Festival de Samba de Feira de Santana

Feira de Santana terá seu primeiro Festival de Samba

O Coletivo Unidos Pelo Samba promove entre os dias 2 e 9 de dezembro o I Festival de Samba de Feira de Santana. O evento visa promover diálogos e experiências de valorização e reconhecimento do samba na cidade, além de comemorar o Dia do Samba (2 de dezembro). Pela primeira vez receberá esse tipo de evento, reunindo experiências e vivências de compositores, sambistas e admiradores do samba com o público em geral. Na programação, rodas de samba e rodas de conversa que acontecerão no Mercado de Arte Popular (MAP) e em outros pontos da cidade. De acordo com o cantor

Feira Noise Festival

Feira Noise começa nesta quinta

Começa nesta quinta-feira (24) e prossegue até o próximo domingo (26), a sétima edição do Festival Feira Noise. O evento é promovido pelo Feira Coletivo Cultural e contará com apresentações musicais de artistas de todo o Brasil,  além de espetáculos de dança, rodas de conversa, intervenções de artes visuais e outras atividades. Maior festival independente da Bahia, o Feira Noise será aberto na quinta, às 19 horas, no teatro do Centro de Cultura Amélio Amorim, com a palestra Delírios Utópicos, proferida pelo teórico da contracultura e pensador contemporâneo Cláudio Prado, colunista da Mídia Ninja. Também teremos no primeiro dia do

Roberto Kuelho

Roberto Kuelho ganha Prêmio Palco MP3 com CD Sense Bulir

Um ano após o lançamento do CD Sense Bulir, o cantor Roberto Kuelho colhe frutos de seu trabalho. O artista baiano, e feirense, é um dos ganhadores do Prêmio Palco MP3 na categoria “Word Music”. O prêmio é uma realização do Palco MP3, o maior portal de música independente do Brasil. Entre as músicas em destaque no site estão “Nem precisa ser amor” e “Bem no Auge”, que foi ouvida mais de 115 mil vezes. “Esse prêmio nos deixa feliz por ser os primeiros resultado de um trabalho feito com carinho. Mostra que nosso som está encontrando as pessoas certas”,

Ciro Gomes

A palestra completa de Ciro Gomes em Feira de Santana

O presidenciável, ex-ministro dos governos Itamar Franco, Lula e Dilma, um dos criadores do Plano Real e ex-Governador do Ceará, Ciro Gomes, esteve em Feira de Santana no dia 1 de novembro, palestrando na Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). Na oportunidade, respondeu a perguntas de alunos e professores da Universidade. Veja o evento na íntegra:  

Homicídios em Feira de Santana

Homicídios mais que dobraram em 20 anos em Feira

No dia 05 de julho de 1997 o extinto jornal Feira Hoje, diário que circulava aqui na Feira de Santana, divulgou um balanço da violência no primeiro semestre daquele ano. Comparando com o ano anterior, houve elevação: foram 77 homicídios e três latrocínios na primeira metade do ano; em 1996, os números foram mais favoráveis: 67 homicídios e quatro latrocínios. Na soma, 80 mortes violentas no primeiro semestre de 1997 e 71 no mesmo período do ano anterior. O levantamento também informava sobre as mortes em supostos confrontos com a polícia: foram 29 em 1996 e, no ano seguinte, o

Mercearias e empórios feirenses – Casa do Guerreiro

Empórios e mercearias são oásis para quem aprecia a cultura das feiras. Ali encontra-se de tudo um pouco: alimentos, ferramentas, bebidas, artigos de costura e remendos, prataria e tudo mais que o dono do estabelecimento achar que deve oferecer. Às vezes, nem ele mesmo lembra o que está à venda, e eis que surge um artigo estocado há anos, que precisa ter seu preço inventado ao cliente ocasional que surge.

Esses lugares são memoriais, quase museus, guardando produtos em embalagens empoeiradas que testemunham as necessidades e estilo de uma época. Recepcionam todo tipo de gente: as crianças interessadas na bola de gude, a senhora que compra folhas para o chá e o homem que vai conferir o jogo do bicho.

Leia: Pelas Mercearias

Pela importância cultural dos empórios e mercearias para uma cidade-feira, resolvemos criar uma série de publicações chamada “Mercearias e empórios feirenses”, que vai mostrar um pouco do universo desses estabelecimentos, cada um com seus estilos e peculiaridades.

Vamos lá…

Casa do Guerreiro

Casa do Guerreiro - Feira de Santana

A Casa do Guerreiro é um dos maiores empórios de Feira de Santana. Não só por causa da estrutura do prédio em que está instalado, mas principalmente pela ampla variedade de insumos que são oferecidos no lugar.

“Você já ouviu falar em picão preto, porangaba, confrei, centelha asiática, jambolão e cana do brejo?”

A casa tem em suas prateleiras grãos, sementes, raízes, frutas secas, linhas, cordões, óleos, incensos, ferragens e vários outros itens. Você já ouviu falar em picão preto, porangaba, confrei, centelha asiática, jambolão e cana do brejo? São algumas das ervas encontradas na Casa do Guerreiro.

Casa do Guerreiro - Feira de Santana

Empório Guerreiro

Pela quantidade de vegetais aromáticos no estoque, a experiência olfativa no lugar é bem interessante. Cada canto possui um cheiro característico. Todas essas ervas vêm de lugares diversos – além da Bahia, há itens de São Paulo, Minas Gerais e até de fora do Brasil. A visita é indispensável para quem gosta de chás e bebidas em infusão.

Mercearia Casa do Guerreiro

Há também grande variedade de rações para cães, gatos e pássaros. Caso o freguês queira comprar a ração dada ao canário de plumagem vermelha, encontra-se na Casa do Guerreiro. Num canto mais empoeirado, há taxinhas em embalagem estilosa vendida em caixas, além de ferramentas e ferragens diversas.

Guerreiro

O empório já tem 22 anos de existência (fundado em 1995), e conta com cerca de 16 funcionários. Segundo a gerente, Priscila, foi o primeiro estabelecimento em Feira de Santana a comercializar alimentos naturais.

Localização

Casa Guerreiro

A Casa do Guerreiro fica na Rua Recife (popularmente conhecida como Ladeira do Centro), nº 68.


Sobre o (a) autor (a):

  • Lucy C

    Legal!!!