As Feiras de Feira de Santana

Venezuelanos em Feira de Santana

A história de dois Venezuelanos em Feira de Santana

Quem tem andado pelas ruas de Feira de Santana nos últimos anos nota o aumento da quantidade de pedintes e vendedores informais nas sinaleiras da cidade – consequência óbvia do deserto econômico por que passa o país. Peregrinando entre os carros, na esperança de que um vidro se abra e uma mão se estenda, essas pessoas buscam o sustento básico da família, a ajuda para a compra de um remédio ou a fralda para um filho. Na cidade-entroncamento, não é de espantar que muitos desses habitantes das encruzilhadas sejam de fora do município, do estado e do país. É o

Casarão dos Olhos D'Água

Casarão Olhos D’Água será reformado

A Prefeitura Municipal de Feira de Santana irá reformar o Casarão Olhos D’Água, situado na Rua Dr. Araújo Pinho. O valor da reforma foi orçado em R$ 331.657,38 e a empresa contratada, através de dispensa de licitação, foi a CLAP Construtora Ltda (Diário Oficial de 17 de julho). Recomendação do MP-BA O Ministério Público Estadual, por meio da promotora de Justiça Luciana Machado dos Santos Maia, expediu em dezembro do ano passado, recomendação ao diretor-presidente da Fundação Municipal de Tecnologia, Telecomunicações e Cultura Egberto Tavares Costa (Funtitec), Antonio Carlos Daltro Coelho, para que promovesse as medidas emergenciais necessárias à manutenção,

Feira Hippie dos Olhos D'Água

UEFS receberá a II Feira Hippie dos Olhos D’Água

Criada em 2016, a Feira Hippie dos Olhos D’Água aconteceu pela primeira vez durante a Semana Nacional do Livro e da Biblioteca, realizada anualmente no mês outubro, na Biblioteca Central Julieta Carteado, no Campus da UEFS. Na ocasião, o evento principal tinha como tema Sustentabilidade e Meio Ambiente, e a Feira Hippie, idealizada por Paulo Fabrício Reis e Raquel Kuwer, surgiu como um adendo, estabelecendo uma relação direta com a temática, uma vez que foram priorizados expositores com trabalhos artesanais, ou que trabalhavam com esse enfoque. O nome da Feira Hippie é uma homenagem à cidade de Feira de Santana,

O pintor feirense Cesar Romero

O pintor feirense Cesar Romero

Quem acompanha o cenário das artes plásticas da Bahia certamente já ouviu falar ou já se deparou com alguma obra do pintor Cesar Romero. O que nem todos sabem é que o artista plástico autor das “Faixas Emblemáticas” é feirense, nascido em 1950. “Dois fatos foram determinados em minha formação de artista plástico: a convivência com as feiras livres, sempre às segundas-feiras, em companhia do meu pai, e a criação do Museu Regional de Feira de Santana. Se eu tivesse nascido em outra cidade, muito provavelmente não haveria o artista que sou, nem esta obstinada escolha de brasilidade. Feira de

Quanto custa a Câmara de Vereadores de Feira de Santana?

Quanto custa a Câmara de Vereadores de Feira?

A Câmara de Vereadores é uma instituição importantíssima para qualquer município. Suas cadeiras são ocupadas pelos representantes políticos mais próximos à comunidade: os vereadores, eleitos principalmente pela capacidade de interlocução e liderança em determinados bairros e comunidades. Além de levar demandas da comunidade ao Poder Executivo, mantendo diálogo permanente com secretários, superintendentes e outros gestores, o vereador deve cumprir o papel fiscalizador das ações e decisões emanadas do Prefeito. Sem falar no papel de legislador e promotor de debates sobre temas de interesse da comunidade, fazendo com que os munícipes tenham participação ativa nas políticas públicas. Quanto mais os vereadores

Feira Noise começa nesta quinta

Começa nesta quinta-feira (24) e prossegue até o próximo domingo (26), a sétima edição do Festival Feira Noise. O evento é promovido pelo Feira Coletivo Cultural e contará com apresentações musicais de artistas de todo o Brasil,  além de espetáculos de dança, rodas de conversa, intervenções de artes visuais e outras atividades.

Maior festival independente da Bahia, o Feira Noise será aberto na quinta, às 19 horas, no teatro do Centro de Cultura Amélio Amorim, com a palestra Delírios Utópicos, proferida pelo teórico da contracultura e pensador contemporâneo Cláudio Prado, colunista da Mídia Ninja.

Também teremos no primeiro dia do evento a apresentação do projeto “Trilha Sonora pra criar Cabras”, com o poeta Zecalu e o DJ Brenus Tsokas. A entrada nesta data será gratuita.

Entre sexta-feira e domingo, as apresentações musicais e demais atividades da programação serão realizadas no Teatro de Arena. Na sexta (24), os portões estarão abertos a partir das 18 horas, no sábado (25), a programação será iniciada às 14 horas e no domingo (26), a partir das 13 horas.

ATRAÇÕES

Com um line-up mais sólido e plural a cada ano, o Feira Noise 2017 contará com shows de bandas já consolidadas no cenário musical, como Dead Fish (ES), Maglore (BA) e Selvagens à Procura de Lei (CE) e grupos mais novos que tem se destacado em todo o país, como The Baggios (SE), Ventre  (RJ) e Deb and The Mentals (SP).

Feira Noise Festival

Entre os nomes baianos, temos atrações também estabelecidas no contexto nacional (Larissa Luz, Canto dos Malditos na Terra do Nunca e Pedro Pondé), bandas independentes com boa rodagem (Novelta e Clube de Patifes) e novas apostas locais (Iorigun, Sofie Jell e Tripulação 14).

TENDA BLACK E MAIS

A programação da Tenda Black, espaço já tradicional no Feira Noise, contará com o grupo Roça Sound (sexta), Dj Larry (sábado) e Rádio Livre, com Don Guto e Brenus Tsokas (domingo). O DJ Big Bross fará participações especiais durante os três dias.

O Grafitti vai uma vez terá destaque no festival. Teremos Live Paiting com os grafiteiros feirenses Kbça Grafitti e Charles Mendes e com a paraibana Witch, que também é integrante da banda Sinta a Liga Crew.

Para este ano, a Feira Gastronômica está turbinada e contará com parceiros que vão garantir uma super variedade de opções de alimentação. Vai ter Spetto Nômade, Cantinho do Sabor, Rei do Beiju, Gastrono Burger, Arcana Temaki, Cervejaria Sertões, Creperia Paris e a Sim, tem Acarajé.

Também está garantida mais uma vez a Feira Camelô 2.0 com muito mais opções de produtos em comparação com outras edições do Feira Noise.

Confira a programação completa:


Mesa de abertura –
 Teatro Amélio Amorim – 23/11
Palestra: Delírios Utópicos de Cláudio Prado
Show: Trilha Sonora pra Criar Cabras

Arena Amélio Amorim – Sexta-feira – 24/11
Abertura dos portões – 18 horas – TENDA BLACK
19h00 Tripulação 14 (BA)
19h45 Santini e Trio (BA)
20h30 Sinta a Liga Crew (PB)
21h15 Selvagens à Procura de Lei (CE)
22h10 The Baggios (SE)
23h05 Africania (BA)
00h00 Larissa Luz (BA)

Arena Amélio Amorim – Sábado – 25/11

Rodas de Conversa – 10 horas – Amélio Amorim
“Festivais independentes. Quem banca essa festa”?
“Feminismos e Ativismos”

Abertura dos portões – 14 horas – TENDA BLACK
15h00 Sofie Jell (BA)
15h45 Ronco (BA)
16h30 Barro (PE)
17h25 Iorigun (BA)
18h20 Ventre (RJ)
19h15 Mombojó (PE)
20h10 Mad Monkees (CE)
21h05 Belzeblues (BA)
22h00 Novelta (BA)
23h00 Maglore (BA)
00h30 Dead Fish (ES)

Arena Amélio Amorim – Domingo – 26/11
Abertura dos portões – 13 horas – TENDA BLACK
14h30 Kareen Mendes (BA)
15h15 Opanijé (BA)
16h20 Deb and The Mentals (SP)
17h15 Canto dos Malditos na Terra do Nunca (BA)
18hoo Clube de Patifes (BA)
18h55 André Prando (ES)
19h50 Achiles (BA)
20h45 Roça Sound (BA)
21h40 Dingo Bells (RS)
22h35 Pedro Pondé (BA)

RECAPITULANDO…

O QUÊ: Festival Feira Noise
QUEM: Mais de 30 atrações de música e dança, além de rodas de conversa, grafitti, debates e muito mais
QUANDO: De 23 a 26 de novembro de 2017
ONDE: Centro de Cultura Amélio Amorim, localizado na Avenida Presidente Dutra, nº 2222 – Bairro Capuchinhos – Feira de Santana – Bahia

INGRESSOS: Quinta, dia 23, acesso gratuito e de sexta à domingo, a inteira custa R$ 40,00 e a meia R$ 20,00. Passaporte para todos os dias: R$ 90,00 (inteira) e R$ 45,00 (meia).

PRA SABER MAIS: www.feiranoisefestival.com.br


Sobre o (a) autor (a):