Rio Jacuípe

Jogo de Nonô

O jogo de Nonô

“Tira a mão do ovo, Nonô!”, protesta Toinho Cabeção quando o coroa de 86 anos chega para almoçar. É assim todo início de mês: Nonô chega na lanchonete do Centro Mandacaru apoiando uma mão na bengala e a outra oscilando entre o bolso e algumas coçadinhas no meio da calça. Ele não terceiriza o saque da aposentadoria, tanto por vigilância orçamentária quanto por deleite ritualístico: após ir ao banco, compra os remédios do mês, apara o cabelo que lhe resta e arrisca tornar-se milionário nos seis números da mega. “Jogar na mega pra onde, Nonô? Vai gastar esse milhão com

Colbert e Targino

Targino e Colbert trocam farpas

Sem informação Após a população do Conjunto Viveiros realizar uma manifestação por conta da falta de médico no Posto de Saúde da localidade, o prefeito Colbert Martins disse o seguinte: “não tinha informação que o posto médico do Viveiros estava tanto tempo (cerca de sete meses) sem médico”. Targino cobra afastamento da Secretária de Saúde e do Procurador do município O Deputado Estadual Targino Machado (DEM), durante pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa da Bahia, nesta terça-feira, 21, cobrou do prefeito de Feira de Santana, o afastamento da Secretária Municipal de Saúde, Denise Mascarenhas, e do Procurador do município, Cleudson

Roberto Mendes

Roberto Mendes faz show na Cidade da Cultura

Um dos maiores artistas que a Bahia produziu estará em Feira de Santana na próxima quinta-feira: o cantor, compositor e ativista santamarense Roberto Mendes faz show na Cidade da Cultura, um dos principais espaços culturais de Feira de Santana. Mendes apresentará um show com tema caro a Feira de Santana: “A chula do Recôncavo com o Canto do Sertão”. Situada entre o Recôncavo e o Sertão, Feira tem a oportunidade de se reconhecer na apresentação de um notável defensor do Samba da Bahia, e do Samba antes do Samba, como ele diz, se referindo à Chula. Ele caracteriza a Chula

Os protestos em Feira de Santana

Os protestos em Feira de Santana

Os protestos em Feira de Santana Milhares de manifestantes foram às ruas do centro de Feira de Santana, protestar contra os cortes de verbas da educação, anunciados pelo MEC. Bolsonaro, Rui Costa e Colbert também foram alvos das críticas. Os três chefes do executivo estavam em viagem oficial Bolsonaro nos Estados Unidos, Rui, na China e Colbert, novamente, em Brasília, para tratar de diversos assuntos, dentre os quais o Hospital da Mulher, onde em menos de uma semana 03 bebês morreram devido à grande demanda e a falta de leitos nas maternidades do município. Professores da UEFS contra os cortes

Desemprego em Feira

Emprego formal se reduz no primeiro trimestre em Feira

No primeiro trimestre de 2019 o desemprego voltou a mostrar as suas garras aqui na Feira de Santana. Foram, no saldo, 480 empregos a menos, no saldo entre admissões (8,7 mil) e demissões (9,1 mil). Os mais penalizados foram os comerciários: no saldo, enxugaram-se 162 oportunidades para esses profissionais. Alguém mais otimista pode enxergar, aí, aquele movimento natural de dispensa do excedente que foi contratado para as festas de final de ano. O preocupante, porém, é que a redução de empregos alcançou atividades que não se relacionam diretamente ao vaivém natural do comércio. É o caso da construção civil, que

Coletivo Unidos pelo Samba comemora 1 ano com roda de samba

O Coletivo Unidos pelo Samba, que nasceu com o propósito de valorizar a movimentação cultural em torno do samba em Feira de Santana, está completando 1 ano de existência, e irá comemorar o aniversário com uma roda de samba onde participarão dezenas de sambistas feirenses. A ideia é comemorar a solidificação de um movimento inédito, de afirmação do samba como um dos principais elementos culturais de Feira de Santana.

O Unidos pelo Samba trouxe os seguintes princípios em sua carta de fundação:

  • Valorizar os compositores de Samba de Feira de Santana, buscando espaços viáveis para apreciação do samba de raiz feirense;
  • Discutir formas viáveis de produção, divulgação e apresentação do samba feirense;
  • Fomentar eventos e espaços onde possa haver a apreciação do samba na cidade;
  • Promover a interlocução entre sambistas feirenses e de outras localidades, visando o fortalecimento do Samba como movimento cultural em Feira de Santana;
  • Garantir espaço proporcional e justo do Samba nos investimentos dos poderes públicos (municipal, estadual e federal) com cultura em Feira de Santana;
  • Incluir o Samba como elemento cultural digno de atenção da opinião pública;
  • Qualificar a produção do samba feirense.

Com reuniões periódicas (todas as quartas-feiras à noite), o coletivo angariou o apoio da imprensa, da comunidade e dos diversos movimentos culturais existentes na cidade. “Nosso sonho se tornou realidade. Esse é o primeiro de muitos anos que estão por vir”, diz o cantor Mimiro, considerado um dos mais tradicionais sambistas de Feira.

“Hoje o samba já é visto e reconhecido. Temos um espaço, uma referência. Ainda há muito para conquistar, mas já temos motivos suficientes para comemorar”, diz Jules Rimer, proprietário do Bar Point Universitário, um dos celeiros do samba na cidade, que recepcionará a roda de samba de aniversário no próximo domingo.

Unidos pelo Samba na Micareta

O “arrastão” do Unidos pelo Samba na Micareta

O percussionista Binho Chumbinho lembra que a união é o ponto forte do Coletivo: “o samba só existe com colaboração, união e harmonia. O samba é agregador, e expressa muito do que o povo brasileiro, baiano e feirense é. Por isso o coletivo é fundamental, ele eleva esses valores do próprio samba!”.

A roda de samba de aniversário ocorre no domingo (7 de agosto), no bar Point Universitário, na Avenida Juracy Magalhães (S/N), a partir das 10h da manhã. O bar fica atrás da Matiz Tintas da Avenida João Durval.

Não deixe o samba morrer! Compareça!


Sobre o (a) autor (a):