As Feiras de Feira de Santana

Roça Sound

Roça Sound expõe a Feira de Santana clandestina

Saiu o novo clipe do Roça Sound, uma interpretação audiovisual apurada da música “Verde e Cinza”, que compõe o álbum “Tabaréu Moderno”, o mais recente do grupo. A música e o clipe integram uma das mais importantes obras contemporâneas de interpretação de Feira de Santana e sua cultura. “Verde e Cinza”, já no título, denuncia essa cidade contraditória, que vive entre uma tradição rural, feirante, e uma sanha modernizante expressa nas obras cheias de concreto e vazias de humanidade. Mas não para por aí, afinal, Clóvis Ramaiana já notou e denunciou isso há muito. A canção expõe a visceral clandestinidade

Cooperativas em Feira de Santana

Cooperativas com os dias contados em Feira de Santana

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e o Ministério Público da Bahia (MP-BA) exigiram que a Prefeitura Municipal de Feira de Santana não faça mais contratações de servidores através de cooperativas. Novas Contratações Colbert Martins disse ao Acorda Cidade que as contratações só poderão ocorrer via Organização Social (OS), seleção pública (Reda) ou concurso público. Ao atender essa recomendação, é provável que aumente o número de processos seletivos para contrações temporárias. Fim das indicações políticas Infelizmente, com o fim das contratações via cooperativas, não é certo de que acabem também as indicações políticas. A contratação de Organização Social permite

Vai ter Feira Noise Festival em 2020

O Feira Coletivo Cultural e a Banana Atômica realizaram no último final de semana, em Feira de Santana (BA), uma edição histórica em comemoração aos 10 anos de existência do Feira Noise Festival. O evento aconteceu entre os dias 22 a 24, no Ária Hall, reforçando sua importância para a consolidação da cena local, além de manter Feira de Santana na rota de circulação de bandas e artistas independentes. Ao todo, 33 atrações se revezaram entre os palcos Banana Atômica e Budweiser, sendo 13 delas de Feira de Santana. Importantes nomes da música brasileira contemporânea como Supercombo, Francisco El Hombre, Black Pantera, Potyguara Bardo,

O fenômeno flamenguista em Feira de Santana

Na manhã dessa segunda-feira, a Praça da Bandeira foi a arena onde se discutiu sobre o mais importante e popular time de futebol brasileiro. — É óbvio que o Bahia é de mais importância. O Brasil nasceu onde? Se é aqui o início do Brasil, o Bahia é o time do nosso povo, defendia Papinho, torcedor patológico do Bahia. — O Flamengo, companheiro, é o time das massas, o time rubro, castanho, caboclo, representando os índios, e negro, quilombola, africano, representando o povo escravizado, proclamava Seu Teófilo, tomando caldo de cana para curar a ressaca da comemoração dos dois títulos

Roça Sound

“Tabaréu Moderno”, o novo álbum do Roça Sound

“Tabaréu Moderno” é o terceiro disco do grupo Roça Sound. Lançado no último dia 15 de novembro, o novo álbum estava sendo esperado pelo público que acompanha o trabalho dos feirenses desde “Você Aguenta Quantos Rounds?”, de 2014. Formado por NickAmaro (DJ/ MC), Paulo Bala (MC), Dom Maths (MC) e o dançarino Edy Murphy, o Roça Sound explora sonoridades que vão desde a Cultura Nordestina, Rap, Dembow, Reggae, e o DanceHall, tendo o suingue como sua marca principal. Em “Tabaréu Moderno”, trazem nove faixas autorais e inéditas, com as participações da Orquestra Reggae de Cachoeira, Quixabeira da Matinha, Bel da

Feira recebe 1º Campeonato de Cubo Mágico da Bahia

O Cubo de Rubik, também conhecido por Cubo Mágico, é um quebra-cabeça tridimensional, inventado pelo húngaro Ernõ Rubik em 1974. Porém, sua explosão de popularidade iniciou-se em 1980, quando o cubo passou a ser um brinquedo internacional. Ernõ Rubik demorou cerca de um mês para resolver o cubo pela primeira vez.

Ele tinha a intenção de criar uma peça que fosse “perfeita”, referindo-se à geometria, para ajudar a explicar conceitos de terceira dimensão aos seus alunos de arquitetura, mas acabou criando um incrível quebra-cabeça com exatas 43.252.003.274.489.856.000 (43 quintilhões) de combinações possíveis. O primeiro cubo foi desenvolvido com peças de madeira e cada um dos 6 lados pintados de cores diferentes para que os movimentos realizados pudessem ser observados com maior facilidade.

A sua solução era algo raro e valioso: o desejo de ver as seis faces do cubo reorganizadas atingia todas as idades e profissões. Foram lançados mais de 60 livros para ajudar tais pessoas. Nenhum outro quebra-cabeça teve tantos adeptos, o que o torna um brinquedo genial. É considerado um dos brinquedos mais populares do mundo, atingindo um total de 1 bilhão de unidades vendidas, sem falar em suas diferentes imitações.

O Cubo Mágico possui diversas variações: a 2x2x2, conhecida como Pocket Cube, 4x4x4 (chmada de “a vingança de Rubik), 5x5x5 (o cubo do professor), dentre outras. Mas é a versão 3x3x3, conhecida somente como Cubo de Rubik, que é a mais popular e disseminada mundo afora.

Os tipos de Cubo Mágico

A prática de resolver o cubo traz diversos benefícios, como desenvolvimento do raciocínio lógico, concentração, coordenação motora e estímulo da memória e noção espacial. É uma atividade que contribui para deixar a mente mais ativa e estimular o pensamento criativo, levando as pessoas a uma vida melhor e mais saudável.

Os campeonatos de Cubo Mágico

Com a popularização do cubo mágico, também surgiram os diversos campeonatos oficiais espalhados pelo mundo, cujo órgão regulamentador é a Associação Mundial de Cubo Mágico (World Cube Association).

O primeiro campeonato no Brasil aconteceu no dia 08 de dezembro de 2007, em Sumaré-SP. Desde então, já aconteceram cerca de 85 campeonatos em diferentes estados, sendo em São Paulo a maior concentração. Em 2015 foram registrados 27 campeonatos no Brasil.

O primeiro campeonato no Nordeste aconteceu em Campina Grande-PB, em agosto de 2012. Ao todo o Nordeste já realizou 12 campeonatos oficiais, no Ceará, Sergipe, Rio Grande do Norte e Maranhão. Em 2015 foram apenas dois campeonatos realizados, ambos em Fortaleza.

Primeiro campeonato na Bahia

A Bahia nunca realizou um campeonato oficial, mas existem bons cubistas em várias cidades, principalmente em Feira de Santana, Salvador, Valente, Juazeiro e Vitória da Conquista. A maioria nunca teve oportunidade de participar de um campeonato oficial, devido à dificuldade de se deslocar para outro estado. Diante dessa situação, surgiu o interesse em realizar o I Campeonato de Cubo Mágico da Bahia, o Oxente Open 2016, tendo sido Feira de Santana a cidade escolhida para a realização desse evento pioneiro no estado.

Diversos encontros e ações, como a realização da oficina de Cubo Mágico na 8ª Feira do Livro da UEFS, vem difundindo a prática do cubo mágico na cidade, e fortalecendo a organização do evento que irá reunir os cubistas de diferentes regiões da Bahia e alguns vindos de outros estados.

Abaixo, matéria da TV Olhos D’água sobre a prática do cubo mágico na Feira do Livro:

 

O Oxente Open 2016

Oxente Open

O Oxente Open 2016 acontecerá nos dias 23 e 24 de janeiro de 2016, realizado em parceria com o SESC, aqui em Feira. A competição é reconhecida internacionalmente pela Associação Mundial de Cubo Mágico (World Cube Association) e os resultados farão parte dos rankings oficiais. O Delegado da WCA que irá certificar que todas as regras do regulamento oficial sejam cumpridas será Éder dos Santos Silva.

Modalidades do Oxente Open:

  • Cubo 2x2x2
  • Cubo 3x3x3 (Rubik’s Cube)
  • Cubo 3x3x3 OH (com uma mão)
  • Cubo 3x3x3 WF (com os pés)
  • Cubo 3x3x3 BLD (com os olhos vendados)
  • Cubo 4x4x4
  • Cubo 5x5x5
  • Megaminx
  • Pyraminx
  • Square-1
  • Skewb

Modalidade Extra: TEAM BLD (vendado em dupla)

Veja aqui o cronograma completo do evento!

A entrada do público será mediante a doação de 1kg de alimento não perecível, que será doado ao programa Mesa Brasil SESC. Será cobrado uma taxa para os participantes do campeonato oficial para custeio das despesas com medalhas, troféus, certificados e outros custos relacionados ao campeonato.

Além do campeonato haverá outras atividades como games, jogos de tabuleiro, Just Dance, entre outros que serão realizadas pelo grupo AniHime.

Veja mais detalhes:

O QUÊ: Oxente Open 2016 – Campeonato de Cubo Mágico.

ONDE: Auditório do SESC de Feira de Santana, na Rua Guaratatuba, 345, Tomba.

QUANDO: 23 e 24 de janeiro de 2016

CONTATO: Telefone: (75) 3622-1550 | E-mail: feira@sescbahia.com.br


Sobre o (a) autor (a):