Santini & Trio

Santini & Trio vence o Prêmio Caymmi de Música

Feira de Santana foi destacada no Prêmio Caymmi de música, que pode ser considerada a principal premiação da música baiana na atualidade. Concorrendo com iniciativas musicais de todo o estado, o grupo feirense Santini & Trio foi vencedor na categoria “Melhor Banda”. O prêmio de melhor instrumentista também veio para Feira de Santana, entregue ao baterista Flaviano Gallo (integrante do Santini & Trio).   Integram o grupo o guitarrista Rony Santini, o baterista Flaviano Gallo, o pianista e acordeonista Rogério Ferrer e o baixista Anderson Silva.   Um orgulho para quem é feirense e (re)conhece a qualidade da nossa música

Justiniano entra com Mandado de Segurança contra José Ronaldo

Está no portal do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) um pedido de Mandado de Segurança impetrado pelo vereador eleito e atual secretário de Serviços Públicos da Prefeitura Municipal de Feira de Santana, Justiniano França. Justiniano, através da advogada Lady Daiane da Silva, alega ter pedido exoneração do cargo, tendo sido a solicitação indeferida pela Prefeito Municipal José Ronaldo. O pedido de liminar já foi julgado pelo Juiz Gustavo Rubens Hungria, que deu o prazo de 5 dias para que o Prefeito exonere o Secretário, sob pena de multa de R$1.000,00 mil reais: Veja aqui a decisão na íntegra! Fontes

Estrada Feira-Serrinha

Viagem entre Feira e Serrinha segue como calvário

Apenas 65 quilômetros separam Feira de Santana de Serrinha através da BR 116 Norte. O intercâmbio entre as duas cidades é intenso: muita gente sai daquela cidade para fazer compras e acessar serviços por aqui, em função dos preços mais em conta; outros buscam atendimento especializado na área de saúde; há aqueles que residem numa cidade e trabalham na outra, robustecendo o fluxo entre as duas localidades; estudantes de Serrinha são alunos da Uefs e de outras instituições de ensino superior feirenses; e não falta quem resida na Feira de Santana, mas frequente o campus da Uneb lá em Serrinha,

Meia Noite em Feira

Meia noite em Paris Feira

Meia-Noite em Paris é uma das obras primas do mestre Woody Allen. Como de costume, ele narra sobre a vida. Logo após a projeção ficamos com aquele ar de reflexão sobre onde nos encontramos no momento, se gostamos do jeito que estamos vivendo, como nos relacionamos e como devemos encarar algumas realidades. Em certo momento do longa, o personagem Gil (Owen Wilson) faz a seguinte pergunta: “Como esta cidade pode ser tão mágica?”. Gil se encanta por Paris. Enxerga o que aquela cidade pode oferecer. Se sente bem ali, absorve inspiração para seus projetos e o faz refletir, repetidamente, se

Neblina em Feira de Santana

Densos nevoeiros nas manhãs feirenses de inverno

Os dias começam a ficar mais quentes na Feira de Santana. As baixas temperaturas registradas entre junho e julho – coisa rara nesses tempos de tanta discussão sobre aquecimento global – parece que não vão se repetir até o final do inverno. E ontem a serra de São José, envolta em frequentes chuviscos prateados e em névoa constante desde o início do inverno, amanheceu muito nítida, com o verde da vegetação renovada se insinuando e a palidez da rocha refletindo a luz límpida do sol. Quem saiu agasalhado precisou se despir, ajustar-se à temperatura elevada pelo calor vigoroso. Os nevoeiros

Feira do Livro: “uma semente plantada em terra boa”

“Necessidade de despertar os dirigentes de instâncias públicas, privadas e filantrópicas para a importância de implementar políticas públicas do livro e da leitura na sociedade e, assim, possibilitar o acesso de pessoas das diferentes esferas sociais ao universo da leitura e das realizações culturais”. Eis a causa (ou as causas) do nascimento da Feira do Livro de Feira de Santana, que também pode ser chamada de Festival Literário e Cultural de Feira de Santana. E os objetivos têm sido paulatina e bravamente alcançados: na edição anterior, em 2014, a Feira do Livro atingiu diretamente um público de 60 mil pessoas. A expectativa para a 8ª edição, neste ano de 2015, é um público superior a 70 mil pessoas interessadas em leitura e cultura. Quanto ao objetivo das políticas públicas, veja só: este é o 4º ano consecutivo que alunos e professores da rede pública de ensino recebem vale-livros. O município doou R$100 mil para suas escolas. O Estado, por sua vez, doou para as escolas estaduais a quantia de R$200 mil. As doações, segundo o Secretário de Educação da Bahia, Oswaldo Filho, são um incentivo à participação de livreiros e editoras, a fim de despertar em jovens e crianças o interesse pela leitura.

A 8ª Feira do Livro está ocorrendo desde ontem (terça, 22) na Praça do Fórum e vai até domingo, dia 27/09. Com programação para todos os turnos do dia, a Feira é um espaço não apenas dos livros, mas de segmentos culturais diversos.

Literatura

Entre palestras, debates, contação de histórias e recitais, este ano a Feira contará com a presença escritor pernambucano Marcelino Freire. Fique atento: ele estará em dois momentos da sexta-feira. O primeiro numa conversa com o escritor. E o segundo numa palestra.

Quarta-feira

10h às 11h – Prosa & Verso: Recital de Poesia – Estudantes do Curso de Letras e Artes

Lançamento: Prosa & Verso (Livro da Oficina de Criação Literária – 2014)

Local: Auditório Hugo Navarro

 

10h e 10h30min – Contação de história, com Luciene Souza e Pinduka

Local: Arena Antonio Cedraz

 

14h30min – O Escritor e a Feira VI – Literatura Grapiúna Contemporânea

Debatedores: Gustavo Felicíssimo; Rita Santana; Daniela Galdino e Lourival Piligra

Mediador: Roberval Pereyr

Local: Auditório Hugo Navarro

Quinta-feira

10h – O Escritor e a Feira VI – Produção e Circulação da Literatura na Bahia: questões e desafios

  • Agenor Gaspareto (editor e escritor)
  • Fernando Oberlaender (editor/Caramurê)
  • Roberval Pereyr (poeta e editor)
  • Alleilton Fonseca (escritor/PROGEL)
  • Gustavo Felicíssimo (escritor e editor)
  • Állex Leila (escritora/PROGEL)

 

Mediador da Mesa: Claudio Novaes

Local: Auditório Hugo Navarro

 

15h – O Escritor e a Feira VI – Município e Estado: perspectivas culturais para Feira de Santana

  • Secretários de Cultura do Estado e do Município
  • Diretores do CUCA e CCAAm

 

Mediador: Prof. Roberval Pereyr

Local: Auditório Hugo Navarro

 

18h – O Escritor e a Feira VI – Lançamentos

 

15h15min e 16h – Contação de história, com Luciene Souza e Pinduka

Local: Arena Antonio Cedraz

 

18h – O Escritor e a Feira VI – Lançamentos

Sexta-feira

9h30min – Contação de história, com Dagmar Corrêa e Lucicléia Brito

Local: Auditório Hugo Navarro

 

11h – Apresentação cultural: Recital e Varal de Cordel

Local: Praça do Cordel Jurivaldo Alves da Silva

9h30min – O Escritor e a Feira VI – Conversa com o autor: Marcelino Freire

Local: Arena Jovem

 

14h30min e 15h30min – Contação de história, com Luciene Freitas Mota

Local: Auditório Hugo Navarro

 

16h – O Escritor e a Feira VI – Palestra

Palestrante: Marcelino Freire

Mediador: Roberval Pereyr

Local: Auditório Hugo Navarro

 

18h – O Escritor e a Feira VI – Lançamentos

Sábado

9h – Contação de história, com Neide Kocca

Local: Arena Antônio Cedraz

 

10h – Contação de história, com Dagmar Corrêa e Lucicléia Brito

Local: Auditório Hugo Navarro

 

10h – Cordel e a Feira VI

Conversando com o poeta: Resistência do cordel: desafios e transformações na atualidade, por Franklin Maxado

Local: Praça do Cordel Jurivaldo Alves da Silva

 

11h – Apresentação cultural: Recital e Varal de Cordel

Local: Praça do Cordel Jurivaldo Alves da Silva

 

14h30min – Apresentação cultural: Recital e Varal de Cordel

Local: Praça do Cordel Jurivaldo Alves da Silva

 

15h – Contação de história, com Neide Kocca

Local: Auditório Hugo Navarro

 

18h – O Escritor e a Feira VI – Lançamentos

Domingo

9h30min – Contação de história, com Neide Kocca

Local: Arena Antonio Cedraz

 

10h30min – Contação de história, com Dagmar Corrêa e Lucicléia Brito

Local: Arena Antonio Cedraz

 

15h – Contação de história, com Dagmar Corrêa e Lucicléia Brito

Local: Arena Antonio Cedraz

Teatro

Quinta-feira

10h15min – Apresentação Teatral: Canta Pijama com Cantarola Camisola

Local: Arena Antonio Cedraz

 

15h30min – Apresentação Teatral: Canta Pijama com Cantarola Camisola

Local: Arena Antonio Cedraz

 

Sexta-feira

14h – Apresentação de Fantoche: Viagem ao mundo da Leitura, com Luciano Freire e Luciene Azevedo

Local: Auditório Hugo Navarro

Cinema

Quarta-feira

8h30min às 09h30min – Exibição de filmes: Anima UEFS – Programa 1

Local: Auditório Hugo Navarro

 

Quinta-feira

8h30min às 09h30min – Exibição de filmes: Anima UEFS – Programa 2

Local: Auditório Hugo Navarro

 

13h30min às 14h30min – Projeto Sala de Cinema: Abuela Grillo

Local: Auditório Hugo Navarro

 

Sexta-feira

8h30min às 9h30min – Exibição de filmes: Anima UEFS – Programa 3

Local: Auditório Hugo Navarro

 

Sábado

8h30min às 12h – Exibição de filmes: Cinema SESC

Local: Auditório Hugo Navarro

 

13h30min às 15h – Exibição de filmes: Cinema Petrobrás em Movimento, com Tainá 3, a Origem

Local: Auditório Hugo Navarro

 

15h30min às 17h30min – Exibição de filmes: Cinema Petrobras em Movimento, com Mato sem Cachorro

Local: Auditório Hugo Navarro

 

Domingo

10h às 12h – Exibição de filmes: Cinema Petrobras em Movimento, com Rio 2

Local: Auditório Hugo Navarro

Música

Quarta-feira

17h – Apresentação cultural: Camila Pereira

Local: Palco Anchieta Nery
19h – Música Instrumental na Bahia VI: Trilogia da Boemia

Local: Palco Anchieta Nery

 

Quinta-feira

8h30min – Apresentação da Fanfarra: Santa Bárbara

Local: Espaço da Feira

 

11h – Apresentação cultural: Grupo de Samba de Roda e Grupo de Percussão Infantojuvenil de Bonfim de Feira

Local: Palco Anchieta Nery

 

14h – Apresentação cultural: Filarmônica Serrinha

Local: Espaço da Feira

 

17h – Apresentação cultural: Trio das Moça

Local: Palco Anchieta Nery

 

19h – Apresentação cultural: Sonora Brasil: Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente

Local: Auditório Hugo Navarro

 

Sexta-feira

10h30min – Apresentação de Recital e bate-papo com músicos jovens do Núcleo Neojibá – Feira de Santana

Local: Arena Jovem

 

15h30min – Apresentação cultural: Clarineta – Luiz Carlos Cerqueira da Silva

Local: Praça do Cordel Jurivaldo Alves da Silva

 

17h – Apresentação musical: Tito Pereira

Local: Palco Anchieta Nery

 

Sábado

10h – Apresentação de voz e violão com Bruno Bezerra

Local: Arena Jovem

 

11h – Apresentação musical: Choro e Samba Entre Amigos

Local: Palco Anchieta Nery

 

14h – Apresentação da Filarmônica: Ramo da Oliveira de Oliveira dos Campinhos-BA

Local: Espaço da Feira

 

17h – Apresentação cultural – Banda Camutiê

Local: Palco Anchieta Nery

 

19h – Apresentação musical: Marcionílio Prado e Banda

Local: Palco Anchieta Nery

 

 

Domingo

9h30min – Apresentação da Fanfarra: Dispensário Santana

Local: Área da Feira

 

11h – Apresentação Musical: Grupo Lagoa da Camisa (Samba de Roda)

Local: Palco Anchieta Nery

 

15h30min – Apresentação musical: Bruno Silva

Local: Palco Anchieta Nery

 

16h30min – Apresentação musical: Marizélia e os “Coisinhos”

Local: Palco Anchieta Nery

Dança/Circo/Demais artes

Sexta-feira

13h às 18h – Oficina de Raciocínio (cubo mágico e xadrez)

Organização: ANIHIME

Local: Arena Jovem

 

Sábado

9h – Recreação com bolhas de sabão: Isabelle Silva e Antonio Marcos

Local: Espaço da feira

 

09h às 10h – Palestras: “Cultura Pop Japonesa” e “Youtuber”, com Nelson Jr. (Casa do KAME)

Organização: ANIHIME

Local: Auditório Hugo Navarro

 

11h – Apresentação do grupo local de Hip Hop da Juventude – Unidade de Guerrilha

Local: Arena Jovem

 

11h30min – Apresentação de dança de rua do Grupo HUAR Crew

Local: Arena Jovem

 

14h30min – Apresentação de Circo: Núcleo de Artistas Circenses da Cia. CUCA de Teatro

Local: Palco Anchieta Nery

 

15h às 16h30min – Apresentação cultural – Ballet da Escola de Dança – Fundação Cultural do Estado

Local: Palco Anchieta Nery

Confira a programação completa, que também presenteia os feirenses com oficinas, como a de Criação Literária, com o grande Luís Pimentel.

 

A Feira do Livro é organizada pela UEFS, pela Fundação Municipal de Tecnologia da Informação, Telecomunicação e Cultura Egberto Costa, pelo Núcleo Regional de Educação 19, pela Arquidiocese de Feira de Santana e pelo SESC.

E fecho com as palavras do arcebispo Itamar Vian, assertivo em dizer que a Feira do Livro é uma semente que foi “semeada em terra boa. Germinou, cresceu e agora dá seus frutos”.

8ª Feira do Livro


Sobre o (a) autor (a):