As Feiras de Feira de Santana

Fartura & Ossos

“Fartura & Ossos” – O novo livro do poeta Silvério Duque

O músico, professor, crítico literário e poeta feirense Silvério Duque acaba de lançar seu novo livro: “Fartura & Ossos”, obra que o autor descreve como sua “lira dos quarent’anos”. O livro, que traz 25 sonetos compostos entre 31 de março de 2018 e 31 de março de 2019, é uma auto-homenagem aos 40 anos de vida do autor. Com desenho de capa do artista plástico Gabriel Ferreira, posfácio de Elpídio Dantas Fonseca e prefácio do próprio autor, com efeito, “Fartura e Ossos”, segundo Elpídio Fonseca, “remete a várias situações descritas em seus sonetos: a superabundância da vida vivida, da qual só

BRT de Feira cada vez mais longe

BRT cada vez mais longe

Com queda no número de passageiros, BRT fica mais longe de ser implantado em Feira Cerca de 10% da frota do transporte público de Feira de Santana deixou de circular, devido à queda no número de passageiros. Trabalhadores do setor também foram demitidos. Associação alertou a pouca demanda de passageiros para a implantação do BRT Em agosto de 2015, a Associação Feirense de Engenheiros (AFENG), apresentou parecer técnico sobre o resultado da análise do “Sistema BRT Feira de Santana” e alertou sobre o volume de passageiros no momento mais crítico do dia, cerca de 5 mil passageiros por hora/sentido. Mas

Banda Calafrio

“Hiato”, o novo single da banda feirense Calafrio

“Um estado de ceticismo quase que total, ausência de sentidos e porquês, um momento de niilismo. O pensamento vagueia pela morte mas em busca de vida”, descreve o guitarrista Pedro Patrocínio, se referindo à letra de “Hiato”, o segundo single de seu novo EP. “A existência dessa canção se dá num momento de reclusão, numa jornada solitária com um pouco de autodestruição e muito de autoconhecimento”, explica o músico. “Hiato” é uma das cinco faixas do EP homônimo que a banda irá lançar até o final deste ano. Em setembro, eles apresentaram ao público o single “Primitivos”, que também ganhou um videoclipe, disponível no

Ícaro Irvin

O novo Procurador do Município

Colbert indica o novo Procurador do Município Ícaro Ivvin, atual superintendente do Procon, foi indicado pelo prefeito Colbert Martins, para ocupar a Procuradoria Geral do Município, no lugar de Cleudson Almeida. O nome de Ícaro foi aprovado na última quarta-feira (23), em votação unânime, pela Câmara Municipal de Feira de Santana. E quem vai assumir o Procon? O prefeito informou que vai convidar Cleudson Almeida para assumir o Procon, quando retornar de Brasília. Vereadores criticam o presidente Jair Bolsonaro Em pronunciamento, na sessão ordinária da última quarta-feira (23), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o edil Carlito do Peixe

A “meia década” perdida da Saúde em Feira

A “meia década” perdida da Saúde em Feira

Os repasses para a Saúde em Feira de Santana tiveram leve elevação em relação aos anos anteriores, nos primeiros nove meses de 2019. O problema é que a base anterior é modesta, decorrente da prolongada crise econômica que abalroou o País – e as contas públicas – a partir de meados de 2014. Desde janeiro, foram aportados R$ 144,5 milhões em transferências obrigatórias e voluntárias. Os dados são do Portal da Transparência e referem-se, em toda a análise, aos nove primeiros meses de cada ano. A correção ocorreu com base no Índice de Preço ao Consumidor Amplo, o IPCA. Ano

Experiência feirense: brincadeiras das antigas

Desde o início do Feirenses admitimos que a criação de um veículo de comunicação virtual seria também uma janela de exposição e um provocador de experiências presenciais, onde os temas, pessoas e conceitos discutidos no portal pudessem se consolidar, gerando momentos marcantes e engrandecedores. Por isso resolvemos criar a série de publicações “experiências”, onde falaremos sobre iniciativas concretas realizadas pelo Feirenses e seus parceiros.

Com idealização e esforço de Val Silva, fotógrafo e colaborador do portal, nossa primeira experiência foi a realização de uma manhã com brincadeiras “das antigas”, onde crianças feirenses pudessem ter contato com divertimentos distintos dos popularizados atualmente (a maioria eletrônicos). Para isso visitamos, há 2 meses, a Escola Municipal Adenil Falcão, que reservou a manhã da última quinta (08 de outubro), às vésperas do Dia das Crianças, para que fôssemos apresentar aos alunos os brinquedos e brincadeiras que marcaram a diversão de sucessivas gerações em Feira de Santana.

Brincadeiras feirenses antigas

Escolhemos brinquedos que ainda hoje são acessíveis, alguns deles, inclusive, podendo ser fabricados artesanalmente pelas crianças sozinhas ou com os pais. Alguns brinquedos que apresentamos:

  • Badogue
  • Corda de pular
  • Pião
  • Bola de gude
  • Carrinho de lata
  • Carrinho de garrafa pet
  • Mola maluca
  • Bola de plástico
  • Ioiô
  • Pipa
  • Bambolê

Dia das crianças das antigas

Além do uso livre de cada brinquedo, as crianças participaram de atividades coordenadas, como competição de tiro ao alvo com badogue, oficina de criação de pipas, demonstração de materiais para a confecção de carros de lata, cabo de guerra, futebol com golzinho etc.

Brincadeiras das Antigas

O interessante é que todos os brinquedos e brincadeiras despertaram o entusiasmo das crianças. Nenhuma diferença do que ocorria em épocas passadas.

Dia das crianças das antigas

Algo surpreendente foi a adesão das meninas a brincadeiras tradicionalmente dominadas pelos meninos, como o futebol, o jogo de gudes e até mesmo o badogue. Talvez as jovens de hoje já não tenham tanto melindre em participar dessas atividades, ou, por não conhecer algumas delas, simplesmente participaram sem os tabus que antigamente existiam.

Meninas jogando gude

Agradecemos à diretoria da Escola Municipal Adenil Falcão pela disponibilidade e atenção. Além de muito divertida, a experiência foi reveladora. Brincadeiras que privilegiem a sociabilidade ainda funcionam muito, basta que estejam disponíveis. Veja mais alguns momentos:

Brincadeira antiga em Feira

Brincadeiras antigas em Feira de Santana

Brincadeiras antigas em Feira de Santana

Brincadeira antiga em Feira


Sobre o (a) autor (a):