Rio Jacuípe

Zé Neto

Zé Neto é pré-candidato a Prefeito de Feira

PT lança pré-candidatura a prefeito de Feira Na tarde do último sábado (13), a executiva, o diretório, a militância, filiados e simpatizantes do Partido dos Trabalhadores (PT) se reuniram em Feira e decidiram por unanimidade lançar a pré-candidatura de Zé Neto para prefeito de Feira de Santana. Prefeito Colbert Martins completa um ano de governo Na quarta-feira (10), Colbert completou um ano no cargo de prefeito, e o líder do governo na Câmara de Vereadores, Marcos Lima, soltou essa: “O povo ainda sente saudade de José Ronaldo”. Ex-prefeito Tarcísio Pimenta é condenado por improbidade administrativa A pedido do Ministério Público

Artistas feirenses levam projeto para a África

O projeto “Circulação da Música Afro-Baiana 2019” levará o produtor cultural Uyatã Rayra e os músicos Bel da Bonita e Ravel Conceição do grupo musical Africania para África do Sul e Moçambique. A circulação internacional teve início na sexta-feira (5), extendendo-se até o dia 22 de abril. Oriundos de Feira de Santana, os integrantes do projeto pretendem estabelecer um intercâmbio entre a cultura musical da Bahia e dos países visitados. Serão ministradas oficinas rítmicas de Samba de Roda do Sertão e de Forró Pé-de-Serra, além de uma palestra sobre as influências do samba nos ritmos de forró. O cronograma conta

Crescimento do Bolsa Família em Feira

Há margem para ampliação do Bolsa Família em Feira

Em março, o número de beneficiários do Programa Bolsa Família (PBF) em Feira de Santana estava aquém do estimado pelo Ministério da Cidadania, o recauchutado Ministério do Desenvolvimento Social de tempos atrás. Segundo o órgão, 31.662 famílias foram contempladas com o benefício no mês passado, o que corresponde a 66,94% da estimativa de famílias pobres no município. Isso significa que, potencialmente, um terço das famílias com perfil para o programa não recebe o benefício. O Ministério da Cidadania constata que o “município está abaixo da meta do programa”. E recomenda a realização de “busca ativa para localizar famílias que estão

Mudança Secretaria da Educação

Mudança à vista na Secretaria de Educação

Vereadores da base governista criticam o Secretário Edson Borges Pablo Roberto, José Carneiro e João Bililiu criticaram publicamente o Secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Edson Borges, porque alguns artistas da terra ficaram de fora da Micareta deste ano. É isso que chamamos de fogo amigo! Por falar em festa, comemoraram aniversário… A Guarda Civil Municipal de Feira de Santana, que completou na segunda-feira (25), 126 anos de existência. E um buraco na Rua Visconde do Mauá, no Bairro Caseb, em Feira de Santana, ganhou até um buquê de flores dos moradores para comemorar seu 1º aniversário. E quem não

Nilda Carvalho Cunha

A feirense que foi presa e torturada na Ditadura

O período da Ditadura Militar no Brasil, iniciado a partir do golpe que depôs o Presidente João Goulart em 1964, ficou marcado por práticas autoritárias como a censura, a tortura e o desaparecimento de opositores do Regime. Entre os abusos cometidos pelo Estado naquela época, está a prisão e tortura de Nilda Carvalho Cunha, a feirense que tinha apenas 17 anos quando foi presa e torturada, por suspeita de associação à militante de esquerda Iara Iavelberg. Pouco tempo depois de sua prisão, carregando as sequelas da tortura, Nilda morreu. A seguir, o relato completo da história de Nilda Carvalho, retirado

Feira terá aula-show de Samba Chula, com Roberto Mendes

O cantor, compositor e violonista Roberto Mendes se apresenta em Feira de Santana neste sábado (13), no Teatro do Centro Universitário de Cultura e Arte (CUCA), a partir das 19 horas. Antes do show, o artista participa de um bate-papo que terá como tema “Chula: comportamento traduzido em canção“.

“Vai ser uma conversa sobre a origem do samba chula e como ele se configura na atualidade”, explica Tércia Souza, produtora do evento e aluna do Programa de Pós-Graduação Gestão e Tecnologias Aplicadas à Educação (Gestec) da Uneb, que desenvolve pesquisa sobre o Samba de Roda de Pilão, em Tanquinho (BA).

Ela também ressalta o princípio de indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão. “Esse encontro objetiva promover reflexões sobre a importância de conciliar ações acadêmicas com as demandas da comunidade e assim contribuir para uma formação mais solidária e humana”, concluiu.

Samba chula é uma manifestação popular que se encontra na região que abrange Maracangalha, São Francisco do Conde, Terra Nova, Teodoro Sampaio, Saubara e Santo Amaro. As chulas são miniaturas poéticas que tratam dos assuntos da vida, retratando aspectos do cotidiano e dando conselhos, alertas e “sotaques” para quem precisa ouvir.

Quem é Roberto Mendes

Natural de Santo Amaro da Purificação, Roberto Mendes estuda o samba chula há mais de três décadas, ele é um artista conceituado nacionalmente, já lançou nove CD’s e tem músicas gravadas por diversos nomes da MPB, entre os quais, Gal Costa, Margareth Menezes, Daniela Mercury, Maria Creuza, Raimundo Sodré e Zezé Motta.

 

Bethânia inclusive obteve muito sucesso com algumas composições dele, a exemplo de “Filosofia pura” (em dueto com Gal Costa), “A bela e o mar”, “Vida vã” e “Vila do adeus”, estas fruto da parceria de Roberto e Jorge Portugal, e “Resto de mim”, dele e de Ana Basbaum.

Convidados

O evento conta ainda com a participação da cantora Maryzélia e dos cantores e compositores Dionorina e Carlos Pitta. Nomes de gerações diferentes que fazem parte da história da música, especialmente em Feira de Santana.

Os interessados podem entrar em contato com a organização do evento através do email: terciassouza@gmail.com ou pelo telefone (75) 99171-6321. Os ingressos serão vendidos no local.

Recapitulando…

O quê: Show e bate-papo com Roberto Mendes com o tema “Chula: comportamento traduzido em canção”.

Quem: Roberto Mendes com participação de Maryzélia, Dionorina e Carlos Pitta.

Onde: Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca) – Rua Conselheiro Franco, nº66 – Centro, Feira de Santana – BA.

Quando: Sábado, dia 13 de maio de 2017, a partir das 19 horas.

Acesso: Ingressos no local, por R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

 


Sobre o (a) autor (a):