As Feiras de Feira de Santana

Roça Sound

Roça Sound expõe a Feira de Santana clandestina

Saiu o novo clipe do Roça Sound, uma interpretação audiovisual apurada da música “Verde e Cinza”, que compõe o álbum “Tabaréu Moderno”, o mais recente do grupo. A música e o clipe integram uma das mais importantes obras contemporâneas de interpretação de Feira de Santana e sua cultura. “Verde e Cinza”, já no título, denuncia essa cidade contraditória, que vive entre uma tradição rural, feirante, e uma sanha modernizante expressa nas obras cheias de concreto e vazias de humanidade. Mas não para por aí, afinal, Clóvis Ramaiana já notou e denunciou isso há muito. A canção expõe a visceral clandestinidade

Cooperativas em Feira de Santana

Cooperativas com os dias contados em Feira de Santana

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e o Ministério Público da Bahia (MP-BA) exigiram que a Prefeitura Municipal de Feira de Santana não faça mais contratações de servidores através de cooperativas. Novas Contratações Colbert Martins disse ao Acorda Cidade que as contratações só poderão ocorrer via Organização Social (OS), seleção pública (Reda) ou concurso público. Ao atender essa recomendação, é provável que aumente o número de processos seletivos para contrações temporárias. Fim das indicações políticas Infelizmente, com o fim das contratações via cooperativas, não é certo de que acabem também as indicações políticas. A contratação de Organização Social permite

Vai ter Feira Noise Festival em 2020

O Feira Coletivo Cultural e a Banana Atômica realizaram no último final de semana, em Feira de Santana (BA), uma edição histórica em comemoração aos 10 anos de existência do Feira Noise Festival. O evento aconteceu entre os dias 22 a 24, no Ária Hall, reforçando sua importância para a consolidação da cena local, além de manter Feira de Santana na rota de circulação de bandas e artistas independentes. Ao todo, 33 atrações se revezaram entre os palcos Banana Atômica e Budweiser, sendo 13 delas de Feira de Santana. Importantes nomes da música brasileira contemporânea como Supercombo, Francisco El Hombre, Black Pantera, Potyguara Bardo,

O fenômeno flamenguista em Feira de Santana

Na manhã dessa segunda-feira, a Praça da Bandeira foi a arena onde se discutiu sobre o mais importante e popular time de futebol brasileiro. — É óbvio que o Bahia é de mais importância. O Brasil nasceu onde? Se é aqui o início do Brasil, o Bahia é o time do nosso povo, defendia Papinho, torcedor patológico do Bahia. — O Flamengo, companheiro, é o time das massas, o time rubro, castanho, caboclo, representando os índios, e negro, quilombola, africano, representando o povo escravizado, proclamava Seu Teófilo, tomando caldo de cana para curar a ressaca da comemoração dos dois títulos

Roça Sound

“Tabaréu Moderno”, o novo álbum do Roça Sound

“Tabaréu Moderno” é o terceiro disco do grupo Roça Sound. Lançado no último dia 15 de novembro, o novo álbum estava sendo esperado pelo público que acompanha o trabalho dos feirenses desde “Você Aguenta Quantos Rounds?”, de 2014. Formado por NickAmaro (DJ/ MC), Paulo Bala (MC), Dom Maths (MC) e o dançarino Edy Murphy, o Roça Sound explora sonoridades que vão desde a Cultura Nordestina, Rap, Dembow, Reggae, e o DanceHall, tendo o suingue como sua marca principal. Em “Tabaréu Moderno”, trazem nove faixas autorais e inéditas, com as participações da Orquestra Reggae de Cachoeira, Quixabeira da Matinha, Bel da

Passeio Feirense: Cachoeira – Barra do Paraguaçu

Situada às margens do Rio Paraguaçu, a cidade de Cachoeira é um destino frequente dos feirenses, seja pela identidade cultural histórica, pela arquitetura barroca ou pela quantidade de eventos culturais que lá acontecem. Dentre as opções de lazer oferecidas pela cidade há um passeio pouco conhecido, porém, muito interessante. É um passeio de barco, percorrendo a extensão do Rio com algumas paradas estratégicas em belos lugares. Uma dica diferente para que os feirenses aproveitem.

O horário do de ida e volta do passeio é definido de acordo com a variação da maré. Existem opções de embarcação, entre elas a lancha, que leva até doze pessoas com conforto. A duração do passeio é de seis horas e o ponto de partida e de chegada é o cais de cachoeira.

Passeio em cachoeira

Visita-se vários pontos ao longo do Rio Paraguaçu, inclusive alguns locais que são somente acessíveis via água. Na lancha, há um cooler, disponível para colocar bebidas e consumir ao longo do trajeto. Como na maioria dos pontos de parada não há restaurantes, é necessário levar lanches também, para fazer pequenas refeições, no estilo piquenique, antes do almoço.

Passeio Feira de Santana

A parada para o almoço é realizada em Coqueiros, um povoado da cidade de Maragogipe, à margem direita do Rio Paraguaçu. Os restaurantes são simples, no entanto, possuem cardápio bem diversificado, com preços bastante acessíveis. Como a região sofre influência marítima, o carro chefe dos restaurantes são os frutos do mar. Destaque para a moqueca de peixe e a mariscada.

Durante o passeio é possível contemplar a beleza da natureza da forma mais pura possível, inclusive com o charme das garças, que enfeitam as margens do rio.

Barra do Paraguaçu - FeiraBarra do Paraguaçu - Feira

Dentre as paradas, há um local chamado Praia do Francês, lugar bem tranqüilo, com diversas árvores fazendo sombra, o ambiente ideal para banhistas, onde a água sofre influência diretamente do mar e do rio, tornando-a, assim, ora morna, ora fria, dando uma sensação bem peculiar e agradável.

Praia do Francês

No trajeto é possível observar algumas construções de arquitetura antiga, a exemplo do Engenho da Vitória, casarões abandonados e até mesmo uma plataforma da Petrobras.

Plataforma Petrobras

 

Engenho

 

Cachoeira Barra

Passa-se também pela igreja do povoado de São Francisco do Paraguaçu, que impressiona pela imponência. Esse povoado é a terra natal do Forrozeiro Virgílio, figura ilustre na Bahia.

Igreja no Paraguaçu

No caminho de volta a embarcação passa por baixo da Imperial Ponte Dom Pedro II, e retorna ao cais de Cachoeira, momento em que é possível contemplar o belíssimo pôr do sol e a vista para São Félix.

Ponte em Cachoeira

São Félix

 

Veja mais informações sobre esse passeio com Petrúcio Santana (Facebook) ou (75) 9-9138-3676.


Sobre o (a) autor (a):