Rio Jacuípe

Jogo de Nonô

O jogo de Nonô

“Tira a mão do ovo, Nonô!”, protesta Toinho Cabeção quando o coroa de 86 anos chega para almoçar. É assim todo início de mês: Nonô chega na lanchonete do Centro Mandacaru apoiando uma mão na bengala e a outra oscilando entre o bolso e algumas coçadinhas no meio da calça. Ele não terceiriza o saque da aposentadoria, tanto por vigilância orçamentária quanto por deleite ritualístico: após ir ao banco, compra os remédios do mês, apara o cabelo que lhe resta e arrisca tornar-se milionário nos seis números da mega. “Jogar na mega pra onde, Nonô? Vai gastar esse milhão com

Colbert e Targino

Targino e Colbert trocam farpas

Sem informação Após a população do Conjunto Viveiros realizar uma manifestação por conta da falta de médico no Posto de Saúde da localidade, o prefeito Colbert Martins disse o seguinte: “não tinha informação que o posto médico do Viveiros estava tanto tempo (cerca de sete meses) sem médico”. Targino cobra afastamento da Secretária de Saúde e do Procurador do município O Deputado Estadual Targino Machado (DEM), durante pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa da Bahia, nesta terça-feira, 21, cobrou do prefeito de Feira de Santana, o afastamento da Secretária Municipal de Saúde, Denise Mascarenhas, e do Procurador do município, Cleudson

Roberto Mendes

Roberto Mendes faz show na Cidade da Cultura

Um dos maiores artistas que a Bahia produziu estará em Feira de Santana na próxima quinta-feira: o cantor, compositor e ativista santamarense Roberto Mendes faz show na Cidade da Cultura, um dos principais espaços culturais de Feira de Santana. Mendes apresentará um show com tema caro a Feira de Santana: “A chula do Recôncavo com o Canto do Sertão”. Situada entre o Recôncavo e o Sertão, Feira tem a oportunidade de se reconhecer na apresentação de um notável defensor do Samba da Bahia, e do Samba antes do Samba, como ele diz, se referindo à Chula. Ele caracteriza a Chula

Os protestos em Feira de Santana

Os protestos em Feira de Santana

Os protestos em Feira de Santana Milhares de manifestantes foram às ruas do centro de Feira de Santana, protestar contra os cortes de verbas da educação, anunciados pelo MEC. Bolsonaro, Rui Costa e Colbert também foram alvos das críticas. Os três chefes do executivo estavam em viagem oficial Bolsonaro nos Estados Unidos, Rui, na China e Colbert, novamente, em Brasília, para tratar de diversos assuntos, dentre os quais o Hospital da Mulher, onde em menos de uma semana 03 bebês morreram devido à grande demanda e a falta de leitos nas maternidades do município. Professores da UEFS contra os cortes

Desemprego em Feira

Emprego formal se reduz no primeiro trimestre em Feira

No primeiro trimestre de 2019 o desemprego voltou a mostrar as suas garras aqui na Feira de Santana. Foram, no saldo, 480 empregos a menos, no saldo entre admissões (8,7 mil) e demissões (9,1 mil). Os mais penalizados foram os comerciários: no saldo, enxugaram-se 162 oportunidades para esses profissionais. Alguém mais otimista pode enxergar, aí, aquele movimento natural de dispensa do excedente que foi contratado para as festas de final de ano. O preocupante, porém, é que a redução de empregos alcançou atividades que não se relacionam diretamente ao vaivém natural do comércio. É o caso da construção civil, que

Anelis Assumpção toca Peter Tosh em Feira

O Feira Coletivo Cultural, composto por produtores culturais, comunicadores, designers, artistas e profissionais de diversas áreas que militam pela Cultura em Feira de Santana, está trazendo mais uma vez para a cidade a talentosa cantora e compositora paulista Anelis Assumpção, na próxima quinta-feira (2 de junho), a partir das 20h30, no Teatro Margarida Ribeiro. É o retorno da artista à cidade, aonde viera para o debute em 2015, regressando com um novo show, uma temática diferente e a expectativa de uma grande noite.

Não dá para restringir a sonoridade de Anelis Assumpção a algum gênero imediato. Ela faz música contemporânea, algo bastante abrangente, como se fosse uma nova música popular brasileira. Tem uma voz segura, ao mesmo tempo suave, além de forte. Dessa maneira ela canta o amor, expressa a individualidade, explana o tempo e entoa o nós.

Anelis está ao lado das novíssimas referências da MPB, a exemplo de Baiana System (do feirense Russo Passapusso), Tulipa Ruiz, Marcia Castro, Criolo e Emicida.

Agora, Anelis e banda trarão para Feira de Santana uma novidade, diferente do tradicional show intitulado de “Anelis Assumpção e os Amigos Imaginários”. Nesse novo projeto a intenção é evidenciar a forte influência da música jamaicana em suas composições, fazendo uma viagem ao conceituado disco “Legalize It”, o primeiro álbum solo do lendário cantor Peter Tosh. O disco está completando 40 anos de lançamento.

A ideia dessa é fazer uma grande celebração ao reggae, que, nesse período de impulso do “Legalize It”, teve um momento especial para sua efervescência artística, quando Tosh e outros ícones do gênero lançaram álbuns emblemáticos que contribuíram para a ascensão e escalada dos sons jamaicanos pelo mundo.

O “Legalize It” mostra a juventude de Peter Tosh, cheio de preocupações sociais e políticas, ao mesmo tempo brincalhão e alegre, tentando propagar a sua mensagem. Um álbum rico e diverso. É um dos mais brilhantes registros do reggae em toda a história. Assim, Anelis Assumpção vai traduzir essa memória com sua voz impecável e que remeterá a uma noite imperdível para os/as fãs da cultura jamaicana.

Recapitulando…

O quê: Feira Coletivo apresenta Legalize It – Anelis Assumpção toca Peter Tosh
Quem: Anelis Assumpção e banda
Onde: Teatro Margarida Ribeiro, rua José Pereira Mascarenhas, nº 409 – Bairro Capuchinhos, Feira de Santana – Bahia
Quando: Quinta, 2 de junho, a partir das 20h30
Quanto: R$ 20


Sobre o (a) autor (a):