União Médica

Crianças feirenses com Câncer recebem presente único

É muito comum que pessoas diagnosticadas com câncer tenham uma mudança grave em seu estilo de vida. O tratamento envolve desgastes físicos e emocionais significativos, exigindo um esforço pessoal e familiar fora do comum. No caso das crianças com câncer, a dificuldade se aprofunda, já que a infância é um período fundamental para o desenvolvimento da personalidade e do caráter de todo indivíduo. Nesse sentido, o ambiente familiar e social saudável torna-se imprescindível para compensar as dificuldades trazidas pela doença. A criança com câncer não pode ser menos criança: deve ter acesso a diversões, brincadeiras, atenção e inventividade próprios da

SAMU

Trote para o SAMU terá multa em Feira

O Governo Municipal sancionou a Lei 3.761, de 9 de outubro de 2017, que dispõe sobre a imputação de multas para os praticantes de trotes contra o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, o SAMU. Veja alguns artigos da Lei: Art. 1º – Fica passível de multa os proprietários de linhas telefônicas cujos aparelhos sejam utilizados para a prática de trotes contra o SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Art. 2º – Identificando o número do telefone do infrator, este será encaminhado pelo SAMU através de um relatório às respectivas empresas telefônicas para que as mesmas forneçam os nomes

Desemprego em Feira de Santana

Emprego em Feira pode alcançar quarto ano de saldo negativo

Semana passada houve um festivo balanço sobre o desempenho da economia brasileira nos oito primeiros meses do ano. Em meio aos confetes, às autocongratulações, ao otimismo acerca do futuro redentor, alguém ponderou que é precoce assegurar que o pior já passou para o mercado de trabalho. Mas a advertência se perdeu em meio à algazarra que busca sufocar os vexatórios escândalos de corrupção que, a cada semana, ganham um novo capítulo, envolvendo Michel Temer (PMDB-SP), o mandatário de Tietê, e sua retaguarda palaciana. O raciocínio é oportuno, conforme uma análise superficial sobre os números mais recentes atesta. Embora registre tênue

Ensino Religioso

Escola sem partido, mas com religião

Quando criança, assisti às inevitáveis aulas de religião na escola. A professora era uma espécie de beata, muito afável e risonha, que frequentava a igreja católica ali do Alto do Cruzeiro, nas imediações do Sobradinho. Naqueles tempos, boa parte da população era católica. Eu próprio tive formação católica: assim, embora não me recorde mais do conteúdo das aulas, lembro que aquilo não me causava estranhamento. Tudo mudou quando cheguei à antiga sétima série, noutra escola: autoritária e intolerante, a professora provocava estranhamento e, não raras vezes, ojeriza à classe. Cavoucando a memória, recordo de uma freira que, uma vez por

Eliana Lima

Entrevista com Eliana Lima [Feirenses TV]

A Feira do Livro – Festival Literário e Cultural de Feira de Santana – nasceu da necessidade de despertar os dirigentes de instâncias públicas, privadas e filantrópicas para a importância de implementar políticas públicas do livro e da leitura na sociedade, e assim possibilitar o acesso de pessoas das diversas esferas sociais ao universo da leitura e das realizações culturais. A Feira já se consolidou como um evento importante para reunião de pessoas em torno da arte, da cultura e do entretenimento. Ela vem se constituindo como uma ação sociocultural que visa a potencializar a formação do leitor de todas

Por que a atual seca em Feira de Santana é uma das mais graves dos últimos anos

Quem vive na Zona Urbana de Feira de Santana, nas últimas semanas, tem buscado formas de amenizar o calor: utilizando ventiladores e condicionadores de ar, vestindo-se de maneira mais leve, consumindo produtos refrescantes (picolés, sorvete e afins) e por aí vai. Essas são opções viáveis para quem tem água encanada e renda para dirigir-se ao supermercado mais próximo e comprar alimentos frescos e refrigerados, mesmo com os preços um tanto mais caros. Infelizmente, quando se trata da Zona Rural de Feira de Santana, o problema é muito, muito mais complexo.

Em recente matéria no Acorda Cidade, os repórteres Ney Silva e Rachel Pinto mostraram os desafios de quem vive nas imediações do Distrito de Maria Quitéria (São José). Há dificuldades de encontrar água para beber, cozinhar e lavar. Um relato de uma entrevistada: “Passamos muitas dificuldades principalmente com as crianças e com os idosos. Não temos água encanada e nem outros reservatórios. As crianças ficam nuas porque não suportam o calor e não há água para tomar banho toda hora. A única água que temos é a que vamos buscar no Rio Jacuípe. Uma água de coloração verde. Passamos com essa água para fazer nossas coisas”.

Leia aqui a matéria do Acorda Cidade!

A seca em Feira de Santana nos últimos anos

Observando a incidência da seca em Feira de Santana nos últimos anos, constatamos que o município está enfrentando uma situação muito grave, em relação aos dois anos anteriores. A seguir, os mapas da seca na região, fornecidos pelo Monitor de Secas do Nordeste do Brasil, da Agência Nacional de Águas:

A seca em Feira de Santana

Os mapas mostram que, em dezembro de 2014, Feira de Santana não registrou seca. Em 2015, tivemos uma seca de intensidade grave. Em 2016, a intensidade da seca foi classificada como extrema. Isso significa que há grandes perdas de cultura e pastagem, além de escassez de água generalizada.

Situação de Emergência

Desde agosto de 2016 que o município de Feira de Santana está em situação de emergência por conta da seca. Trata-se de uma medida legal adotada em situação anormal, que embora não exceda a capacidade inicial de resposta do município, requer
auxílio complementar do estado ou da União para ações de socorro e de recuperação.

O secretário de Agricultura de Feira de Santana, Joedilson Machado, em recente declaração, afirmou que o abastecimento de água em áreas da zona rural onde o problema é mais grave está sendo realizado com 12 caminhões, entre da frota própria, locados e da Defesa Civil.

Joedilson Machado ainda afirmou que técnicos do Exército recentemente estiveram no município e fizeram uma pesquisa no campo e observaram a situação. A visita pode aumentar a frota de caminhões-pipa cedidos pelo Exército.

Já o Secretário de Desenvolvimento Rural da Bahia, Gerônimo Rodrigues, prometeu, em recente visita à cidade um mutirão para reduzir os efeitos da seca em Feira e outros municípios baianos.

Que a chuva caia, e que as autoridades dêem o apoio necessário ao nosso “povo da roça”!


Sobre o (a) autor (a):