Rio Jacuípe

São José das Itapororocas (Maria Quitéria): passado e presente

Os mitos fundacionais de uma cidade/civilização são sempre cercados de muitos personagens, estórias, acontecimentos, perseguições, guerras e muitas reviravoltas. No caso dos mitos fundacionais das cidades brasileiras quase todos são contados levando como ponto de partida a chegada do colonizador, a expulsão dos povos indígenas nativos e a construção de igrejas, estradas, fortes e pequenas povoações. O mito fundacional comumente conhecido da cidade de Feira de Santana é aquele ligado à história da doação das terras para a construção da capela em devoção à Sant’Ana no Alto da Boa Vista, por Domingos Barbosa de Araújo e sua esposa Ana Brandão,

Pá Rua?

Pá Rua?

Outro dia, peguei Robson. Não exatamente “peguei”, no sentido em que vossas consagradas cabeças maliciosas estão pensando. Eu não botei minha língua na boca dele. Robson é ligeirinho. Eu usufrui de seus serviços clandestinos de transporte alternativo. É sempre uma viagem andar com Robson. Porque ele é o mais atípico dos ligeirinhos. É o mais lento, mas o mais organizado. Ele transforma um Fox em minivan e leva 70 pessoas — confortavelmente. Para honra e glória de Oxalá, eu fui na frente. Sozinho. Uma raridade, às 7 da manhã no Parque Lagoa Subaé. Meu bairro não é dos mais populosos,

Rua Marechal em mão única

Feira (A)notada: Marechal em mão única e novidade na Câmara

Lulinha entrega o cargo de Líder do Governo Após alguns colegas vereadores manifestarem a insatisfação com o líder do governo na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Luís Augusto (Lulinha), do DEM, entregou o cargo durante discurso na Sessão desta terça-feira (11). 10 anos do Museu Parque do Saber No próximo dia 15 de dezembro, o Museu Parque do Saber Dival da Silva Pitombo estará completando uma década de existência. E, para comemorar, foi realizada na terça-feira (11) uma homenagem especial a todos os envolvidos com o projeto inicial. O evento contou com as presenças do prefeito Colbert

Tourinho Candidato

Tourinho candidato, cubanização de assessores e toma lá da cá

Tourinho Candidato Surgiu mais um nome interessado no Paço Municipal em 2020. O vereador Roberto Tourinho, atualmente filiado ao PV, confirmou ao site Acorda Cidade que tem discutido o assunto.  Com sete mandatos, Tourinho é um dos políticos mais respeitados de Feira de Santana e filho de um ex-prefeito, o advogado José Falcão da Silva, que morreu durante o exercício do mandato. Ele se junta a nomes como Fernando Torres, Zé Neto, Zé Chico, Colbert Filho, Angelo Almeida, Carlos Geilson e Targino Machado que também se movimentam para disputar a prefeitura feirense. Toma lá dá cá Ao colocar o cargo

O Rural Feirense

O rural feirense, segundo o último Censo Agropecuário (parte 1)

Foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) os números referentes ao Censo Agropecuário realizado em 2017. Os dados são essenciais para que os governos das três esferas – Federal, Estadual e Municipal – elaborem suas políticas, mas são também muito importantes para acadêmicos, estudiosos do tema, para a imprensa especializada e até mesmo para o cidadão que deseja se manter informado sobre o seu município. Uma leva de informações sobre a Feira de Santana já está disponível e pode ser consultada. Os pesquisadores, em suas andanças pelo rural feirense apuraram, por exemplo, que existem exatos 9.191 estabelecimentos

Crítica seleciona 2 discos feirenses entre os melhores da Bahia em 2016

Feira de Santana teve atuações de destaque no cenário musical baiano no ano de 2016: além das indicações ao Prêmio Caymmi de Música (Grupo Santini & Trio e Africania), acaba de sair a lista dos melhores discos produzidos na Bahia em 2016, divulgada pelo site El Cabong, um dos principais veículos especializados em música no estado. A seleção foi feita por 22 jornalistas, radialistas e críticos de Salvador e do interior e de veículos diversos.

Representaram Feira de Santana os jornalistas culturais Elsimar Pondé e Leinne Portugal. Veja quem foram os vencedores na seleção:

1º. BaianaSystem – Duas Cidades

2º. IFÁ – Ijexá Funk Afrobeat

3º. Retrofoguetes – Enigmascope Volume 1

3º. Tom Zé – Canções eróticas de Ninar

4º. Letieres Leite & Orkestra Rumpilezz – A Saga da Travessia

5º. Larissa Luz – Território Conquistado

6º. Manuela Rodrigues – Se a Canção Mudasse Tudo

7º. Oz & ÀttooxxÁ – #Blvckbvng

7º. Dois em Um – Ao Vivo no Museu do Recôncavo Wanderley Pinho

8º. Africania – Ori

8º. Clube de Patifes – Casa de Marimbondo

8º. Ivan Motoserra – Surf & Trash (EP)

8º. Theatro de Seraphin – Décadas

A lista é não só uma oportunidade para saudar os feirenses contemplados com o destaque, mas também para conhecer o que vem sendo feito de bom na Bahia contemporaneamente.

Os feirenses na lista

É claro que você não pode deixar de ouvir os discos feirenses selecionados pelo El Cabong: “Casa de Marimbondo”, do Clube de Patifes, e “Orí”, da Africania. Ouça:

 

 

Acompanhe a Africania e o Clube de Patifes no Facebook!

Veja mais sobre a seleção no El Cabong!


Sobre o (a) autor (a):