As Feiras de Feira de Santana

BRT cada vez mais longe

Com queda no número de passageiros, BRT fica mais longe de ser implantado em Feira

Cerca de 10% da frota do transporte público de Feira de Santana deixou de circular, devido à queda no número de passageiros. Trabalhadores do setor também foram demitidos.

Associação alertou a pouca demanda de passageiros para a implantação do BRT

Em agosto de 2015, a Associação Feirense de Engenheiros (AFENG), apresentou parecer técnico sobre o resultado da análise do “Sistema BRT Feira de Santana” e alertou sobre o volume de passageiros no momento mais crítico do dia, cerca de 5 mil passageiros por hora/sentido. Mas a solução empregada de estações fechadas com ônibus articulados é tecnologia para atender a 40 mil passageiros.

Parte da frota que deixou de circular podem estar indo para Vitória da Conquista

Informações não oficiais dão conta de que os ônibus do transporte urbano que deixaram de circular em Feira de Santana estão sendo levados para Vitória da Conquista. A Empresa Rosa foi contratada para operar o Lote 01 do Transporte Coletivo da maior cidade do sudoeste baiano.

 

 


Sobre o (a) autor (a):