De arrepiar! O novo clipe da banda feirense Calafrio

A banda feirense Calafrio acaba de lançar seu novo clipe, “A mão Pesada do Destino”, uma produção cinematográfica de primeiríssima qualidade, que pode ser comparada a clipes produzidos para o mercado nacional – mesmo sendo uma produção independente. A Calafrio é uma banda com 11 anos de estrada e três discos lançados (“Ácido Céu”, “Para Ambos os Lábios” e “Bater de Frente”). Após algumas mudanças em sua composição hoje conta com Pedro Patrocínio (Guitarra e Vocal), Siddhartha Gautama (Vocal e Guitarra), Robson Sousa (Bateria) e Bruno Mendes (Baixo). O clipe foi gravado em um dos mais tradicionais redutos da boemia feirense, o

Raimundo de Oliveira

Raimundo de Oliveira: o pintor feirense que expôs em Paris e Nova York

“O profeta Raimundo, grande da pintura brasileira, carregado de drama, de solidão e de pecado, é no entanto o mais alegre e terno, o mais puro e numeroso, jamais sozinho pois sua palavra é de solidariedade e sua mensagem é o amor entre os seres humanos, é a alegria fluindo dos pincéis e de seu coração. É o profeta de Feira de Sant’Ana, lá vem montado em seu jumento e vai levar sua carga de amor aos confins do mundo”. Assim o escritor Jorge Amado descreveu o artista feirense Raimundo Falcão de Oliveira, um dos maiores nomes das artes plásticas

Santini & Trio

Santini & Trio vence o Prêmio Caymmi de Música

Feira de Santana foi destacada no Prêmio Caymmi de música, que pode ser considerada a principal premiação da música baiana na atualidade. Concorrendo com iniciativas musicais de todo o estado, o grupo feirense Santini & Trio foi vencedor na categoria “Melhor Banda”. O prêmio de melhor instrumentista também veio para Feira de Santana, entregue ao baterista Flaviano Gallo (integrante do Santini & Trio).   Integram o grupo o guitarrista Rony Santini, o baterista Flaviano Gallo, o pianista e acordeonista Rogério Ferrer e o baixista Anderson Silva.   Um orgulho para quem é feirense e (re)conhece a qualidade da nossa música

Justiniano entra com Mandado de Segurança contra José Ronaldo

Está no portal do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) um pedido de Mandado de Segurança impetrado pelo vereador eleito e atual secretário de Serviços Públicos da Prefeitura Municipal de Feira de Santana, Justiniano França. Justiniano, através da advogada Lady Daiane da Silva, alega ter pedido exoneração do cargo, tendo sido a solicitação indeferida pela Prefeito Municipal José Ronaldo. O pedido de liminar já foi julgado pelo Juiz Gustavo Rubens Hungria, que deu o prazo de 5 dias para que o Prefeito exonere o Secretário, sob pena de multa de R$1.000,00 mil reais: Veja aqui a decisão na íntegra! Fontes

Estrada Feira-Serrinha

Viagem entre Feira e Serrinha segue como calvário

Apenas 65 quilômetros separam Feira de Santana de Serrinha através da BR 116 Norte. O intercâmbio entre as duas cidades é intenso: muita gente sai daquela cidade para fazer compras e acessar serviços por aqui, em função dos preços mais em conta; outros buscam atendimento especializado na área de saúde; há aqueles que residem numa cidade e trabalham na outra, robustecendo o fluxo entre as duas localidades; estudantes de Serrinha são alunos da Uefs e de outras instituições de ensino superior feirenses; e não falta quem resida na Feira de Santana, mas frequente o campus da Uneb lá em Serrinha,

Como telhados brancos reduzem o calor – Políticas para Feira se Inspirar #5

Em 2009 a Prefeitura de Nova York criou um programa visando pintar de branco o máximo possível de telhados da cidade. O objetivo da medida é reduzir o consumo de energia dos moradores e, assim, o impacto que causam no meio ambiente. Isso porque, com os telhados pintados de branco, a temperatura no interior de um edifício pode cair até 30%, diminuindo os gastos com ar-condicionado e, consequentemente, a emissão de gases do efeito estufa, o que, em última análise, ajuda a controlar os efeitos nocivos do aquecimento global.

Enquanto os telhados pretos ou escuros absorvem a energia do sol quase completamente, os brancos refletem os raios solares, dispersando o calor. Para realizar o trabalho, a Prefeitura de Nova York se utilizou da disposição de jovens voluntários, que atuaram como pintores temporários.

O interessante é que, além de tudo, as tintas brancas utilizadas impermeabilizam e protegem os telhados, evitando a proliferação de fungos, por exemplo.

A diferença dos raios solares refletidos em telhados escuros e telhados brancos

A diferença dos raios solares refletidos em telhados escuros e telhados brancos

Quando foi implementado em NY, qualquer edifício podia participar do programa. A cidade fechou acordos com lojas de tinta, que forneceram parte do material necessário. Embora qualquer construção pudesse se “voluntariar”, os grandes edifícios foram priorizados, locais onde a economia de energia é maior.

No início, os tetos mais pintados foram de universidades, bibliotecas e edifícios públicos, além de blocos de apartamentos de moradores de baixa renda.

O site “Casa Claudia” fez uma matéria interessante sobre o tema, mostrando o quanto a medida pode ser eficiente:

“A arquiteta Mariana Goulart mediu o impacto da mudança de cor na prática. Em seu mestrado no IAU, experimentou estratégias para melhorar o conforto térmico em uma escola de Maringá (PR). Aconselhada pelo arquiteto João Filgueiras Lima, o Lelé, pintou de branco o teto de concreto de uma das salas de aula e mediu os resultados.

Em um dos horários mais quentes do dia, às 15h30, a temperatura do ar na sala pintada era 2 °C menor do que a das classes vizinhas. E a laje estava 5 °C mais fresca do lado de dentro. ‘A pintura melhora a temperatura superficial externa e interna, diminuindo o calor que entra pela cobertura’, concluiu a pesquisadora. Mas telhados brancos podem afetar área muito maiores do que uma só construção.”

Para uma cidade como Feira de Santana, não é demais pensar em uma equipe do poder público que inicie a realização desse tipo de trabalho, pelo menos em grandes edifícios e construções da cidade.

 

Leia mais sobre telhados brancos aqui, aqui e aqui.


Sobre o (a) autor (a):