Santini & Trio

Santini & Trio vence o Prêmio Caymmi de Música

Feira de Santana foi destacada no Prêmio Caymmi de música, que pode ser considerada a principal premiação da música baiana na atualidade. Concorrendo com iniciativas musicais de todo o estado, o grupo feirense Santini & Trio foi vencedor na categoria “Melhor Banda”. O prêmio de melhor instrumentista também veio para Feira de Santana, entregue ao baterista Flaviano Gallo (integrante do Santini & Trio).   Integram o grupo o guitarrista Rony Santini, o baterista Flaviano Gallo, o pianista e acordeonista Rogério Ferrer e o baixista Anderson Silva.   Um orgulho para quem é feirense e (re)conhece a qualidade da nossa música

Justiniano entra com Mandado de Segurança contra José Ronaldo

Está no portal do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) um pedido de Mandado de Segurança impetrado pelo vereador eleito e atual secretário de Serviços Públicos da Prefeitura Municipal de Feira de Santana, Justiniano França. Justiniano, através da advogada Lady Daiane da Silva, alega ter pedido exoneração do cargo, tendo sido a solicitação indeferida pela Prefeito Municipal José Ronaldo. O pedido de liminar já foi julgado pelo Juiz Gustavo Rubens Hungria, que deu o prazo de 5 dias para que o Prefeito exonere o Secretário, sob pena de multa de R$1.000,00 mil reais: Veja aqui a decisão na íntegra! Fontes

Estrada Feira-Serrinha

Viagem entre Feira e Serrinha segue como calvário

Apenas 65 quilômetros separam Feira de Santana de Serrinha através da BR 116 Norte. O intercâmbio entre as duas cidades é intenso: muita gente sai daquela cidade para fazer compras e acessar serviços por aqui, em função dos preços mais em conta; outros buscam atendimento especializado na área de saúde; há aqueles que residem numa cidade e trabalham na outra, robustecendo o fluxo entre as duas localidades; estudantes de Serrinha são alunos da Uefs e de outras instituições de ensino superior feirenses; e não falta quem resida na Feira de Santana, mas frequente o campus da Uneb lá em Serrinha,

Meia Noite em Feira

Meia noite em Paris Feira

Meia-Noite em Paris é uma das obras primas do mestre Woody Allen. Como de costume, ele narra sobre a vida. Logo após a projeção ficamos com aquele ar de reflexão sobre onde nos encontramos no momento, se gostamos do jeito que estamos vivendo, como nos relacionamos e como devemos encarar algumas realidades. Em certo momento do longa, o personagem Gil (Owen Wilson) faz a seguinte pergunta: “Como esta cidade pode ser tão mágica?”. Gil se encanta por Paris. Enxerga o que aquela cidade pode oferecer. Se sente bem ali, absorve inspiração para seus projetos e o faz refletir, repetidamente, se

Neblina em Feira de Santana

Densos nevoeiros nas manhãs feirenses de inverno

Os dias começam a ficar mais quentes na Feira de Santana. As baixas temperaturas registradas entre junho e julho – coisa rara nesses tempos de tanta discussão sobre aquecimento global – parece que não vão se repetir até o final do inverno. E ontem a serra de São José, envolta em frequentes chuviscos prateados e em névoa constante desde o início do inverno, amanheceu muito nítida, com o verde da vegetação renovada se insinuando e a palidez da rocha refletindo a luz límpida do sol. Quem saiu agasalhado precisou se despir, ajustar-se à temperatura elevada pelo calor vigoroso. Os nevoeiros

“Quarta em Feira” tem teatro, litaratura e música

O “Quarta em Feira”, projeto que viabiliza, em Feira de Santana, o encontro cultural com apresentações de espetáculos teatrais, músicos, poetas e outras artes terá uma edição de bastante qualidade nesta quarta, 26 de abril.

A atração principal da noite é os espetáculo “Matraga” que concorreu ao Prêmio Braskem de Teatro. A montagem do Grupo Conto em Cena, adaptada da obra de Guimarães Rosa, conta a saga de um homem em busca de sua redenção. Após uma surra que quase o levou à morte, ele acredita que sua sua hora de entrar no céu irá chegar e, através da fé, da comunhão e do trabalho, busca a regeneração dos seus pecados.

O espetáculo Matraga fica em cartaz mais três dias após o Quarta em Feira, dias 27, 28 e 29, às 20h, no teatro do CUCA.

Quarta em Feira

Além disso, o trabalho lítero-musical “Minha Bahia”, de Patrice de Moraes, interpretado interpretado pela talentosa Uendsa Mariáh fará parte da noite, juntamente com o lançamento “Do Coração dos Malditos”, do poeta Silvério Duque.

Leia aqui sobre o projeto “Minha Bahia”!

Na nota introdutória ao “Do Coração dos Malditos”, Lucifrance Castro escreve: “o título desta coletânea nasceu sob pretexto um pouco construtivista e de uma das marcas mais evidentes na poesia de Silvério Duque – a intertextualidade. Poucos poetas têm a capacidade de dialogar diretamente com o texto de outros e demonstrar uma relação de influência tão frutífera, sem medo de cair nas armadilhas da mera imitação”.

Vale a pena prestigiar esse momento artístico único nesta quarta, no CUCA.

Recapitulando…

O quê: Projeto Quarta em Feira

Quando: 26 de abril, quarta-feira, 19h30

Onde: CUCA

Quanto: R$30 reais (inteira) e R$15 reais (meia)


Sobre o (a) autor (a):