Rio Jacuípe

Os protestos em Feira de Santana

Os protestos em Feira de Santana

Os protestos em Feira de Santana Milhares de manifestantes foram às ruas do centro de Feira de Santana, protestar contra os cortes de verbas da educação, anunciados pelo MEC. Bolsonaro, Rui Costa e Colbert também foram alvos das críticas. Os três chefes do executivo estavam em viagem oficial Bolsonaro nos Estados Unidos, Rui, na China e Colbert, novamente, em Brasília, para tratar de diversos assuntos, dentre os quais o Hospital da Mulher, onde em menos de uma semana 03 bebês morreram devido à grande demanda e a falta de leitos nas maternidades do município. Professores da UEFS contra os cortes

Desemprego em Feira

Emprego formal se reduz no primeiro trimestre em Feira

No primeiro trimestre de 2019 o desemprego voltou a mostrar as suas garras aqui na Feira de Santana. Foram, no saldo, 480 empregos a menos, no saldo entre admissões (8,7 mil) e demissões (9,1 mil). Os mais penalizados foram os comerciários: no saldo, enxugaram-se 162 oportunidades para esses profissionais. Alguém mais otimista pode enxergar, aí, aquele movimento natural de dispensa do excedente que foi contratado para as festas de final de ano. O preocupante, porém, é que a redução de empregos alcançou atividades que não se relacionam diretamente ao vaivém natural do comércio. É o caso da construção civil, que

Crise na Saúde de Feira de Santana

Crise na Saúde em Feira

Mães encontram dificuldades para dar à luz nos hospitais públicos de Feira de Santana No último domingo, foi comemorado o dia das mães. Porém, nem todas tiveram a razão de comemorar esse dia tão especial em Feira de Santana. Em menos de uma semana 03 bebês morreram no Hospital da Mulher, devido à grande demanda e a falta de leitos nas maternidades do município. Hospital da Mulher atende 20% acima da sua capacidade A presidente da Fundação Hospitalar de Feira de Santana, Gilberte Lucas, informou que “é inadmissível uma Maternidade Municipal que está atendendo com mais de 20% de sua

O imperdível Festival Beba a Cidade

Feira de Santana vai receber uma importante iniciativa para os apreciadores de cervejas artesanais: o Festival Beba a Cidade, organizado pela feirense Cervejaria Sertões em parceria com o Hotel Ibis/Feira. O evento contará com a presença de 7 cervejarias artesanais, a maioria delas, locais (Brassaria de Vidro, Zartchmann Bier, Dragórnia, Cervejaria Aguste, Bressy Beer, Cervejaria Sméra e Cervejaria Sertões). Além disso, haverá uma palestra sobre mercado cervejeiro (promovida por um colaborador do SEBRAE-BA), atrações musicais, lançamento de cerveja, cardápio gourmet exclusivo do Hotel Ibis, brassagem coletiva (produção de cerveja) e um #TapWall com 8 estilos de cervejas a serem comercializadas

Artifício - Donguto

O EP “Artifício”, do feirense Donguto

O cenário musical de Feira de Santana foi surpreendido recentemente com o EP “Artifício”, do multiartista Donguto, um trabalho que demonstra uma desenvoltura musical notável para aquele que já é considerado um dos maiores artistas plásticos da nova geração em Feira. Com quatro canções autorais, “Artifício” é uma mistura interessante de várias referências que vem do hip hop, reggae, rock, funk/soul. Em vez da gororoba comum em algumas iniciativas que buscam misturar diferentes gêneros, Donguto conseguiu organizar musicalmente todas essas cores, sem com isso tornar-se chapa branca nem enfadonho (longe disso!). O EP é bom de ouvir, dançante e poeticamente

Festival de Cinema baiano em Feira de Santana

Nos próximos dias o público feirense terá uma grande oportunidade para apreciar cinema de muita qualidade: está chegando à cidade a sexta edição do FECIBA – Festival de Cinema Baiano, que ocorrerá entre os dias 13 e 15 de maio (sexta, sábado e domingo). Após passagem por Juazeiro no mês de abril, agora é a vez da segunda maior cidade do estado receber, no Centro de Cultura Amélio Amorim, uma programação intensa composta por filmes de curtas e longas metragens, mesa redonda e oficina de formação e aperfeiçoamento para o audiovisual.

A oficina de produção de curta-metragem, que será realizada todas as manhãs do festival, tem finalidade de fornecer embasamento prático e teórico da produção de curta-metragem, colocando os participantes em contato com todas as etapas da realização de uma obra audiovisual, desde a pré-produção, passando pela produção, até as etapas de pós-produção (distribuição e exibição da obra), objetivando que cada aluno possa encontrar seu próprio método para a realização de curtas-metragens.

"O menino e o mundo"

“O menino e o mundo”, de Alê Abreu. Um dos longas exibidos no FECIBA.

Sob o comando da roteirista, diretora e produtora Paula Gomes, o curso tratará ainda dos processos que compõem a produção audiovisual, tais como a captação de recursos, fontes de financiamento, projeto executivo, decupagem do roteiro, produção de locação e elenco, planejamento de filmagem e funcionamento do set. As inscrições já estão encerradas.

A mesa redonda “A linha de fronteira se rompeu” dará continuidade às discussões iniciadas em Juazeiro, tratando de aspectos intimamente relacionados com as lutas sociais contemporâneas aliados ao movimento cinematográfico do interior baiano, tais como a negritude, a inclusão social, o lugar do feminismo na sétima arte, as dificuldades enfrentadas pelo audiovisual realizado no interior do estado, a luta pelo respeito às minorias e a sensibilidade particular que caracteriza o cinema feito no interior.

O debate contará com a participação do professor da Universidade Estadual de Feira de Santana, Cláudio Cledson, da realizadora e integrante do Coletivo Tela Preta, Larissa Fulana de Tal e do cineasta Deo. A medição continuará sob a responsabilidade do cineasta Edson Bastos. A mesa será realizada no dia 15/05, às 10h. A entrada é gratuita.

Filmes para todos os gostos

FECIBA

Da ficção ao documentário, passando pela animação, a programação do VI FECIBA será composta por sete mostras de filmes, cinco delas gratuitas: a Mostra Infanto-Juvenil, destinada a crianças, tem a importante missão de potencializar formação de público para o audiovisual; a Mostra Bahia Adentro, composta por filmes produzidos em diversas partes do estado; a Mostra Sexualidades, que explora e discute a temática de gênero do cinema nacional e regional; e a Mostra Retrospectiva, que nesta edição será dedicada à homenagem ao ator Mário Gusmão. Com entrada de R$ 5,00 (cinco reais), a Mostra Bahia Afora abre espaço às produções de outros estados brasileiros e a Mostra Atualidades traz os últimos lançamentos de longa-metragem do cinema baiano.

A Mostra Competitiva de Curtas, também gratuita, chega a Feira de Santana trazendo a exibição de 10 curtas-metragens divididos em dois programas. Os filmes, que já começaram a receber votos em Juazeiro, concorrem na categoria Voto Popular, que premiará o filme vencedor com o troféu FECIBA e com o valor de R$ 3.000,00 (três mil reais). A Mostra terá ainda um júri especializado, formado pela pesquisadora Marialva Monteiro, pela produtora Sylvia Abreu e pelo cineasta Henrique Dantas, para votar nas categorias técnicas: Direção, Roteiro, Direção de Arte, Montagem, Desenho de Som, Trilha Sonora, Direção de Fotografia, Ator, Atriz, e Melhor Filme, cujo vencedor, além do troféu, receberá também um prêmio de R$ 2.000,00 (dois mil reais). A premiação acontecerá na terceira e última fase do festival, na cidade de Itabuna, no mês de junho.

O VI FECIBA foi contemplado pelo edital 02/2015 – Agitação Cultural – Dinamização de Espaços Culturais da Bahia, vinculado ao Fundo de Cultura da Bahia – FCBA, promovido pela Secretaria de Cultura do Governo do Estado da Bahia e é uma realização do NúProArt – Núcleo de Produções Artísticas e da Voo Audiovisual.

Programação do FECIBA em Feira de Santana

SEXTA – 13/05

Local: Centro de Cultura Amélio Amorim

08:00 – Oficina de Produção de Curta-metragem com Paula Gomes.

18:30 – Cerimônia de Abertura

19:00 – Mostra Atualidades

Exibição do filme “Tropikaos”, de Daniel Lisboa (Entrada: R$ 5,00 – preço único).

SÁBADO – 14/05

Local: Centro de Cultura Amélio Amorim

08:00 – Oficina de Produção de Curta-metragem com Paula Gomes.

10:00 – Mostra Infanto-juvenil

Exibição do longa metragem “O menino e o mundo”, de Alê Abreu e dos curtas “Alguma coisa na vida”, do Coletivo LEM e “Como dissecar uma menina malina”, de Deoveki Silva (Entrada Gratuita)

13:30 – Mostra Bahia Adentro

Exibição dos filmes “Umbigo”, de Cauê Rocha, “Das dores da penitência”, de Wellington Monteclaro e “No dia em que acordamos surdos”, de Rafael Oliveira (Entrada Gratuita)

15:30 – Mostra Retrospectiva

Exibição do filme “A idade da terra”, de Glauber Rocha (Entrada Gratuita)

17:30 – Mostra Competitiva – Programa 1

Exibição dos curtas “Cordilheira de Amora II”, de Jamille Fortunato, “Órun Àiyé: A Criação do Mundo”, de Jamile Coelho e Cintia Maria, “Neandertais”, de Marcus Curvelo, “Entroncamento”, de Maria Carolina e Igor Souza e “Retomada”, de Leon Sampaio (Entrada Gratuita)

19:30 – Mostra Bahia Afora

Exibição dos filmes “Minha amada morta” de Aly Muritiba e “Alegoria da dor”, de Matheus Viana (Entrada: R$ 5,00 – preço único)

DOMINGO – 15/05

Local: Centro de Cultura Amélio Amorim

08:00 – Oficina de Produção de Curta-metragem com Paula Gomes.

10:00 – Mesa “A linha da fronteira se rompeu”, com Cláudio Clédson, Deo e Larissa Fulana de Tal, sob mediação de Edson Bastos (Entrada Gratuita)

15:30 – Mostra Sexualidades

Exibição do filme “Âncora do Marujo”, de Victor Nascimento (Entrada Gratuita)

17:30 – Mostra Competitiva – Programa 2

Exibição dos curtas “Salitre”, de Lara Belov, “Sísifo do Vale”, de George Varanese, “Ana”, de Camila Camila, “IFÁ” de Leo França e “Sandrine”, de Elen Linth e Leandro Rodrigues (Entrada Gratuita)

19:30 – Mostra Atualidades

Exibição do filme “O amor dos outros”, de Deo (Entrada: R$ 5,00 – preço único).


 

Para mais informações acesse o site do Festival: http: www.feciba.com.br/2016


Sobre o (a) autor (a):