Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/feirenses/www/wp-content/themes/magazine/options/php-po/php-po.php on line 187
O Câncer de Próstata mata quantos homens por ano em Feira de Santana? - Feirenses - Feira de Santana aprofundada
As Feiras de Feira de Santana

O Câncer de Próstata mata quantos homens por ano em Feira de Santana?

O Brasil vem aderindo de maneira crescente à campanha Novembro Azul, que visa a conscientização a respeito de doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do Câncer de Próstata. Em todo o país, seminários, rodas de conversa, ações publicitárias e campanhas de conscientização são divulgadas para alertar os homens sobre o cuidado com a saúde (algo pouco natural em nossa cultura).

Em Feira de Santana, a situação é preocupante: a Prefeitura Municipal divulgou recentemente que apenas no Centro Municipal de Prevenção ao Câncer Romilda Maltez (CMPC), a quantidade de diagnósticos de Câncer de Próstata aumentou 400% em um ano.

Já o Instituto Nacional do Câncer (INCA), entidade do Ministério da Saúde, aponta em seu Atlas de Mortalidade por Câncer que, entre 2010 e 2014, Feira teve 30,37 mortes por Câncer de Próstata para cada grupo de 100.000 homens, levando a aproximadamente 400 mortes nesse período. Fizemos um esboço aproximado desses dados entre 2010 e 2014:

Homens mortos por Câncer de Próstata entre 2010 e 2014

 

Como se vê, o problema é sério e grave, e merece especial atenção.

 

O que é o Câncer de Próstata?

Câncer de Próstata

O Câncer de Próstata é o resultado de uma multiplicação desordenada das células da próstata. Quando há presença de câncer, a glândula endurece. Na fase inicial, o câncer de próstata não tem sintomas. Em 95% dos casos, eles aparecem em estágio avançado.

Portanto, exames preventivos frequentes são fundamentais para que a doença não seja descoberta em estado avançado. Homens a partir dos 50 anos de idade (ou 45, se houver casos de câncer de próstata na família), devem procurar um urologista anualmente para realizar os exames preventivos.

Um desses exames é o toque retal. O exame é rápido e indica se a próstata apresenta algum tipo de alteração. Caso a alteração seja detectada, o médico pode solicitar outros exames para confirmar o diagnóstico, como o PSA (Antígeno Prostático Específico), o ultrassom transretal e a biópsia da glândula, que consiste na retirada de fragmentos da próstata para análise. Só então é feito o diagnóstico.

É possível prevenir o Câncer de Próstata?

O câncer de próstata não pode ser prevenido, mas há 90% de chances de cura quando diagnosticado precocemente. Assim, realizar exames periodicamente é a melhor maneira de se prevenir contra a doença. Sociedades médicas recomendam que homens a partir dos 50 anos de idade façam o exame de próstata anualmente, e acima dos 45, caso esteja inserido nos fatores de risco.

O ritual compreende o toque retal e o exame de sangue, para checar a dosagem do PSA (antígeno prostático específico). Havendo alguma suspeita, o paciente deve se submeter à biópsia da próstata. O toque retal é considerado indispensável e não pode ser substituído pelo exame de sangue ou por qualquer outro exame, como o ultrassom. Somente com o resultado dessa análise do tecido é que poderá ser fornecido o diagnóstico.

Sabe-se que uma mudança no estilo de vida é crucial para aumentar a sobrevida, incluindo uma alimentação saudável e a prática de atividades físicas no dia a dia.

Quais são os sintomas?

Em sua fase inicial, o câncer da próstata tem uma evolução silenciosa. Por isso, muitos homens não apresentam nenhum sintoma ou, quando apresentam, são semelhantes aos do crescimento benigno da próstata, também chamado de HPB.

Quando alguns sinais começam a aparecer, 95% dos tumores já estão em fase avançada, dificultando a cura.

Confira os sintomas que são suspeitos e merecem uma consulta ao médico:

  • A sensação de que sua bexiga não se esvaziou completamente e ainda persiste a vontade de urinar.
  • Dificuldade de iniciar a passagem da urina.
  • Dificuldade de interromper o ato de urinar.
  • Urinar em gotas ou jatos sucessivos.
  • Necessidade de fazer força para manter o jato de urina.
  • Necessidade premente de urinar imediatamente.
  • Sensação de dor na parte baixa das costas ou na pélvis (abaixo dos testículos).
  • Problemas em conseguir ou manter a ereção.
  • Sangue na urina ou no esperma (esses são casos muito raros).
  • Dor durante a passagem da urina.
  • Dor quando ejacula.
  • Dor nos testículos
  • Dor lombar, na bacia ou no joelhos
  • Sangramento pela uretra.

Procure um médico!

Nunca é demais lembrar: qualquer sinal de que sua saúde não vai bem deve lhe conduzir ao médico, único capacitado para diagnosticar qualquer enfermidade. Além disso, aja preventivamente: Câncer de Próstata mata (!), sendo o diagnóstico antecipado a única forma de garantir um tratamento eficaz.

Para saber mais sobre o Câncer de Próstata acesse o site da campanha Novembro Azul e o site do INCA!


Sobre o (a) autor (a):