União Médica

Crianças feirenses com Câncer recebem presente único

É muito comum que pessoas diagnosticadas com câncer tenham uma mudança grave em seu estilo de vida. O tratamento envolve desgastes físicos e emocionais significativos, exigindo um esforço pessoal e familiar fora do comum. No caso das crianças com câncer, a dificuldade se aprofunda, já que a infância é um período fundamental para o desenvolvimento da personalidade e do caráter de todo indivíduo. Nesse sentido, o ambiente familiar e social saudável torna-se imprescindível para compensar as dificuldades trazidas pela doença. A criança com câncer não pode ser menos criança: deve ter acesso a diversões, brincadeiras, atenção e inventividade próprios da

SAMU

Trote para o SAMU terá multa em Feira

O Governo Municipal sancionou a Lei 3.761, de 9 de outubro de 2017, que dispõe sobre a imputação de multas para os praticantes de trotes contra o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, o SAMU. Veja alguns artigos da Lei: Art. 1º – Fica passível de multa os proprietários de linhas telefônicas cujos aparelhos sejam utilizados para a prática de trotes contra o SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Art. 2º – Identificando o número do telefone do infrator, este será encaminhado pelo SAMU através de um relatório às respectivas empresas telefônicas para que as mesmas forneçam os nomes

Desemprego em Feira de Santana

Emprego em Feira pode alcançar quarto ano de saldo negativo

Semana passada houve um festivo balanço sobre o desempenho da economia brasileira nos oito primeiros meses do ano. Em meio aos confetes, às autocongratulações, ao otimismo acerca do futuro redentor, alguém ponderou que é precoce assegurar que o pior já passou para o mercado de trabalho. Mas a advertência se perdeu em meio à algazarra que busca sufocar os vexatórios escândalos de corrupção que, a cada semana, ganham um novo capítulo, envolvendo Michel Temer (PMDB-SP), o mandatário de Tietê, e sua retaguarda palaciana. O raciocínio é oportuno, conforme uma análise superficial sobre os números mais recentes atesta. Embora registre tênue

Ensino Religioso

Escola sem partido, mas com religião

Quando criança, assisti às inevitáveis aulas de religião na escola. A professora era uma espécie de beata, muito afável e risonha, que frequentava a igreja católica ali do Alto do Cruzeiro, nas imediações do Sobradinho. Naqueles tempos, boa parte da população era católica. Eu próprio tive formação católica: assim, embora não me recorde mais do conteúdo das aulas, lembro que aquilo não me causava estranhamento. Tudo mudou quando cheguei à antiga sétima série, noutra escola: autoritária e intolerante, a professora provocava estranhamento e, não raras vezes, ojeriza à classe. Cavoucando a memória, recordo de uma freira que, uma vez por

Eliana Lima

Entrevista com Eliana Lima [Feirenses TV]

A Feira do Livro – Festival Literário e Cultural de Feira de Santana – nasceu da necessidade de despertar os dirigentes de instâncias públicas, privadas e filantrópicas para a importância de implementar políticas públicas do livro e da leitura na sociedade, e assim possibilitar o acesso de pessoas das diversas esferas sociais ao universo da leitura e das realizações culturais. A Feira já se consolidou como um evento importante para reunião de pessoas em torno da arte, da cultura e do entretenimento. Ela vem se constituindo como uma ação sociocultural que visa a potencializar a formação do leitor de todas

Artista feirense cria imagens de santos com roupas diferentes

As imagens de santos são representações simbólicas, utilizadas principalmente pela Igreja Católica, que fazem referência a personagens reverenciados historicamente pela mais tradicional religião praticada no Brasil. Tradicionalmente essas imagens exibem os santos com expressões castas e piedosas, e vestimentas simples, típicas de um estilo de vida moderado.

Projetando uma reflexão sobre esse padrão, a artista feirense Nilarah Albuquerque resolveu desconstruir a estética dessas imagens: “Que tal um mundo onde não precisássemos nos levar tão à sério? Onde até mesmo os santos pudessem tirar férias de sua simplicidade e desapego mundano e vestirem-se como adoraríamos vê-los – com todo glamour e requinte que procuramos para nós mesmos?”.

Santo Antônio e Nossa Senhora Aparecida

Santo Antônio e Nossa Senhora Aparecida, por Nilarah Albuquerque.

Um precedente na Itália

Em 2012 algo parecido foi feito pelo artista plástico italiano, mas com intenções e resultado estético bem diferente. Igor Scalisi Palminteri construiu uma série artística de santos católicos usando roupas de super heróis, gerando um grande debate, à época, sobre alguma “falta de respeito” existente na obra:

Os santos vestidos de super-herói

Os santos vestidos de super-herói, do italiano Igor Scalisi

Mais sobre Nilarah

Nilarah Albuquerque é filha do músico Timbaúba, um dos mais tradicionais artistas de Feira de Santana. Ela sempre teve em casa o convívio muito próximo com a arte, já que seu pai além de cantor também é artista plástico, tendo algumas telas pintadas na década de 80. “Design de interiores é minha paixão. Formei-me em arquitetura, mas logo fui seduzida pelos detalhes. Sabe aquele pequeno objeto que faz a diferença entre o óbvio e o magnífico? É esse objeto que procuro. Quando não estou contemplando as obras de arte que herdei da natureza – meus filhos, estou tentando fazer a arte imitar a vida em minhas peças, juntando o que tenho aprendido com meu hobby de infância – brincar de fazer arte”.

Diferentemente do trabalho polêmico do italiano Scalisi, Nilarah diz que sua arte tem sido bastante receptiva. “Com alguma frequência vejo as pessoas se emocionarem ao receber as peças que me encomendaram. É nesse momento que percebo o quanto é importante esse meu trabalho de permitir aos devotos homenagearem suas entidades queridas”.

Exposição

Dois Santo Antônio produzidos por Niralah

Dois Santo Antônio produzidos por Niralah

Com o nome Santos, Encantos e Axé, a artista realiza exposição no próximo dia 7 de janeiro, a partir das 19 horas, na Bahia Marina, em Salvador. A amostra acontecerá na LB Home da Villa CR, como parte do projeto pop-up, e traz várias peças da artista, desde imagens religiosas de santos e orixás, até figuras do nosso cotidiano cultural, como baianas e charmosas gordinhas, todas em uma roupagem moderna e com adornos sofisticados, nas tendências da moda atual.

Vale a pena comparecer!


Sobre o (a) autor (a):