As Feiras de Feira de Santana

Centro de Abastecimento de Feira de Santana

O Centro de Abastecimento vai ser privatizado?

De acordo com o líder do governo na Câmara Municipal, vereador Marcos Lima (Patriota), vários empresários querem administrar o Centro de Abastecimento de Feira de Santana. A informação foi repassada durante a sessão desta terça-feira (13), na Casa da Cidadania, ao responder acusações do vereador Roberto Tourinho.   Abandonado Tourinho disse que a situação do Centro de Abastecimento é de abandono, e elencou os seguintes problemas: lixo, mau cheiro, escuridão, tráfico de drogas, prostituição, lama e até homicídios ocorrem no local. Cheiro de Privatização De acordo com Tourinho, o poder público municipal não faz absolutamente nada, diante de tantos problemas:

Cantoras negras feirenses

Cantoras negras são destaque na música de Feira de Santana

Um olhar cuidadoso sobre as expressões musicais em Feira de Santana torna obrigatório reconhecer o fundamental protagonismo das mulheres em nossa música. Para começar, Feira de Santana é uma das poucas cidades do Brasil que tem seu hino composto por uma mulher: Georgina Erismann, no início do século XX, fez o “Hino a Feira”, numa época em que a mulher sequer tinha direito a voto. Uma das mais tradicionais expressões culturais de Feira de Santana, reconhecida internacionalmente, é capitaneada por uma mulher: Dona Chica do Pandeiro é a matriarca da Quixabeira da Matinha, exercendo um papel de liderança que remonta

OzÉbrios

Grupo feirense OzÉbrios estreia no projeto “Samba da Tarde”

Feira de Santana ganha, a partir deste sábado (10) mais um espaço de apreciação do samba: o Container Mall, com o projeto “Samba da Tarde”. Promovido pela Cervejaria Sertões, a iniciativa apresentará o grupo de samba OzÉbrios, comandado pelo cantor e compositor Rafael Damasceno. O projeto visar ocupar as tardes de sábado do Container Mall com o mais puro ritmo do samba raiz. O grupo OzÉbrios receberá convidados celebrando a junção do melhor do samba, dos sabores (dos petiscos) e das cervejas (artesanais), como elementos de entretenimento e opção de lazer na cidade. Além da Cervejaria Sertões, e o Container

Amanda Magalhães - The Voice - Feira

Amanda Magalhães, a feirense que está no The Voice Brasil 2019

Feira de Santana está mais uma vez no The Voice Brasil. Após o sucesso da feirense Paula Sanffer, que participou do programa global em 2015, e hoje é vocalista da Timbalada, é a vez da cantora Amanda Magalhães, que foi selecionada para o time da cantora IZA. Além de cantora, Amanda Magalhães é atriz (atuou no filme feirense “Porque eu te amei“), e desde cedo se dedicou ao serviço na Igreja por meio das artes. Participante do elenco de uma companhia de teatro musical cristã, a jovem de 25 anos se descobriu como cantora através dos personagens que interpretou ao

A Nova Lei feirense sobre apreensão de veículos

A Câmara Municipal de Feira de Santana promulgou nesta terça-feira, 06, a Lei Nº 346/2019, de autoria do vereador  Marcos Antonio dos Santos Lima, que dispõe sobre a apreensão de veículos automotores de duas e quatro rodas nas sextas-feiras, sábados, domingos, feriados e no último dia útil que anteceder a feriados em Feira de Santana. Nestes dias, a diária do pátio terá início no primeiro dia útil subsequente. Retirada de itens pessoais A lei ainda dispõe que ao proprietário(a) do veículo automotor comprovado com documento de identificação oficial com foto será permitido retirar os itens pessoais a qualquer momento após

O brilhante dueto de Fabrício Barreto com Marcel Torres

Já dissemos aqui no Feirenses sobre nossa mania de olhar o quintal do vizinho, desconsiderando tudo de grande e valoroso que Feira de Santana produz e constrói. Essa reflexão cabe bem ao analisarmos o quanto merece destaque e referência a obra de dois grandes artistas de Feira de Santana, que possuem estatura artística superior ao que nossa cidade tem conseguido oferecer. Refiro-me a Marcel Torres e Fabrício Barreto, ambos cantores e compositores feirenses.

Marcel Torres tem uma longa história com a música. Nascido em 1979, aos 5 anos ingressou na Escola Baiana de Música, estudando técnicas de solfejo e piano clássico. Com 13 começou a tocar violão; mais tarde formou sua primeira banda, com a qual viajou todo o país. Destacou-se como compositor em vários festivais pelo Brasil. Foi finalista do Festival Nacional da Canção (Fenac), 4º lugar no Festival de Maricá-RJ, finalista do Festival da Educadora FM, campeão do Festival Velho Chico Beat (Nacional) e campeão do Festival Vozes da Terra, em 2014.

Ouça “Dança”, canção de Marcel Torres vencedora do Vozes da Terra:

 

Já Fabrício Barreto tem em seu currículo o disco “ENTRETANTAGENTE” (baixe aqui), que contou com a participação do cantor Zeca Baleiro, um dos grandes nomes da música brasileira. Lançado em 2013, o disco concorreu ao prêmio de música independente da Revista Dynamite, disputando com Tom Zé o título de melhor disco de MPB.

Ouça “Como já dizia Waldick Soriano”, uma das canções do disco:

 

Doi2

DOI2

Marcel Torres e Fabrício Barreto estão unidos no disco DOI2, que traz dez canções inéditas e autorais. O álbum foi produzido em 40 dias entre Janeiro e Fevereiro de 2015, marcando o encontro de dois violões intimamente interligados por timbres pensados para vozes bastante diferentes, de dois compositores próximos e com histórias distintas em quase 20 anos de carreira, cada um.

DOI2 flerta com blues, folk, samba e outros gêneros musicais de maneira intimista numa outra direção das produções baianas alternativas. Você pode fazer o download gratuito do disco agora mesmo!

Minhas preferidas de DOI2 são as faixa 3 (Boletim de Ocorrência) e 05 (Impetuosamente). Um disco que não deve nada aos grandes artistas da Música Popular Brasileira.

 

Marcel Torres e Fabrício Barreto estão no Facebook.


Sobre o (a) autor (a):