Festival de Samba de Feira de Santana

Feira de Santana terá seu primeiro Festival de Samba

O Coletivo Unidos Pelo Samba promove entre os dias 2 e 9 de dezembro o I Festival de Samba de Feira de Santana. O evento visa promover diálogos e experiências de valorização e reconhecimento do samba na cidade, além de comemorar o Dia do Samba (2 de dezembro). Pela primeira vez receberá esse tipo de evento, reunindo experiências e vivências de compositores, sambistas e admiradores do samba com o público em geral. Na programação, rodas de samba e rodas de conversa que acontecerão no Mercado de Arte Popular (MAP) e em outros pontos da cidade. De acordo com o cantor

Feira Noise Festival

Feira Noise começa nesta quinta

Começa nesta quinta-feira (24) e prossegue até o próximo domingo (26), a sétima edição do Festival Feira Noise. O evento é promovido pelo Feira Coletivo Cultural e contará com apresentações musicais de artistas de todo o Brasil,  além de espetáculos de dança, rodas de conversa, intervenções de artes visuais e outras atividades. Maior festival independente da Bahia, o Feira Noise será aberto na quinta, às 19 horas, no teatro do Centro de Cultura Amélio Amorim, com a palestra Delírios Utópicos, proferida pelo teórico da contracultura e pensador contemporâneo Cláudio Prado, colunista da Mídia Ninja. Também teremos no primeiro dia do

Roberto Kuelho

Roberto Kuelho ganha Prêmio Palco MP3 com CD Sense Bulir

Um ano após o lançamento do CD Sense Bulir, o cantor Roberto Kuelho colhe frutos de seu trabalho. O artista baiano, e feirense, é um dos ganhadores do Prêmio Palco MP3 na categoria “Word Music”. O prêmio é uma realização do Palco MP3, o maior portal de música independente do Brasil. Entre as músicas em destaque no site estão “Nem precisa ser amor” e “Bem no Auge”, que foi ouvida mais de 115 mil vezes. “Esse prêmio nos deixa feliz por ser os primeiros resultado de um trabalho feito com carinho. Mostra que nosso som está encontrando as pessoas certas”,

Ciro Gomes

A palestra completa de Ciro Gomes em Feira de Santana

O presidenciável, ex-ministro dos governos Itamar Franco, Lula e Dilma, um dos criadores do Plano Real e ex-Governador do Ceará, Ciro Gomes, esteve em Feira de Santana no dia 1 de novembro, palestrando na Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). Na oportunidade, respondeu a perguntas de alunos e professores da Universidade. Veja o evento na íntegra:  

Homicídios em Feira de Santana

Homicídios mais que dobraram em 20 anos em Feira

No dia 05 de julho de 1997 o extinto jornal Feira Hoje, diário que circulava aqui na Feira de Santana, divulgou um balanço da violência no primeiro semestre daquele ano. Comparando com o ano anterior, houve elevação: foram 77 homicídios e três latrocínios na primeira metade do ano; em 1996, os números foram mais favoráveis: 67 homicídios e quatro latrocínios. Na soma, 80 mortes violentas no primeiro semestre de 1997 e 71 no mesmo período do ano anterior. O levantamento também informava sobre as mortes em supostos confrontos com a polícia: foram 29 em 1996 e, no ano seguinte, o

O brilhante dueto de Fabrício Barreto com Marcel Torres

Já dissemos aqui no Feirenses sobre nossa mania de olhar o quintal do vizinho, desconsiderando tudo de grande e valoroso que Feira de Santana produz e constrói. Essa reflexão cabe bem ao analisarmos o quanto merece destaque e referência a obra de dois grandes artistas de Feira de Santana, que possuem estatura artística superior ao que nossa cidade tem conseguido oferecer. Refiro-me a Marcel Torres e Fabrício Barreto, ambos cantores e compositores feirenses.

Marcel Torres tem uma longa história com a música. Nascido em 1979, aos 5 anos ingressou na Escola Baiana de Música, estudando técnicas de solfejo e piano clássico. Com 13 começou a tocar violão; mais tarde formou sua primeira banda, com a qual viajou todo o país. Destacou-se como compositor em vários festivais pelo Brasil. Foi finalista do Festival Nacional da Canção (Fenac), 4º lugar no Festival de Maricá-RJ, finalista do Festival da Educadora FM, campeão do Festival Velho Chico Beat (Nacional) e campeão do Festival Vozes da Terra, em 2014.

Ouça “Dança”, canção de Marcel Torres vencedora do Vozes da Terra:

 

Já Fabrício Barreto tem em seu currículo o disco “ENTRETANTAGENTE” (baixe aqui), que contou com a participação do cantor Zeca Baleiro, um dos grandes nomes da música brasileira. Lançado em 2013, o disco concorreu ao prêmio de música independente da Revista Dynamite, disputando com Tom Zé o título de melhor disco de MPB.

Ouça “Como já dizia Waldick Soriano”, uma das canções do disco:

 

Doi2

DOI2

Marcel Torres e Fabrício Barreto estão unidos no disco DOI2, que traz dez canções inéditas e autorais. O álbum foi produzido em 40 dias entre Janeiro e Fevereiro de 2015, marcando o encontro de dois violões intimamente interligados por timbres pensados para vozes bastante diferentes, de dois compositores próximos e com histórias distintas em quase 20 anos de carreira, cada um.

DOI2 flerta com blues, folk, samba e outros gêneros musicais de maneira intimista numa outra direção das produções baianas alternativas. Você pode fazer o download gratuito do disco agora mesmo!

Minhas preferidas de DOI2 são as faixa 3 (Boletim de Ocorrência) e 05 (Impetuosamente). Um disco que não deve nada aos grandes artistas da Música Popular Brasileira.

 

Marcel Torres e Fabrício Barreto estão no Facebook.


Sobre o (a) autor (a):