De arrepiar! O novo clipe da banda feirense Calafrio

A banda feirense Calafrio acaba de lançar seu novo clipe, “A mão Pesada do Destino”, uma produção cinematográfica de primeiríssima qualidade, que pode ser comparada a clipes produzidos para o mercado nacional – mesmo sendo uma produção independente. A Calafrio é uma banda com 11 anos de estrada e três discos lançados (“Ácido Céu”, “Para Ambos os Lábios” e “Bater de Frente”). Após algumas mudanças em sua composição hoje conta com Pedro Patrocínio (Guitarra e Vocal), Siddhartha Gautama (Vocal e Guitarra), Robson Sousa (Bateria) e Bruno Mendes (Baixo). O clipe foi gravado em um dos mais tradicionais redutos da boemia feirense, o

Raimundo de Oliveira

Raimundo de Oliveira: o pintor feirense que expôs em Paris e Nova York

“O profeta Raimundo, grande da pintura brasileira, carregado de drama, de solidão e de pecado, é no entanto o mais alegre e terno, o mais puro e numeroso, jamais sozinho pois sua palavra é de solidariedade e sua mensagem é o amor entre os seres humanos, é a alegria fluindo dos pincéis e de seu coração. É o profeta de Feira de Sant’Ana, lá vem montado em seu jumento e vai levar sua carga de amor aos confins do mundo”. Assim o escritor Jorge Amado descreveu o artista feirense Raimundo Falcão de Oliveira, um dos maiores nomes das artes plásticas

Santini & Trio

Santini & Trio vence o Prêmio Caymmi de Música

Feira de Santana foi destacada no Prêmio Caymmi de música, que pode ser considerada a principal premiação da música baiana na atualidade. Concorrendo com iniciativas musicais de todo o estado, o grupo feirense Santini & Trio foi vencedor na categoria “Melhor Banda”. O prêmio de melhor instrumentista também veio para Feira de Santana, entregue ao baterista Flaviano Gallo (integrante do Santini & Trio).   Integram o grupo o guitarrista Rony Santini, o baterista Flaviano Gallo, o pianista e acordeonista Rogério Ferrer e o baixista Anderson Silva.   Um orgulho para quem é feirense e (re)conhece a qualidade da nossa música

Justiniano entra com Mandado de Segurança contra José Ronaldo

Está no portal do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) um pedido de Mandado de Segurança impetrado pelo vereador eleito e atual secretário de Serviços Públicos da Prefeitura Municipal de Feira de Santana, Justiniano França. Justiniano, através da advogada Lady Daiane da Silva, alega ter pedido exoneração do cargo, tendo sido a solicitação indeferida pela Prefeito Municipal José Ronaldo. O pedido de liminar já foi julgado pelo Juiz Gustavo Rubens Hungria, que deu o prazo de 5 dias para que o Prefeito exonere o Secretário, sob pena de multa de R$1.000,00 mil reais: Veja aqui a decisão na íntegra! Fontes

Estrada Feira-Serrinha

Viagem entre Feira e Serrinha segue como calvário

Apenas 65 quilômetros separam Feira de Santana de Serrinha através da BR 116 Norte. O intercâmbio entre as duas cidades é intenso: muita gente sai daquela cidade para fazer compras e acessar serviços por aqui, em função dos preços mais em conta; outros buscam atendimento especializado na área de saúde; há aqueles que residem numa cidade e trabalham na outra, robustecendo o fluxo entre as duas localidades; estudantes de Serrinha são alunos da Uefs e de outras instituições de ensino superior feirenses; e não falta quem resida na Feira de Santana, mas frequente o campus da Uneb lá em Serrinha,

Sobre a Conferência e a Eleição do Conselho de Cultura em Feira

A sociedade civil organizada dividirá com o poder público o protagonismo na escolha dos integrantes do Conselho Municipal de Cultura de Feira de Santana, para o biênio 2017 – 2019, respeitando os princípios que estabelecem como primordial a participação popular em processos desta magnitude.

Uma comissão composta por três integrantes do Fórum Permanente de Cultura (Aloma Galeano, Maylla Pita e Elsimar Pondé) e três membros do poder público (Edson Borges, Luiz Augusto e Toinho Campos) se reunirá na próxima quinta-feira (27), a partir das 19 horas, para definir detalhes da eleição do Conselho. A Conferência Municipal e a própria eleição da nova composição do colegiado, que estavam programadas para o sábado (22), foram adiadas.

O Fórum Permanente, desde o início deste processo em maio passado, se posicionou sobre a necessidade da sociedade civil ter seu papel devidamente reconhecido, em especial, a partir do momento em que foi criada a comissão responsável pela organização da Conferência e da eleição do Conselho. Assim como, cobramos aos representantes do poder público que fossem instituídos os devidos mecanismos para garantir a participação irrestrita da comunidade, flexibilizando a exigência documental para os interessados e interessadas em participar da Conferência.

Para além deste aspecto, pontuado anteriormente, também alertamos sobre a importância de ser considerado o calendário relativo às conferências em âmbito estadual e municipal, que não podem estar dissociadas da etapa municipal.

Diante destes elementos, entendemos que a posição da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, apresentada pelo secretário Edson Borges, atendeu aos posicionamentos enfatizados publicamente pelo Fórum e, portanto, representa uma vitória da sociedade civil, que não se calou diante de encaminhamentos que não consideravam as demandas populares.


Sobre o (a) autor (a):