Rio Jacuípe

Alcina Dantas

Alcina Gomes Dantas: a primeira mulher radialista de Feira

É indiscutível a tradição do radiojornalismo em Feira de Santana, que há décadas leva entretenimento, informação e cultura aos feirenses através das diversas emissoras na cidade. Na história do rádio feirense, é fundamental destacar a importância de Alcina Gomes Dutra, a primeira mulher radialista de Feira de Santana. Nascida em Itaberaba, em 30 de setembro de 1895, Alcina aprendeu música e canto com o pai, Roberto Lídio Dantas. Tocava piano, violino e violão. Com sua veia artística, fundou o programa radiofônico “Brasil de Amanhã”, na Rádio Cultura, que objetivava descobrir talentos musicais adultos e infantis. A escritora Neuza de Brito

Feira Noise Festival 2018

A programação completa do Feira Noise Festival 2018

O Feira Noise Festival divulgou as atrações que se apresentarão em sua oitava edição. O evento acontece entre os dias 23 a 25 de novembro, no Centro de Cultura Amélio Amorim, em Feira de Santana (BA). Mais de 30 bandas e artistas estão confirmados, entre eles importantes nomes da música brasileira contemporânea como Attoxxa, Boogarins, Drik Barbosa, Eddie, Letrux e Scalene. Da cena local, se destacam nomes como Iorigun, Roça Sound e Clube de Patifes. “O Feira Noise é um sonho que a gente realiza por etapas, ano a ano vamos trazendo atrações que tem uma história mais longa na

Quixabeira da Matinha em Portugal

Quixabeira da Matinha realizará apresentação em Lisboa

O grupo cultural Quixabeira da Matinha estará entre os dias 25 e 27 de outubro, em Oeiras, divisão administrativa de Lisboa, Portugal, realizando apresentações no evento “Semana Cultural da Bahia”, organizado pela Associação Luso Afro Cultural Brasileira Muxima. Dentre as atividades previstas estão o show temático “Quilombo, luta e resistência”, a ser apresentado com cerca de 2 horas de duração, com repertório próprio e homenageando outros artistas da cultura popular. Além disso, os integrantes também realizarão oficinas de samba de roda e de percussão a fim de popularizar ao público português a identidade musical do samba rural. A Quixabeira da

O golpista da Kalilândia

O golpista da Kalilândia

Era noite de 8 de maio de 1964 em Feira de Santana, sexta-feira. Num dia comum, àquela hora, quase meia-noite, Raimundo já teria vestido o pijama listrado e colocado cuidadosamente os chinelos no centro da lateral direita da cama – parte do rigoroso método que cumpria antes de dormir. Naquela sexta, o entusiasmo permitia-lhe descumprir o costume e sentir o fervor da vitória, um passo veemente de Feira rumo à civilização. A comemoração de Raimundo consistia em limpar cuidadosamente o Smith & Wesson herdado do avô. Um ato fora de hora, extraordinário, já que o fazia diariamente pela manhã, antes do

Coreto da Praça Froes da Motta

Coreto da Froes da Motta vai completar 100 anos

Depois de construir o casarão que hoje abriga a Fundação Cultural Egberto Costa, em 1902, o intendente Agostinho Froes da Motta determinou, em 1919, a construção do coreto na atual praça Froes da Motta. Até hoje a construção subsiste, contracenando com as palmeiras imperiais que vão, aos poucos, morrendo, e com os oitizeiros frondosos que abrigam incontáveis pardais que chilreiam de maneira incessante nos inícios de manhã e fins de tarde. Ano que vem – vale ressaltar – o coreto completa um século. A descrição do equipamento está em publicação do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia, o

Feira Noise começa nesta quinta

Começa nesta quinta-feira (24) e prossegue até o próximo domingo (26), a sétima edição do Festival Feira Noise. O evento é promovido pelo Feira Coletivo Cultural e contará com apresentações musicais de artistas de todo o Brasil,  além de espetáculos de dança, rodas de conversa, intervenções de artes visuais e outras atividades.

Maior festival independente da Bahia, o Feira Noise será aberto na quinta, às 19 horas, no teatro do Centro de Cultura Amélio Amorim, com a palestra Delírios Utópicos, proferida pelo teórico da contracultura e pensador contemporâneo Cláudio Prado, colunista da Mídia Ninja.

Também teremos no primeiro dia do evento a apresentação do projeto “Trilha Sonora pra criar Cabras”, com o poeta Zecalu e o DJ Brenus Tsokas. A entrada nesta data será gratuita.

Entre sexta-feira e domingo, as apresentações musicais e demais atividades da programação serão realizadas no Teatro de Arena. Na sexta (24), os portões estarão abertos a partir das 18 horas, no sábado (25), a programação será iniciada às 14 horas e no domingo (26), a partir das 13 horas.

ATRAÇÕES

Com um line-up mais sólido e plural a cada ano, o Feira Noise 2017 contará com shows de bandas já consolidadas no cenário musical, como Dead Fish (ES), Maglore (BA) e Selvagens à Procura de Lei (CE) e grupos mais novos que tem se destacado em todo o país, como The Baggios (SE), Ventre  (RJ) e Deb and The Mentals (SP).

Feira Noise Festival

Entre os nomes baianos, temos atrações também estabelecidas no contexto nacional (Larissa Luz, Canto dos Malditos na Terra do Nunca e Pedro Pondé), bandas independentes com boa rodagem (Novelta e Clube de Patifes) e novas apostas locais (Iorigun, Sofie Jell e Tripulação 14).

TENDA BLACK E MAIS

A programação da Tenda Black, espaço já tradicional no Feira Noise, contará com o grupo Roça Sound (sexta), Dj Larry (sábado) e Rádio Livre, com Don Guto e Brenus Tsokas (domingo). O DJ Big Bross fará participações especiais durante os três dias.

O Grafitti vai uma vez terá destaque no festival. Teremos Live Paiting com os grafiteiros feirenses Kbça Grafitti e Charles Mendes e com a paraibana Witch, que também é integrante da banda Sinta a Liga Crew.

Para este ano, a Feira Gastronômica está turbinada e contará com parceiros que vão garantir uma super variedade de opções de alimentação. Vai ter Spetto Nômade, Cantinho do Sabor, Rei do Beiju, Gastrono Burger, Arcana Temaki, Cervejaria Sertões, Creperia Paris e a Sim, tem Acarajé.

Também está garantida mais uma vez a Feira Camelô 2.0 com muito mais opções de produtos em comparação com outras edições do Feira Noise.

Confira a programação completa:


Mesa de abertura –
 Teatro Amélio Amorim – 23/11
Palestra: Delírios Utópicos de Cláudio Prado
Show: Trilha Sonora pra Criar Cabras

Arena Amélio Amorim – Sexta-feira – 24/11
Abertura dos portões – 18 horas – TENDA BLACK
19h00 Tripulação 14 (BA)
19h45 Santini e Trio (BA)
20h30 Sinta a Liga Crew (PB)
21h15 Selvagens à Procura de Lei (CE)
22h10 The Baggios (SE)
23h05 Africania (BA)
00h00 Larissa Luz (BA)

Arena Amélio Amorim – Sábado – 25/11

Rodas de Conversa – 10 horas – Amélio Amorim
“Festivais independentes. Quem banca essa festa”?
“Feminismos e Ativismos”

Abertura dos portões – 14 horas – TENDA BLACK
15h00 Sofie Jell (BA)
15h45 Ronco (BA)
16h30 Barro (PE)
17h25 Iorigun (BA)
18h20 Ventre (RJ)
19h15 Mombojó (PE)
20h10 Mad Monkees (CE)
21h05 Belzeblues (BA)
22h00 Novelta (BA)
23h00 Maglore (BA)
00h30 Dead Fish (ES)

Arena Amélio Amorim – Domingo – 26/11
Abertura dos portões – 13 horas – TENDA BLACK
14h30 Kareen Mendes (BA)
15h15 Opanijé (BA)
16h20 Deb and The Mentals (SP)
17h15 Canto dos Malditos na Terra do Nunca (BA)
18hoo Clube de Patifes (BA)
18h55 André Prando (ES)
19h50 Achiles (BA)
20h45 Roça Sound (BA)
21h40 Dingo Bells (RS)
22h35 Pedro Pondé (BA)

RECAPITULANDO…

O QUÊ: Festival Feira Noise
QUEM: Mais de 30 atrações de música e dança, além de rodas de conversa, grafitti, debates e muito mais
QUANDO: De 23 a 26 de novembro de 2017
ONDE: Centro de Cultura Amélio Amorim, localizado na Avenida Presidente Dutra, nº 2222 – Bairro Capuchinhos – Feira de Santana – Bahia

INGRESSOS: Quinta, dia 23, acesso gratuito e de sexta à domingo, a inteira custa R$ 40,00 e a meia R$ 20,00. Passaporte para todos os dias: R$ 90,00 (inteira) e R$ 45,00 (meia).

PRA SABER MAIS: www.feiranoisefestival.com.br


Sobre o (a) autor (a):