Festival de Samba de Feira de Santana

Feira de Santana terá seu primeiro Festival de Samba

O Coletivo Unidos Pelo Samba promove entre os dias 2 e 9 de dezembro o I Festival de Samba de Feira de Santana. O evento visa promover diálogos e experiências de valorização e reconhecimento do samba na cidade, além de comemorar o Dia do Samba (2 de dezembro). Pela primeira vez receberá esse tipo de evento, reunindo experiências e vivências de compositores, sambistas e admiradores do samba com o público em geral. Na programação, rodas de samba e rodas de conversa que acontecerão no Mercado de Arte Popular (MAP) e em outros pontos da cidade. De acordo com o cantor

Feira Noise Festival

Feira Noise começa nesta quinta

Começa nesta quinta-feira (24) e prossegue até o próximo domingo (26), a sétima edição do Festival Feira Noise. O evento é promovido pelo Feira Coletivo Cultural e contará com apresentações musicais de artistas de todo o Brasil,  além de espetáculos de dança, rodas de conversa, intervenções de artes visuais e outras atividades. Maior festival independente da Bahia, o Feira Noise será aberto na quinta, às 19 horas, no teatro do Centro de Cultura Amélio Amorim, com a palestra Delírios Utópicos, proferida pelo teórico da contracultura e pensador contemporâneo Cláudio Prado, colunista da Mídia Ninja. Também teremos no primeiro dia do

Roberto Kuelho

Roberto Kuelho ganha Prêmio Palco MP3 com CD Sense Bulir

Um ano após o lançamento do CD Sense Bulir, o cantor Roberto Kuelho colhe frutos de seu trabalho. O artista baiano, e feirense, é um dos ganhadores do Prêmio Palco MP3 na categoria “Word Music”. O prêmio é uma realização do Palco MP3, o maior portal de música independente do Brasil. Entre as músicas em destaque no site estão “Nem precisa ser amor” e “Bem no Auge”, que foi ouvida mais de 115 mil vezes. “Esse prêmio nos deixa feliz por ser os primeiros resultado de um trabalho feito com carinho. Mostra que nosso som está encontrando as pessoas certas”,

Ciro Gomes

A palestra completa de Ciro Gomes em Feira de Santana

O presidenciável, ex-ministro dos governos Itamar Franco, Lula e Dilma, um dos criadores do Plano Real e ex-Governador do Ceará, Ciro Gomes, esteve em Feira de Santana no dia 1 de novembro, palestrando na Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). Na oportunidade, respondeu a perguntas de alunos e professores da Universidade. Veja o evento na íntegra:  

Homicídios em Feira de Santana

Homicídios mais que dobraram em 20 anos em Feira

No dia 05 de julho de 1997 o extinto jornal Feira Hoje, diário que circulava aqui na Feira de Santana, divulgou um balanço da violência no primeiro semestre daquele ano. Comparando com o ano anterior, houve elevação: foram 77 homicídios e três latrocínios na primeira metade do ano; em 1996, os números foram mais favoráveis: 67 homicídios e quatro latrocínios. Na soma, 80 mortes violentas no primeiro semestre de 1997 e 71 no mesmo período do ano anterior. O levantamento também informava sobre as mortes em supostos confrontos com a polícia: foram 29 em 1996 e, no ano seguinte, o

O que tem neste domingo no Feira Noise Festival #FeiraMundo

Hoje é o último dia do maior festival de artes integradas da Bahia. Nos últimos dias os feirenses prestigiarem grandes bandas brasileiras passando pelo palco do Teatro de Arena do Amélio Amorim, como Maglore, Cascadura, Clube de Patifes e I.F.Á. Afrobeat. Neste domingo não será diferente. Veja a seguir a  empolgante lista de atrações:

Domingo, 13h: Roça Sound

Explorando sonoridades entre a Cultura Nordestina, Rap, Dembow, Reggae e Dance Hall, o grupo Roça Sound possui letras que falam do cotidiano variando entre o social e o sentimental. Tendo o suingue como marca, essa equipe vem com referências nordestinas unificadas ao “Sound System” e ao “Bass Line” como forma de execução. Veja um aperitivo:

Domingo, 14h: Expedição Gatos Atômicos

A vertente principal da Expedição Gatos Atômicos remete a sonoridades do denominado indie rock. Eles surgiram com a proposta de fazer som original e que fosse reflexo das experiências passadas dos seus integrantes, sem deixar de estabelecer o foco no trabalho autoral. Confira:

 

Domingo, 14h50: Tabuleiro Musiquim

A Tabuleiro Musiquim é uma banda que possui uma sonoridade diferenciada por arranjos trabalhados com elementos do Rock e do Funk ligados pelos ritmos afro-brasileiros. Muito bom:

 

Domingo, 15h50: Clara Valente

Clara Valente é uma cantora e compositora carioca, e estará se apresentando pela primeira vez em Feira de Santana. A cantora iniciou em janeiro desse ano a turnê de lançamento do disco “Mil Coisas”, seu mais novo trabalho. O repertório autoral de “Mil Coisas” é uma performance musical vibrante, contemporânea e eclética, que vai do afrobeat ao tango, explorando referências nordestinas e eletrônicas. Veja o clipe:

 

Domingo, 16h50: Rapadura

Rapadura, ou mais conhecido como RAPadura Xique-Chico faz uma mescla ousada e inovadora do RAP com a cultura popular brasileira. Cearense de origem, Rapadura transmite a música falada inspirada em ritmos de dança da sua região. Sua obra é conhecida em todo país por carregar junto tradições nordestinas dentro do RAP, que é a sua vertente musical. Mas a embolada, o repente, o maracatu, a capoeira, as cantigas de roda, além do baião e do forró são ritmos que o inspiram a explanar a seca, o agricultor e os processos de urbanização na sua fala. Veja um pouco desse belo trabalho:

 

Domingo, 17h50: Far from Alaska

O quinteto surgido em 2012 nos apresenta riffs poderosos, sintetizadores bem elaborados, um vocal único, original e ainda com o arrojo de compor letras em inglês. A banda surgiu em Natal/RN, mas reside em São Paulo e conseguiu em pouco tempo se destacar ao ponto de tocar em um dos principais festivais do Nordeste (Do Sol), em um dos principais do Brasil (Planeta Terra) e de quebra foi presença destacada no Lollapalooza em 2015, um ano especial para a banda. Confira uma dose da banda:

 

Domingo, 18h50: Calafrio

Banda genuinamente feirense, a Calafrio se consolida por fazer rock sem ter a necessidade de esconder sua versatilidade de também produzir sonoridades que não negam seu potencial pop. Veja o novo clipe da banda:

 

Domingo, 19h50: Vespas Mandarinas

Vespas Mandarinas é uma banda de rock criada na cidade de São Paulo. O nome do grupo é oriundo do inseto homônimo, nativo da Ásia, igualmente conhecido como “Zangão Japonês” ou “Vespa Assassina” e que figura no topo da lista dos insetos mais perigosos do planeta. Conheça o som das Vespas:

 

Domingo, 21h00: Supercombo

Com suas melodias e harmonias imprevisíveis, a banda é um misto de talento e criatividade, capaz de produzir uma variedade de sons com os cuidados técnicos necessários. Guitarras com afinações fora do comum, teclados, sintetizadores e letras que nos passam lições, histórias e sonhos possíveis. A Supercombo é uma banda de rock, original e sem receios em evidenciar seu potencial pop. Divirta-se:


Sobre o (a) autor (a):