordados no enredo. Como violência doméstica, abuso, estupro etc. Mas, também, sobre o nosso olhar sobre Feira. Porque eu te amei é uma espécie de grito da classe artística feirense. Uma produção independente, envolvendo profissionais e entusiastas da cidade, lançada por aqui de maneira honrada e reconhecida – principalmente por quem duvidou.

Irving São Paulo

O ator feirense Irving São Paulo

Provavelmente você conhece o rosto do ator Irving São Paulo, filho de um histórico cineasta brasileiro, Olney São Paulo. Irving, nascido em Feira de Santana, estrelou grandes novelas brasileiras, a exemplo de “Bebê a bordo”, “Mulheres de Areia”, “A Viagem” e “Torre de Babel”. Irving nasceu em 26 de outubro de 1964, em Feira, onde iniciou a atuar em peças de teatro. Faleceu precocemente, aos 41 anos de idade, vítima de pancreatite necro-hemorrágica. Recentemente o Vídeo Show dedicou uma edição do quadro “Memória Nacional” ao ator feirense, mostrando sua trajetória e múltiplos talentos (em especial a música):   A seguir,

Jogo de Nonô

O jogo de Nonô

“Tira a mão do ovo, Nonô!”, protesta Toinho Cabeção quando o coroa de 86 anos chega para almoçar. É assim todo início de mês: Nonô chega na lanchonete do Centro Mandacaru apoiando uma mão na bengala e a outra oscilando entre o bolso e algumas coçadinhas no meio da calça. Ele não terceiriza o saque da aposentadoria, tanto por vigilância orçamentária quanto por deleite ritualístico: após ir ao banco, compra os remédios do mês, apara o cabelo que lhe resta e arrisca tornar-se milionário nos seis números da mega. “Jogar na mega pra onde, Nonô? Vai gastar esse milhão com

Colbert e Targino

Targino e Colbert trocam farpas

Sem informação Após a população do Conjunto Viveiros realizar uma manifestação por conta da falta de médico no Posto de Saúde da localidade, o prefeito Colbert Martins disse o seguinte: “não tinha informação que o posto médico do Viveiros estava tanto tempo (cerca de sete meses) sem médico”. Targino cobra afastamento da Secretária de Saúde e do Procurador do município O Deputado Estadual Targino Machado (DEM), durante pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa da Bahia, nesta terça-feira, 21, cobrou do prefeito de Feira de Santana, o afastamento da Secretária Municipal de Saúde, Denise Mascarenhas, e do Procurador do município, Cleudson

Roberto Mendes

Roberto Mendes faz show na Cidade da Cultura

Um dos maiores artistas que a Bahia produziu estará em Feira de Santana na próxima quinta-feira: o cantor, compositor e ativista santamarense Roberto Mendes faz show na Cidade da Cultura, um dos principais espaços culturais de Feira de Santana. Mendes apresentará um show com tema caro a Feira de Santana: “A chula do Recôncavo com o Canto do Sertão”. Situada entre o Recôncavo e o Sertão, Feira tem a oportunidade de se reconhecer na apresentação de um notável defensor do Samba da Bahia, e do Samba antes do Samba, como ele diz, se referindo à Chula. Ele caracteriza a Chula

Feira (A)notada: Feira sem Correria, BRT Camarim e outras notas

A partir de hoje o Feirenses conta com a colaboração do blogueiro Igor Freitas, através da coluna “Feira (A)notada”, que traz fatos do cotidiano político e popular de Feira de Santana, para que o leitor saiba de maneira direta sobre acontecimentos e movimentos que ocorrem na cidade.

Feira sem Correria I

As poucas obras do Governo do Estado em Feira de Santana, não ocorrem no mesmo ritmo do que na capital. Por exemplo, a obra da Lagoa Grande até hoje não foi finalizada. Diariamente a população do entorno da lagoa reclama do esgoto jogado nas ruas, da buraqueira, da falta de iluminação e da insegurança na região.

Feira sem Correria II

Há exatos cinco anos, a Ascom do Deputado Estadual Zé Neto, distribuiu uma nota informando que Feira de Santana tinha sido contemplada com a construção de uma quadra coberta com vestiário. O novo equipamento seria construído na Escola Estadual Eraldo Tinoco de Mello, na Rua Senador Quintino, bairro Eucalipto. Chegaram a colocar placa e iniciar as obras, mas hoje só restou a estrutura metálica para a cobertura enferrujada.

A estação do BRT virou Camarim

A última previsão de entrega do BRT era para o final deste ano. Tudo indica que será mais uma vez adiado. Enquanto isso, a Estação localizada no Espaço Marcus Moraes, na Av. Getúlio Vargas, está sendo utilizada como camarim para os artistas que se
apresentam no palco do Natal Encantado.

Insatisfação com o Prefeito

Diante da solicitação do vereador Edvaldo Lima (PP), nesta segunda (10), de substituição do líder do governo na Câmara, o vereador Luís Augusto Lulinha (DEM) se defendeu declarando que “a insatisfação não é com o líder do governo, é com o prefeito”.

Poça antiga

Na manhã desta terça-feira (11), moradores realizaram uma manifestação na Rua Artêmia Pires, no bairro SIM. Eles estão cobrando da Prefeitura uma solução para o alagamento da Rua Itaciquara. No local há uma grande poça d’água dificultando a passagem de carros, motos e pedestres. Segundo os moradores, o problema é antigo e há anos cobram uma providência do poder público.

Pacote de obras

O vereador Marcos Lima (PRP), nesta segunda (10), questionou à liderança do Governo na Câmara Municipal se vai ter pacote de obras no final do ano, “já que é um governo de continuidade”, disparou o vereador. Pelo jeito, a relação do prefeito com a base no legislativo não é a das melhores.

Feira sem Ministro

Já o vereador Roberto Tourinho (PV) lembrou que o ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo de Carvalho, não foi nomeado ministro do governo do presidente eleito Jair Bolsonaro, como especulado durante a campanha eleitoral deste ano nas mídias sociais.

***

[As colunas publicadas no Feirenses são de autoria dos respectivos colaboradores do portal, e não representam as ideias ou opiniões do Feirenses].


Sobre o (a) autor (a):